Outra vez, Dilma é empurrada à lama pelos próprios estrategistas do governo. “É a economia, estúpido!”

A pauta do esgoto interessa somente ao PSDB, à oposição, e aos extremistas de direita alimentados pela velha mídia; Dilma é empurrada para lama pelos próprios estrategistas do Palácio do Planalto; barões da mídia adoram chafurdar para esconder sua fétida existência corrupta, a exemplo do escândalo SwissLeaks-HSBC.

A pauta do esgoto interessa somente ao PSDB, à oposição, e aos extremistas de direita alimentados pela velha mídia; Dilma é empurrada para lama pelos próprios estrategistas do Palácio do Planalto; barões da mídia adoram chafurdar para esconder sua fétida existência corrupta, a exemplo do escândalo SwissLeaks-HSBC.

Se burrice pagasse imposto os estrategistas do Palácio do Planalto estariam muito endividados. Os próprios palacianos empurram a presidenta Dilma Rousseff ao cadafalso, sem dó nem piedade. Veja se não há um pingo de razão na afirmação do Blog do Esmael.

A velha mídia insiste na tese de que milhares de brasileiros foram às ruas contra a corrupção. Trata-se de meia verdade, pois, segundo a Paraná Pesquisas, em levantamento inédito publicado hoje pelo jornal Gazeta do Povo, a maior preocupação dos 80 mil curitibanos que protestaram domingo 15 contra a petista “é com os rumos da economia” (clique aqui).

Nunca é demais relembrar o então estrategista da campanha de Bill Clinton, James Carville, acerca do triunfo de seu assessorado sobre George H. Bush, o pai, derrotado naquela histórica eleição norte-americana de 1992. “É a economia, estúpido!”, explicou.

Dito isto, vale ressaltar que Dilma e sua entourage não entenderam nada – e nem tiraram lição – da “fase da faxina”, que o Palácio do Planalto empreendeu ao longo de 2011 e 2012, cuja pauta da mídia e da oposição corroeu o apoio da presidenta no Congresso Nacional e quase a derrotou em outubro passado.

A pauta do esgoto interessa somente ao PSDB, à oposição, e aos extremistas de direita alimentados pela mídia.

Dilma já assumiu o programa econômico derrotado eleitoralmente ao entronizar Joaquim Levy no Ministério Fazenda. Agora cai na arapuca dos mesmos derrotados ao assumir como bandeira principal de seu governo o combate à corrupção.

Dilma e seus estrategistas deveriam ter aprendido que não adianta fazer concessões à direita e ao “mercado” em detrimento da produção e do trabalho. Esse movimento da presidenta não inspira confiança dos novos aliados nem dos antigos, que se sentem traídos pós-eleição.

Ora bolas, carambolas. Corrupção é caso de polícia e não de governo. Os barões da mídia adoram chafurdar na lama alheia porque assim escondem sua própria fétida existência corrupta (vide o caso SwissLeaks-HSBC).

Se Dilma e sua “brilhante” equipe de estrategistas caírem novamente na cantilena da velha mídia, pois que mude o governo de vez para a Papuda e abrevie seu sofrimento… É para lá que a direita empurra o governo, o PT e a própria presidenta ao criminalizar a política. Só não vê quem não quer.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Na maior cara de pau, o PSDB tenta posar como defensores da honestidade. Mas ninguém esquece que, em oito anos de governo tucano, FHC foi um comprador descarado de votos para a emenda da reeleição. Também foi comandante das privatizações das estatais Vale do Rio Doce e Telebrás, uma das maiores negociatas envolvendo dinheiro público da história do país. Dilma diz que a corrupção na Petrobras começou com FHC. No entanto, não explica porque o governo petista, desde que assumiu o poder, varreu para baixo do tapete toda a corrupção tucana. Agora o PSDB, com a toda a hipocrisia do mundo, enche a boca para defender a ética na política. Como diz o ditado popular, é o sujo falando do mal lavado. Chega de PMDB, DEM , PP, PT e PSDB! Que os ricos paguem a conta da crise que eles mesmos fizeram e não a classe trabalhadora! Nenhum direito a menos!

