28 de abril de 2015
por esmael
110 Comentários

Comissão de senadores vem ao Paraná acompanhar votação de confisco da previdência dos servidores

comitivaFoi aprovado na tarde de hoje (28) no plenário do Senado Federal um requerimento assinado pelos senadores paranaenses Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) criando uma comissão externa de cinco senadores para virem ao Paraná nesta quarta-feira (29). Eles irão acompanhar, representando o Senado Federal, o conflito entre a Assembleia Legislativa e os servidores que estão impedidos de assistirem as sessões de debate e votação do projeto. ... 

Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
31 Comentários

Violência e tensão no segundo dia do cerco à Assembleia do PR

confrontoEsta terça-feira (28), segundo dia de batalha da Assembleia, está sendo tensa e violenta para os servidores acampados no Centro Cívico, em Curitiba. E a confusão começou já na madrugada.

Mal passava de uma hora quando a polícia avançou sobre o acampamento dos servidores sob pretexto de remover dois caminhões de som. Houve confronto e a PM usou bombas de gás lacrimogênio. Oito manifestantes ficaram feridos. Os dois caminhões foram guinchados e foram bastante danificados.

Ao amanhecer, por volta das seis horas, outro caminhão de som foi levado ao local pelos manifestantes, mas a polícia impediu o acesso às imediações da Assembleia Legislativa. Os motoristas foram ameaçados de prisão e desistiram de acessar o local.

Durante a manhã, o clima voltou a esquentar e houve confronto. A polícia usou novamente bombas de gás e disparou jatos d’água contra os manifestantes. A confusão durou cerca de cinco minutos e foi contida pela direção do movimento que pediu calma, e pela intercessão de deputados de oposição, pedindo aos comandantes da PM para que as tropas recuassem. Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
6 Comentários

Ao vivo: Audiência pública na Câmara sobre a Paranáprevidência

audiencia_prevO ministro da Previdência, Carlos Gabas, e o criador da Paranáprevidência, Renato Follador, participam de audiência pública na Câmara sobre o confisco do fundo previdenciário do Paraná.

A iniciativa da reunião é do deputado João Arruda (PMDB), coordenador da bancada federal paranaense.

Além de deputados da oposição e situação, os senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT) também participam dos debates.

Assista ao vivo: Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
44 Comentários

Deputado ‘Cobra’ confessa que vende voto por “favores” do governador Beto Richa

cobraNa hora da pressão surgem revelações que não apareceriam em situações normais. Pois foi o caso do deputado Cobra Repórter (PSC), que confessou em áudio que se votar contra o governo, não consegue mais levar benfeitorias para sua região. Ou seja, vende seu voto em troca de “favores”, que na realidade são obrigações do governo do Estado. ... 

Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
15 Comentários

Beto Richa fecha ruas e praças sem sequer comunicar a prefeitura, e Gustavo Fruet não diz nada?

transitoO cerco erguido pelo governador Beto Richa (PSDB) no Centro Cívico em Curitiba, na tentativa de aprovar na marra o confisco da previdência dos servidores estaduais, acabou respingando e incomodando a prefeitura da Capital. ... 

Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
14 Comentários

UPES conquista Habeas Corpus no STJ e governo deverá retirar cerco à Alep

upesA União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES) conquistou um Habeas Corpus Coletivo no Superior Tribunal de Justiça determinando a suspensão do cerco ao Centro Cívico ordenado pelo governador Beto Richa (PSDB). ... 

Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
9 Comentários

TJ concede liminar para 400 pessoas acompanharem sessão da Alep

galeriasA APP-Sindicato conseguiu agora de manhã uma liminar que garante o acesso às galerias da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (Alep). De acordo com a decisão do TJ-PR os servidores não podem ser impedidos de acompanhar as sessões de votação do PL 252/2015. ... 

Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
18 Comentários

Policiais viajam até 9 horas para participar de cerco na Alep sem receber diárias

Informações do Portal Bonde e do site MaringáNews

pmsPoliciais militares que deixam as suas cidades de origem para integrar operações em outras localidades do estado têm direito a R$ 180 por dia para custear estadia e alimentação. Entretanto, os homens do interior paranaense que participam do cerco policial no Centro Cívico, em Curitiba, nesta segunda-feira (27), viajaram para a capital sem receber as diárias.

