No Paraná, partidos e movimentos sociais preparam megamanifestação pelo Fora Richa!

richa_fora_2015O governador Beto Richa (PSDB) será alvo central de um megaprotesto no próximo dia 13 de março, em Curitiba, durante ato em defesa da Petrobrás, Democracia, Direitos e Reforma Política.

Movimentos sociais e partidos oposicionistas se reúnem nesta quinta-feira, dia 5, à s 19 horas, no auditório da APP-Sindicato (Av. Iguaçu, 880, bairro Rebouças) com o objetivo de planejar o Fora Richa!.

Em solidariedade aos professores e funcionários de escolas públicas em greve no estado, a marcha no dia 13 seguirá até o Palácio Iguaçu, no Centro Cívico.

62 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Mas tem que fazer uns esporros muito grande, fazer esse barulho que possa ser ouvido lá no vaticano. Afinal não se pode deixar um governador hitler do paraná agi assim e ficar tudo no silencia.Quero ve se a elite suja do paraná vai as ruas também protestar e manifestar. Obvio que não a elite do paraná estuda em colegios privados tradicionais, moram em bairros nobres e não vão ir as ruas para defender os professores da rede estadual, porque esse elite suja do paraná quer ter um mundinho somente para elas, não querem se juntar ao povão. Esse manifesto tem que chamar a atenção para uma policia corrupta e violenta, uma policia cega que não consegue pensar, refletir, só segue ordens sem questionamentos. Provavelmente vão novamente agredir os manifestantes alegando que os black boks estao no meio. Sempre alegam algo, com a ajuda de uma midia suja, corrupta e sonegadora como a rede esgoto. Beto Richa Hitler é um grande covarde, canalha. FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER FORA BETO HITLER, FORA BETO HITLER

  2. BETO HITLER DO PARANÁ (OU O MASSACRE DOS SERVIDORES DO PARANÁ)

    Hitler não se deu por vencido.
    cansado de ficar dormindo
    em túmulo esquecido,
    revolveu voltar à vida.
    Ressuscitou então dos mortos
    e veio habitar no Palácio Araucária,
    na capital do Paraná!
    Sim, no velho Paraná,
    estado afamado,
    até há pouco considerado
    um lugar civilizado.
    Todavia,
    ao ouvir minha narrativa
    sobre as ações ativadas
    pelo Hitler do Paraná,
    certamente todos nós haveremos de ficar
    entristecidos, estarrecidos
    e a nos perguntar:
    será que um estado hitlerianizado
    pode ser considerado um lugar civilizado
    onde alguém há de querer morar?
    Os fatos que vou narrar
    sobre as ações impetradas
    pelo Hitler do Paraná,
    a todos nós compete
    amplamente divulgar
    nas escolas, TVs, jornais, rádios e internet.
    Pois não são mero “causo” lúdico,
    mas sim fatos sérios
    que envolvem o interesse público
    já que demonstram os impropérios
    de um estado que é tomado
    e transformado em império
    por um governador despido de pudor
    que acata e aplica a tirania
    como praxe política de valor!
    A “ressurreição” do Hitler novo
    se deu no tempo da eleição,
    em outubro de 2014,
    quando o então governador,
    com promessas renovadas,
    convenceu o eleitorado
    a elegê-lo de novo
    para mais um mandato
    no governo do estado.
    Tomado das urnas o resultado,
    o reeleito candidato,
    (o nosso Hitler em questão)
    sentiu-se tão aclamado
    que pensou-se ser um deus
    autorizado a sepultar
    as leis da constituição.
    De novo governador,
    ele logo se arvorou
    em déspota, imperador.
    E chamou todos os seus:
    secretários, deputados,
    e sobretudo militares,
    para engendrar contra o povo
    todas cenas de horror,
    Em primeiro lugar,
    para implantar o seu plano,
    Hitler instituiu, no fim do ano,
    um “pacotaço” tirano
    que atuava redobrando
    o preço de todo artigo
    consumido no Paraná:
    ICMS e impostos sortidos,
    tais quais IPVA,
    passaram a escorchar
    trabalhadores, empregados,
    empregadores e aposentados…
    No episódio relatado,
    coadjuvado por deputados
    a ele mancomunados,
    liderados por Ademar Traiano,
    e por mídias conservadoras
    financiadas pelo Estado,
    num acelerado “é pra já”,
    Hitler empurrou, com escracho,
    goela do povo abaixo,
    o seu plano denominado
    “pacotaço de maldades”,
    já que sua finalidade
    era pilhar sem piedade
    e com destreza de ladrão,
    sugando sem compaixão
    toda riqueza produzida
    pelo trabalho engendrado
    no território do estado,
    onde o povão passou então
    a ser mais e mais pilhado.
    O Paraná viu aumentar
    de forma viril e patética
    os impostos, em grandes vultos,
    sobre a energia elétrica
    e inúmeros outros produtos,
    como antes visto jamais,
    em 40, 50% ou até mais.
    No ano seguinte, 2015,
    nos idos do mês de abriu,
    Hitler, de modo insano,
    ganhou ainda mais fama
    quando então instituiu
    outro projeto infame.
    Fazendo-se de rogado,
    não se deu por contentado
    com o mal antes já feito
    à população do estado,
    assim que fora reeleito.
    Neste novo episódio,
    resolveu meter o peito
    e implantar de vez o ódio
    contra quem viesse afrontar
    o seu plano de sugar
    o povo do Paraná.
    Visando angariar
    ainda mais dinheiro
    pra financiar os cofres do estado
    por ele próprio quebrado,
    Hitler, com mil trejeitos,
    resolveu retirar direitos
    desde muito conquistados
    dos servidores do estado.
    O setor por ele mirado,
    colocado em evidência,
    eleito pra ser pilhado,
    foi o cofre da previdência,
    dinheiro desde tempos poupado
    pelos funcionários do Estado
    para garantir-lhes algum dia
    uma integral aposentadoria.
    Mas seguindo tal compasso,
    sem pensar nas conseqüências,
    ou no respeito e decência,
    Hitler armou o seu laço:
    juntou forças e braços,
    todos pagos pelo Estado:
    o aparato da justiça;
    da Assembleia Legislativa
    liderada de forma passiva
    pelos deputados Ademar Traiano,
    presidente da casa,
    o qual a liderou como um tirano
    e Luiz Romanelli,
    líder servil do governo
    que obedeceu Hitler com zelo.
    E Hitler contava, sobretudo,
    com o serviço da bem armada
    força militarizada a qual, içada,
    sustentaria com bom grado
    a política que ele estabeleceu
    no Estado que é do povo
    mas que foi por ele “tomado”,
    e tratado como seu.
    Assim, bem amparado
    por todo esse aparato,
    Hitler assim faria:
    imporia à revelia
    e sem o menor pudor,
    um “pacotaço” que mexeria
    nas aposentadorias
    de todo que é servidor.
    O projeto, se aprovado,
    tomaria dos servidores
    os recursos por eles poupados
    durante anos a fio.
    E, depois de surrupiados
    pelo imperador sem brio,
    o plano de Hitler previa
    que ficariam os servidores
    abandonados à própria sorte.
    Se quisessem, entretanto,
    lutar pra fugir da morte
    e terem aposentadoria
    remunerada em justa quantia,
    a partir da lei a ser imposta,
    eles que se virassem,
    que pagassem órgão privado
    para ter alguma garantia
    de que, um dia, na velhice,
    conseguiriam se tornar aposentados
    decentemente remunerados.
    Ou seja,
    num esquema de ingerência
    o sistema da previdência
    dos servidores do Estado
    seria, na verdade,
    efetivamente privatizado.
    Para enfrentar tal situação
    os servidores, organizados,
    reuniram em Curitiba
    uma grande multidão
    de professores e outros servidores
    dos mais diversos setores:
    educação, saúde, justiça, segurança
    e outros mais:
    20 a 30 mil almas tomaram
    a Praça Nossa Senhora da Salete
    e içaram um amplo protesto
    contra o projeto de Hitler
    considerado abjeto,
    pois se, aprovado, roubaria
    de modo definitivo
    seus direitos conquistados
    de justa aposentadoria,
    o que lhes era aflitivo.
    Para encurtar a história,
    e refrescar nossa memória
    abordarei de modo sucinto
    esse episódio triste
    de 29 de abril de 2015.
    Nessa data,
    Que ficará pra sempre marcada
    o Hitler do Paraná
    coordenou com afinco
    os vincos de um massacre
    contra o movimento pacífico
    dos servidores, acima descrito,
    que sofreram, naquele dia,
    repressão de extremos rigores
    numa operação cujos pendores
    fazem jus a filmes de horrores.
    Naquele dia de completa covardia,
    o Paraná todo assistiu
    quando o dedo de Hitler, em riste,
    ativou, com Francischini,
    secretário da segurança
    e comandante da polícia,
    a operação cala-boca
    na qual cães adestrados
    eram atiçados, de forma louca,
    contra os manifestantes;
    e bombas de gás lacrimogêneo
    eram lançadas com empenho,
    sobre eles, a todo instante,
    seja de helicópteros em rasante
    ou do alto de prédios,
    onde policiais a postos
    obedeciam as ordens régias
    dos egrégios comandantes.
    E, na linha do chão,
    o que mais se viu então,
    além das bombas atiradas,
    sem o menor pudor ou brio,
    foram cacetetadas
    e balas de borracha atiradas,
    umas quantas mil,
    além de sprays de pimenta
    e um caminhão lança-água,
    os quais se lançavam violentamente
    contra a multidão de homens,
    mulheres, crianças e idosos
    que na praça estavam
    apenas protestando contra os atos
    de um estado tornado viril,
    sangrento, desumano,
    hostil e criminoso
    que agora massacrava,
    de modo ignominioso,
    os servidores do seu próprio povo!
    Antes denominada
    Nossa Senhora da Salete,
    à praça que assistiu
    o massacre ao manifesto
    hoje talvez compete
    dar outra denominação
    ponderada como mais correta:
    passa agora a ser chamada
    “Praça dos horrores do Paraná”,
    já que ela se tornou
    o primoroso palco
    de um massacre horroroso
    que será lembrado com nojo,
    por toda a posteridade,
    como a maior vergonha do estado
    que, primeiro assaltou
    de modo escandaloso
    e depois atacou, agrediu, feriu
    de modo covarde e raivoso,
    os servidores prestadores
    de bons tratos ao seu povo!
    Praça que ouviu e ressentiu
    tantos gritos incontidos
    de mais de duzentos
    homens e mulheres
    tratados como raiventas feras,
    que, então foram acuadas,
    surradas, baleadas, bombardeadas
    coisa que até hoje,
    em nenhum estado democrático do Brasil,
    jamais se viu!
    Como resultado
    daquele atentado à vida,
    ao todo, cerca de 300 servidores
    ficaram feridos fisicamente,
    alguns gravemente.
    E todos os demais
    20 a 30 mil servidores
    amargarão psicologicamente,
    pela vida afora
    traumas ligados aos atos
    por Hitler engendrados naquela data:
    atos emprenhados
    de violência, agressão e dor.
    Por liderar o show
    que adotou requintes de horror,
    o governador do estado
    (que, esperamos,
    seja por seus atos responsabilizado)
    foi então rebatizado.
    Se antes era chamado Beto Richa,
    passou a ser denominado Beto Hitler,
    ficando assinalado como grande ditador
    que tramou, conscientemente,
    um massacre sem precedentes
    contra os servidores do estado
    que lutavam apenasmente
    por direitos conquistados
    ameaçados de serem roubados
    por um governo opressor
    que tiranizou de modo desavergonhado
    a vida do povo do estado.
    Todavia, vale registrar
    que, em tal episódio,
    juntamente com os direitos
    dos referidos servidores,
    amplamente lesados,
    igualmente fora quebrado
    todo um patrimônio moral,
    historicamente engendrado
    pela gente do Paraná.
    Tal patrimônio fora agora atirado
    no mais podre lodaçal,
    local este onde hoje está
    o respeito nacional e internacional
    dado ao estado do Paraná,
    governado pelo Hitler que fora
    por Beto Richa ressuscitado
    e que será lembrado
    por tempo a perder de vista
    como um político ridículo, nazifascista
    massacrador dos professores
    e servidores do estado.

    Luiz Carlos Flávio
    (Prof. Curso Geografia da Unioeste – F. Beltrão, testemunhou tal massacre!)

  3. O que vale para o governo federal, vale para o governo estadual, fora sem vergonhas, incompetentes.

  4. TEm que tirar do poder Beto e Dilma!!!!

  5. Me expliquem por favor a relação fora Beto, defesa da Petrobras e greve dos professores. O fora Beto eu entendo, é um politico incompetente. A greve dos professores é justa, embora eu veja uma certa intransigência por parte de alguns que pode ocultar outros interesses. Defesa da Petrobras contra quem? Vão protestar ao mesmo tempo contra PSDB e PT?

    • Meu caro, desde quando não se pode protestar contra maus gestores? aqui não se está protestando contra partidos políticos, mas sim contra pessoas que se candidatam a cargos e que prometem gerir o estado e o país, com respeito, honra e de forma a otimizar o erário publico para que se reverta aos cidadãos as benesses provenientes dos impostos que estes mesmos cidadãos recolhem.
      Portanto eu lhe pergunto? Como a presidente Dilma assim como o governador Beto Richa estão desempenhado seus papéis de administradores do bem público?? ambos erram em suas estratégias.
      Não se trata de partidos, trata-se de incompetência administrativa e pricipalmente de permissividade com o que acontece com o dinheiro do contribuinte.
      Quem não sabe administrar, que saia e dê lugar para quem o possa fazer.

  6. Encham a caixa postal da RPC com a verdade: [email protected]

  7. Vai na mamãe justiça pedir arrêgo novamente…
    Tá ferrado, o pinóquio do batel…

  8. tem ke tirar este mentiroso dai mesmo, pois so sabe acabar com o parana.

  9. Os professores lotam o estádio para manter a greve e o Beto Richa manda a “justiça…” acabar com a greve. não tem conversa é na base do canetaço, do tratoraço, do camburão. Esse é o Beto 100% anti-democrático, 0 % educação.

  10. Já que o ato é originalmente em defesa da Petrobrás, deveria se dirigir também ao Santa Cândida, exigindo a libertação dos heróicos empresários e agentes financeiros que tanto contribuíram para o sucesso das políticas igualitarias de nosso governo popular-revolucionário.

  11. