Projeto da deputada Maria Victoria estimula reflexões nas escolas sobre o combate à  violência contra a mulher

vic_maria_penha.jpgA deputada estadual Maria Victória (PP) conseguiu aprovar semana passada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa, um projeto de lei que institui nas escolas estaduais do Paraná a Semana Estadual Maria da Penha!.

Segundo o projeto, no mês de março de cada ano serão realizadas atividades nos colégios com o objetivo de apresentar aos alunos a Lei Maria da Penha, que criminaliza e pune atos de violência contra a mulher.

A ideia da parlamentar é estimular reflexões contra atos de violência e também conscientizar a comunidade escolar sobre a importância do respeito aos direitos humanos.

Trata-se de uma medida preventiva de conscientização a partir de um trabalho educacional de humanização, respeito e informação, para que a violência contra a mulher não ocorra e, caso aconteça, seja denunciada e repreendida!, disse Maria Victória, a mais jovem na Assembleia.

O projeto de lei n!º 28/2015 segue agora para as demais comissões permanentes da Assembleia, antes de seguir ao plenário para votação.

57 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. It’s laborious fpowfjiosd to seek out educated individuals on this matter, but you sound like you recognize what you’re speaking about! Thanks

  2. I simply want to say I am just very new to weblog and truly savored you’re web site. Most likely I’m want to bookmark your site . You really come with amazing stories. Regards for sharing your webpage.

  3. O Projeto é cópia de um outro igualzinho que foi aprovado aqui na Câmara de Vereadores de Maringá.
    A Lei, oriunda de um Projeto do Vereador Dr. Manoel Sobrinho, pode ser encontrado nesse endereço eletrônico: (copiem e colem a URL em um navegador e acharão a Lei 9.304/2012).

    http://sapl.cmm.pr.gov.br:8080/sapl/sapl_documentos/norma_juridica/11499_texto_integral

  4. Ela foi eleita pela regiao de mar-in-gado (Maringa) onde, atualmente, se morre mais mulheres vitimas de homicidios do que galinhas nos abatedouros avicolas, entao, porque sera que ela e toda a familia “fede barros” nada fizeram ate hoje? Se a propria “Maria Mictoria fede barros” quiser, puder e, principalmente, souber responder ficarei muito agradecido.

  5. Coitada, ela quer fazer moral. Acha que assim os professores vão esquecer o episódio do camburão. E esse projeto ai é bem fraquinho né??

  6. O projeto é lindo, maravilhoso. Mas essa história de que tudo tem que ser ensinado na escola, quebra as pernas. Enquanto os alunos na escola pública está aprendendo matar o mosquito da dengue, está aprendendo escovar os dentes com flúor, atravessar a rua na faixa, semana da família, semana da mulher, semana disso e daquilo, o conteúdo vai ficando em segundo plano. A escola se tornou uma espécie de mix educativo, onde se tem um monte de coisa pra ensinar, ou seja, adestrar o cidadão. Enquanto isso, a elite está aprendendo, fazendo experiências, lendo e se preparando para fazer vestibular e concurso. É bacana,sim, mas nós professores já temos muito a ensinar. Esse tipo de educação tem que vir de casa, não jogar tudo nas mãos dos professores e se não der certo, jogar a culpa neles também.

  7. SERÁ QUE BETO RICHA, SEU GRUPO POLÍTICO E DEMAIS APOIADORES APRENDERAM A LIÇÃO…?

    A APP-SINDICATO se mobilizou contra Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO se manifestou contra Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO fez passeata contra Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO afrontou Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO humilhou Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO rebaixou politicamente Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO desgastou politicamente Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO deixou perdido politicamente Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    A APP-SINDICATO representou politicamente os Servidores Públicos paranaenses contra Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná;
    Resumindo: A APP-SINDICATO e os demais Servidores Públicos do Paraná respectivamente são um enxame de abelhas e um ninho de vespa que Beto Richa e a Assembléia Legislativa do Paraná tem a obrigação e o dever de deixarem em paz!

