Por Esmael Morais

Beto Richa fecha ruas e praças sem sequer comunicar a prefeitura, e Gustavo Fruet não diz nada?

Publicado em 28/04/2015

transitoO cerco erguido pelo governador Beto Richa (PSDB) no Centro Cívico em Curitiba, na tentativa de aprovar na marra o confisco da previdência dos servidores estaduais, acabou respingando e incomodando a prefeitura da Capital.

É que o secretário de Segurança Pública do Estado, Fernando Francischini, mandou a Polícia Militar fechar diversas ruas e ocupar a Praça Nossa Senhora de Salete sem sequer comunicar a Prefeitura de Curitiba. Diversas linhas de ônibus tiveram seus trajetos afetados sem qualquer planejamento, e até o acesso à sede da administração municipal foi comprometido.

Isso mesmo, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) e seus secretários tiveram que ir trabalhar à pé, dando explicações aos soldados da PM do porquê de estarem passando.

O secretário de governo do Município, Ricardo Mac Donald Ghisi, concedeu entrevistas classificando como absurdo o cerco erguido por Beto Richa. Ele inclusive recebeu as lideranças do movimento dos servidores para tratar do assunto.

Agora, seria uma ótima chance para o prefeito Gustavo Fruet dizer algo de relevante, e ajudar a dissuadir Beto Richa da sua sanha totalitarista. Ainda há tempo.