Segundo o site MaringáNews, policiais da região de Maringá, que vieram com a missão de garantir o confisco pelos deputados da previdência na Assembleia, levaram calote do governo Beto Richa (PSDB) nas diárias. Constrangidos, eles tiveram de deixar o Íbis Hotel, no Centro Cívico, por falta de dinheiro para a hospedagem. Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
35 Comentários

Vídeo: Polícia de Beto Richa invade acampamento e ataca servidores

Mais um capítulo triste e vergonhoso no cerco (circo?) montado pelo governador Beto Richa (PSDB) para confiscar o fundo de aposentadoria dos servidores. Nesta madrugada, a polícia atacou os servidores usando gás de pimenta.

Sob o pretexto de remover dois caminhões de som posicionados no Centro Cívico, os policiais avançaram sobre os manifestantes por volta de duas horas da manhã. Após a retirada dos manifestantes, os caminhões foram guinchados e bastante danificados. Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
14 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Com Fruet, o pão sempre cai com a manteiga para baixo”

ciclistasMarcelo Araújo*

Pedir desculpa é diferente de pedir perdão. Desculpar significa o reconhecimento que não houve culpa, tira o peso da culpa que a pessoa estaria carregando. O perdão não exclui a responsabilidade ou culpa, mas estabelece que isso não será retomado ou cobrado doravante.

No dia 22 de abril o Prefeito Gustavo Fruet esteve com familiares das vítimas de acidentes com ciclistas, procurando dar satisfação do que tem feito, mas admitiu que se sente cúmplice quando acontece um acidente. Em nota a Prefeitura fez um ‘mea culpa’ dizendo que os esforços precisam ser redobrados. Interpreto que o prefeito quis pedir desculpas, quando na verdade deveria pedir perdão.

Seis ciclistas mortos no período de um mês (20/3 a 20/04) em Curitiba e outros 3 na Região Metropolittana, sendo o último enquanto eu escrevia esse texto no dia 26. São números assustadores.

O blog ‘Ir e Vir de Bike’ do blogueiro e jornalista Alexandre C. Nascimento, respeitado e legitimado por seu histórico na causa, tem acompanhado par e passo os acontecimentos. Ele fez duras críticas ao prefeito, especialmente pelo não cumprimento de promessas, falácias da secretária de trânsito quando assumiu a pasta, e do prefeito quando assumiu o cargo, aliás simbolicamente assumiu a gestão indo de bike (clique aqui). Os ciclistas não estão satisfeitos e cobram postura digna e firme do prefeito, características que se encontram afastadas de sua atual personalidade. Leia mais

28 de abril de 2015
por esmael
12 Comentários

Coluna do Enio Verri: “O clima é tenso e de desrespeito aos paranaenses”

verriEnio Verri*

Praças do Centro Cívico, Curitiba. Cerca de 1.500 policias a postos. O cenário é de guerra. O risco é grande. Talvez uma ameaça terrorista ou operação contra o tráfico de drogas no Paraná. Mas não é. Trata-se de um simulacro de 30 de agosto de 1988.

Se na década de 80, o ex-governador Alvaro Dias (PSDB) soltou a cavalaria nos professores, o atual, Beto Richa (PSDB) criminaliza servidores públicos em greve pelos seus direitos ao ameaçá-los e confrontá-los com desnecessária força coerciva.

No estado das contradições, onde deputado anda de camburão e polícia bate em professores, o clima é tenso e de desrespeito aos paranaenses. Nos municípios, viaturas paradas, escolas sem estrutura e servidores e postos de saúde sem remédios.

No Paraná do governador que não paga fornecedores e atrasa salários, a solução é agraciar grandes empresários e amigos pessoais, enquanto confisca o fundo previdenciário dos servidores públicos para cobrir o rombo nos cofres públicos, inacreditavelmente, efetuado em sua primeira gestão. Leia mais