    • COM Q-BOA
      Silvana, acho que vc deve lavar sua boca (ou serriam os dedinhos que teclam) com q-boa.
      Se sua presidAnta diz que a corrupção na Petrobrás começou no governo de Fernando Henrique, vc acredita. Se o Juiz Sérgio Moro e o Janot diz que a corrupção virou sistêmica, estratégia de govero, vc não acreita. Um dos depoentes mesmo disse: eu comecei a roubar em 2000, mas após 2004 virou sistêmica, institucionaliada (entenda, institucionalizada significa estar inserida no programa de governo). Mas nisto vc não acredita.
      Se a Dilma, os corruPTistas, asssemelhados e cúmolices dizem que houve compra de votos, vc acredita, mas quando lhes perguntam de provas, vcs se calam; quando perguntam pq não abriram processo contra o FHC, vcs fazem cara de paisagem; quando pergunta-se pq não estanaram a corrupção na Petrobrás log que souberam, vcs ficam cor-de-rosa (a cor atual do PC do B) de vergonha. Ora, foram 12 aos governando e não foram capaz de conseguir uma prova sequer para abrir processo contra FHC ou alquem do governo dele, pq? Inapacidade? Inexistencia? E se descobriram algo e não denunciaram, é prevaricação, mas prevaricar neste governo é até considerado crime leve perto de tantos ediondos.
      PQ não te alas, Silvana?

  2. Quantas pessoas você realmente ama? Dificil encontrar uma pesso em que esse número passe de 10…

    Claro que o problema é a economia, o Lula foi eleito porque a economia de FHC estava uma merda na época. O povo não nutre amor gratuíto pelos políticos, tudo é uma troca… Agora que o PT não dá mais nada, não serve, o povo tá revoltado… Mas agora acho que a vaca já foi pro brejo, infelizmente, vamos amargar alguns anos de miséria pela frente…

    Senhores políticos, precisam desenvolver a empatia…

  3. Quanto catastrofismo. Dilma segue bem em seu governo, eu analiso assim. Dilma faz o que tem que ser feito no momento. Que os cães ladrem da direita ou da esquerda. Dilma sabe o que faz. Os resultados vão aparecer. Não é uma classe média raivosa em qualquer situação, de prosperidade ou não, que farão nossa presidenta mudar os rumos de sua política econômica. Não vejo em nada copia o programa do derrotado. Passaram 8 anos falando isso de Lula. Se Lula tivesse copiado FHC estaríamos no buraco; idem, se Dilma copiasse Aécio. Com Aécio hoje em meio a essa crise econômica estaríamos no mais profundo fosso. A classe média com certeza, pelo menos a alta, estaria bem como sempre, pois tem muita grana, ou seja, gordura para queimar. Segue Dilma adiante, segue…

    • hum…esqueceu que a politica economica que tirou o Brasil da desgraça foi a do FHC….aliás, é dele a LRF, os percentuais mínimos de investimentos, a ideia da troca de IPI por empregos, superavit primário e tudo que funciona no país….o PT não tem ideias, não sabe o que fazer, se limitou a seguir a cartilha do FHC, o que foi uma virtude….a vaca foi pro brejo porque roubaram, tramóias, engodo….tudo que é a essência do PT……o fim se aproxima, mas não será a lama, que o habitat do PTismo, e sim a saída do poder de forma triunfal….chutados…..xô Pt, leva a Dilma com vc…..

      • FHC só esquecer de incluir consunidores no mercado.

      • Sandro, você está enganado. A LRF foi aprovada pela câmara dos deputados, e até hoje causa problemas de administração, a exemplo, os índices com gastos funcionais. Mais de 50% com gastos com funcionalismo só fez encherem as burras governamentais de pessoal em cargos de confiança, em detrimento do pessoal de carreira. Quanto aos outros que citou, nada mais é que uma exigência imposta pelo FMI e que, a bem da verdade, já estava sob domínio da economia mundial nos países desenvolvidos. Do plano real nem vou falar, até porque é do Governo Itamar. O Lula pegou do jeito que estava e arrumou tudo com um senhor chamado Guido Mantega. Pagou as dívidas com FMI e banco mundial, fez poupança em dólares, investiu em infra-estrutura, aumentou a poupança interna com geração de emprego e renda. O contrário que os economistas dos bancos pediam a FHC e ele fazia. Quebrando o Brasil por 03 vezes. O FHC segurou o câmbio no primeiro mandato, covardemente, comprou a reeleição e depois liberou que chegou a 4,00 reais o dólar. Vendeu tudo o que conseguiu, com prejuízo ao Brasil de 100 bilhões somente com a privataria da telebrás, da CSN e da Vale. FHC pegou uma carga tributária a 25% do PIB e entregou a 40% do PIB. O Lula pegou o Brasil sem reservas, quebrado, devendo até a bunda, sendo a 14ª economia e hoje somos a 7ª economia do mundo. Mas, você queria o que? Que a cada presidente fosse criado um plano novo? Uma nova moeda? Outro plano Real II? … Aqui não tem bobo não e essa cantilena que está aí disseminada na internet aqui não funciona. Vai estudar vai … ou se informar em alguns outros blogues “sujos”. Saudações PeTistas pra você.