Gaeco apresenta mais denúncias contra primo do governador Beto Richa

Compartilhe agora!

tadeu_richa_abiO lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), era o verdadeiro dono da oficina Providence. A afirmação é do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), após depoimento do contador José Wilson de Souza.

O tema voltou ao debate nesta tarde na Assembleia Legislativa do Paraná. O deputado Tadeu Veneri (PT), líder da oposição, repercutiu o caso e lembrou que o “parente distante” tinha sociedade com a mulher do governador, Fernanda Richa, que é secretária da Família.

Segundo os promotores da Operação Voldemort, o parente do governador investiu R$ 423,8 mil na Providence no mês de março de 2013.

O Gaeco também descobriu que Ernani Delicato o ex-diretor do Departamento de Transportes Oficiais (Deto), órgão vinculado à Secretaria de Administração, articulava a subcontratação da Providence junto à oficina JMK que venceu licitação de R$ 57 milhões para cuidar da frota de veículos do governo do estado em todo o Paraná.

O contrato entre a JMK e o governo do Paraná foi assinado no dia 27 de janeiro deste ano, segundo o Gaeco. A vencedora do certame teria de subcontratar 220 oficinas em todo o estado.

Compartilhe agora!

Comments are closed.