    OU QUEREM MAIS…?

  8. Belíssima ideia, só precisam mesmo fiscalizar para ver se a lei será aplicada em todas as escolas estaduais, uma vez que conheço professoras e muitos professores, que são coniventes com este tipo de crime. Na minha escola por exemplo temos dois casos, o primeiro é de um professor “garanhão” de educação física que espanca sua esposa seguidamente, a cidade inteira sabe e conhece o caso, mas ninguém se manifesta ou protesta. Segundo é de um professor alcoólatra que espanca seus filhos menores e a esposa que também é professora, que vai trabalhar sempre machucada e com medo de contar o que acontece dentro de casa. Estes professores por certo não cumpririam a lei, não é verdade?

  9. A Vykthorya conseguiu sair do banheiro da ALEP.

    Não era ela que no discurso de posse falou sobre a valorização da educação? Muito oportunista tentando driblar os erros de estrategia com esse projeto. Muito bem acessorada…

  10. Esse projeto, dessa tal deputada que nem saiu das fraldas, “A DEVE TER SUJADO NA OCUPAÇÃO DA ALEP PELOS EDUCADORES DO PARANÁ” me leva a refletir, são esses políticos que nossa sociedade elege para representá-la.
    Pobre deputada “BEBÊ” saia de seu confortável gabinete e venha conhecer a realidade de nossas escolas; muitas em condições precárias de funcionamento, tanto na parte física como de pessoal, sem falar no descaso,do governo que você representa, pela nossa carreira.
    As nobres colegas professoras não precisam que você tenha o trabalho árduo de elaborar tal projeto de lei, pois elas não trabalham só uma semana durante o ano sobre esse tema, com certeza esse tema a debatido todos os dias por elas em sala de aula.
    As nobres professoras precisam ser mais valorizadas, vou dar algumas dicas:
    – Tendo um plano de saúde de verdade e não o SAS.
    – Estar tranquilas quando chegar a aposentadoria.
    – Poder se afastar de suas atividades em sala de aula para fazer o P.D.E.
    – Ter direito de gozar de licença.
    TODOS ESSES DIREITOS VOCÊ TIROU QUANDO ENTROU NO CAMBURÃO NO DIA 12/02/2015, LEMBRA.
    Espero que minhas dicas façam você refletir, e retirar esse projeto, pois você não é digna dele.
    Conheça a realidade das escolas PÚBLICAS DO PARANÁ PARA DEPOIS SUGERIR ALGUM PROJETO, quem sabe você poderá corrigir em partes o grande erro de seu início desastroso de mandato.

  11. Nem vale a pena comentar.Essa aí é o maior mico da história política do Paraná, ela é o escárnio em pessoa. Não nos representa e faremos de tudo para derrubá-la e aos seus familiares, da política paranaense. Aguardem.

  12. A mocinha tinha que preocupar-se com a mamãe e o papai que dizem ser o chefe da gangue do pp, com jatene q ja foi, muerer e outros; quando estavam no camburão não foi no colo dela que o porquinho fez cocô? Quem vota contra os servidores do Paraná, não merece espaço neste blog respetável; Esmael a menina tem q falar no espaço do campana q é canalha igual o patrão ! Fora beto e ratarada !

  13. Esmael,
    Eu fico perpeplexo com o despreparo dos nossos representantes. Acham que criar penduricalhos na educação vai resolver o problema. Primeiro que esse é um tema bastante tralhado nas disciplinas de história, sociologia, filosofia, etc… Isso é mais uma proposta para inglês ver. Se a nobre deputada realmente se preocupa com essa temática, ao invés de ir curtir o carnaval na Itália deveria ter permanecerido no estado e tentado pelo menos contribuir para a resolução do problema com a educação. Teria visto um exemplo claro do que infrigir a referida lei.

