Richa engrossa movimento pelo impeachment de Dilma. Haverá troco dia 13 ou o PT afrouxará a tanga!?

Publicado em 9 março, 2015
Compartilhe agora!

dilma_richa.jpgO governador Beto Richa (PSDB), em entrevista à  Rede Massa, emissora de televisão de Ratinho, retransmissora do SBT, defendeu nesta segunda-feira (9) a admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT) diante da “crise moral” no país.

à‰ possível o impeachment devido à  ‘crise moral’ que o país atravessa”, afirmou, ao referir-se à s manifestações contra Dilma no próximo dia 15. à‰ o enforcado falando de corda…

O tucano concedeu longa entrevista no início desta tarde na qual atacou pelas costas professores que encerraram greve na manhã de hoje. Ele também golpeou o PT e os senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT).

Assista ao vídeo:

Richa afirmou que vem sendo vítima de armação política de petista e do antecessor Requião.

O governador do PSDB é alvo de campanha nas ruas pelo impeachment. No dia 21 de fevereiro, por exemplo, cinco mil pessoas protestaram na capital paranaense pelo “Fora Richa, impeachment já!”.

A pergunta que não quer calar é a seguinte: os movimentos sociais e os partidos da base de sustentação de Dilma darão resposta à  altura a Richa, no dia 13, ou eles “afrouxarão a tanga”, como advogam alguns petistas?

A tendência é que o protesto da Petrobras se transforme, também, num movimento pelo impeachment contra Beto Richa. A organização da marcha de sexta-feira estuda o trajeto da Praça Santos Andrade (UFPR) até o Palácio Iguaçu, no Centro Cívico.

Compartilhe agora!

Comments are closed.