  14. Dep. inútil e fútil. Nós somos as trabalhadoras que enfrentam a árdua tarefa de ensinar o respeito e o conteúdo e não é um progetinho que irá salvar-la do ser parasita que és. URGE desinfetar a ALEP desses seres rastejantes e imorais.

  15. MELHOR SERIA RESPEITAR AS MULHERES PROFESSORAS E SERVIDRORAS. E O NHONHO (FILHO DO CABELO LAMBIDO),VAI APRESENTAR PROJETO PARA DESINFETAR CAMBURRÃO?? E DISTRIBUIÇÃO DE CUECAS NOVAS AOS NOBRES DEPUTADOS DA BASE PARA EVENTUALIDADES??

  16. Esta mocinha não foi aquela que o porquinho cagou-lhe no colo , dentro do camburão? deveria preocupar-se com o salário da fernanda rixa em fevereiro foi quase o que eu não ganho no ano 32.200.00 reais , a menina tem que se preocupar com papai, que é o chefe da gatarada do pp no P.araná

  17. A plataforma de campanha da deputada foi a educação. Este projeto é apenas para justificar a sua eleição.porém, ao invés do que os deputados acreditam, povo e professor ( que faz parte do povo ) tem memória e não vai ser um projetozinho ridículo deste que vai apagar o início de 2015 e mudar a opinião de muitos eleitores.

  18. Deputada filha de Ricardo Barros e Cida Borghetti, cheirando a leite, apenas 22 anos… Nada contra os jovens, mas entre nossa população temos pessoas muito mais preparadas para legislar do que a princesinha… Para mim: FILHO DE PARASITAS, PARASITINHA É…

    Eles não sabem o que inventar e ficam inventado semana disso, dia daquilo… A criançada nem dá bola na escola para isso… Deviam é se preocupar COM A QUALIDADE DAS ESCOLAS, ISSO SIM FAZ DIFERENÇA E CRIA CIDADÃOS…

  19. Agora a miss toillet está preocupada com a escola? Para se promover as custas dos professores que não defende? Mais obrigações dentro do currículo? Desculpe, ‘Vic’… você ajudou na opressão contra a mulher. Será lembrada na minha aula!!!

  20. Poderiam também criar uma “reflexão” em quem votar. Como é bom ser criada na sombra (literalmente). Nunca carregou carga. Estuda na Suíça (lá deve ter alguma coisa assim) e morou nos melhores países. Que beleza.

  21. Nem precisa de projeto, isso já acontece nas escolas…

  22. Bem, semana disso, semana daquilo, semana do camburão, da mulher, etc, são temas importantes que, para serem democráticos de verdade deveriam passar por debates com a comunidade:escolar, alunos, povo, enfim, todos os interessados no assunto para que se recolhessem o máximo de prós e contras e chegar a um ponto comum. Isso é gestão democrática.

  23. quanta hipocresia…ela acha que com esse projeto vamos mudar nossa opinião em relação a sua pessoa. já fazemos esse trabalho dentro da escoala. a senhora esta atrasada.sabe a secretaria da diversidade e gênero, pois e , foi eliminada pelo seu governadorzinho de merda.

  24. Que paradoxo. Dia 12 de ferereiro, do presente ano, milhares de professoras foram violentadas em todos os seus direitos, sendo que uma das que as espancavam era, a deputada Gatinha (Maria vitória), que estava dentro do camburão.

  25. Tão atrasada Zé da roça, que ela deve pensa que descobriu a RODA. Só rindo…KKK

    Ela deveria procurar saber o trabalhos maravilhoso que todas as professoras que ela tenta prejudicar faz nas escolas desde escolas mais pequeninas até grandes estabelecimentos de ensino. Quando ela nasceu muitas das professoras que estavam na alep já fazia este trabalho que ela está querendo levar os louros.

  26. Além do projeto da deputada, vale lembrar que os covardes maníacos e violentos devem ser entregues sem pena à polícia.
    Mesmo que por algum motivo, a mulher não denuncie o agressor, a polícia deve aceitar denúncias, para que seja ratificada a intolerância à violência contra a mulher.
    Parabéns à deputada!
    Parabéns a todas às colegas, que com seu carinho e amor emprestam a identidade da escola pública brasileira!
    Parabéns à todas do Zé Venancio!

    • Mas que identidade meu caro ??
      Essa mulher tá ajudando a fuder com a educação pública do estado ! Uma

      pura demagogia!
      só falta mandar o projeto de lei contra a dengue!
      Faca-me o favor !

  27. “Maria Victoria estimula reflexões nas escolas.” Pois é,senhora deputada! Quem você acha que prestará esse serviço a população? Você que não será, não é mesmo? Somos nós professoras do Estado do Paraná que faremos isso, as mesmas que você queria tirar direitos de aposentadoria e direitos no plano de carreira muitas de nós chefes de família. Aproveita que você pensou em um projeto que mexesse com a opinião da população feminina e reveja sua postura na hora de votar projetos que vem de forma bruta passar por cima destas mesmas mulheres que você diz preocupada em defender.

  28. Para as mulheres e professoras.

  29. Deputada, esteja atenta também a Paranaprevidência que pertence as professoras(os) e demais funcionárias(os) públicos. Não deixe nenhum malandro querer usurpar.

  30. essa deputada e filha do leitao vesgo que logo vocês vão ver o nome dele na lista do lava jato ,porque o deputado velhinho do sudoeste vai entregar ele de bandeja,essa deputada é falsa dizia na campanha que era a deputada da educação mas na hora de votar foi contra a educação

  31. Eu acho isso uma besteira sem tamanho,seria como o dia do presunto ou do macarrão.
    Acho que já temos leis demais,e não é dando matérias para encher o saco das crianças que elas vão nessa idade levar isso a serio.
    No dia da Mulher,tem tantas coisas que precisariam de leis para dar mais avanço em suas aspirações,uma delas é ser comparada igualitariamente com o homem.

  32. Agora acha que a educação é importante? Porque não foi a favor das mulheres professoras na luta por seus direitos. Preferindo o camburão do cagaço.

  33. Primeiro valorizar as MULHERES PROFESSORAS e não votar contra…
    Depois explicar a camanha MILIONÁRIA…de onde veio o dinheiro? Quem vai cobrar a conta???

  34. é não é apenas um faz de conta..a SEMANA DA MULHER NA ESCOLA É MUUUUIITO MAIS AMPLA DO QUE ESSA DEPUTADA ATRASADA NO TEMPO PODE IMAGINAR..

    CARTAZES..TEATROS..POESIAS..JOGOS..REDAÇÕES…
    aff.. agora a deputada fica com os louros por aquilo que professores já executam a muito tempo… ESTOU “PUTO”…

    • É nesse desgoverno é tudo faz de contas, pega alguma coisa que ja esta sendo feito e que deu certo e coloca como projeto, ai o povão acredita que estão fazendo maravilhas! tudo propaganda enganosa.

  35. Se ela estah tão preocupada…porque então votou contra as professoras e não se manifestou contra as balas de borracha que a polícia a mando do Sr. Beto mandou descer nos manifestantes? Muito oportunismo desta senhora! Vergonha total…

  36. Nossa que projeto bom! será?
    A escola já esta inchada de tantas coisas que colocam sem algum sentido real para o aluno! Assim sendo, semana disso, semana daquilo, no final das contas aprender o que realmente se deve em sala de aula é sempre o segundo plano.
    Isso deveria ser algo apresentado por pessoas com amplo conhecimento do assunto, colocar uma semana de atividades por pura ideia de que se comentar sobre o assunto vai mudar algo é ignorância pura, isso é coisa de deputado sem noção.
    Quer elaborar um projeto procure saber o que fazer? porque fazer? como fazer? O que isso vai acrescentar no currículo? depois elabora o projeto.
    O Brasil é a bagunça que é porque simplesmente existem “imbecis” que não sabem que fazer ai tem estas ideias de jerico e querem obrigar as pessoas a realizam um monte de coisa sem noção.
    O assunto é importante? é muito importante, mas antes de aprovarem o projeto deveriam saber como implementar isso de uma forma seja eficaz.
    Aprovar projeto só pra fazer firula não vai resolver o problema!

  37. Não é uma incoerência da parte dela, ser da base de quem mandou descer o porrete nas mulheres professoras?

  38. Parabéns, deputada Maria Victoria! Sua iniciativa vem atender a uma demanda que exige uma grande reflexão em nossa sociedade. Mas não esqueça que um número enorme de mulheres em nosso estado são professoras e que no seu cotidiano são agredidas verbalmente e até fisicamente, seja por alunos ou seus pais. Lembre-se que a senhora votou contra a demanda de uma série de ítens pelos quais essas professoras lutaram e lutam. Ítens esses só para manter conquistas de anos de lutas. Lembre-se que se o seu projeto for aprovado, são essas professoras que deverão aplicá-lo nas escolas, sendo apoiadas pelas pedagogas e funcionárias. PARABÉNS A TODAS AS MULHERES QUE DE FATO FAZEM A DIFERENÇA!

  39. A deputada tambem vai se posicionar a favor ddas professoras e demais servidoras do estado ?

  40. apesar dela ser da família da barros que hj manda no estado merece parabéns pelo projeto, já o nhonho filho do batman vai passar o mandato inteiro sem nada de bom para mostrar .

  41. Essa deputada deveria como mulher que é ter lutado a favor das mulheres professores que são a maioria no magistério contra o pacotaço.

    • Mais um projeto que vai ser aprovado que vai ficar só na gaveta!

      A deputada não sabe o fazer, vota contra os professores que são na maioria mulheres e agora vem fazer firula! Parabéns pela sua cara de pau deputada.

  42. Se, ela é “TÃO A FAVOR” da mulher, porque votou CONTRA AS PROFESSORAS ?. . . .alguém responde ?

  43. Mas se a mulher for professora, aí a puliça pode descer o cacete, balas de borracha, tirar a aposentadoria etc.!

    • Pois é José Andrade,… nesse caso se for professora, bibliotecária, merendeira, secretária, enfim, pra se livrar das balas de borracha, só de camburão mesmo! Ah, em tempo, sou professor e já venho trabalhando em minha disciplina tema proposto pela nobre deputado, acho que ela deveria se preocupar em abordar temas que melhorem a educação no aspecto funcional, administrativo e de reconhecimento ao trabalho docente…

  44. Achei bem interessante o projeto da parlamentar Maria Vitória, assim como também, deveriam pensar em incluir na grade curricular Política no Brasil e do Brasil.Ensinar sobre Política é fundamental, uma vez que nunca foi interessante o povo entender e pensar a política. Graças, a nova geração está mais ligada e abrindo a cabeça daqueles leigos. Pensem nisso.

    • Valéria, leiga, me desculpe deve ser você, o projeto é imbecil, oportunista, que deverá apenas atrasar atividades no colégio e não trará nada de bom ou inovador, primeiro porque é uma lei, e como tal devemos cumpri-la, ou seja não tem ai um projeto politico pedagógico, nós temos que faze-lo, a bonitinha senta lá e não está nem ai se vai surtir algum efeito na aprendizagem, pois ela não sabe nem o que é isso, o que ela propõe com lei já fazemos, precisamos de estrutura, é disso que precisamos, ao invés de se promover eleitoralmente convencendo pessoas como você que é uma ótima idéia, não é, é uma idéia estapafurdia e imbecil, como as do ratinho jr e mara lima.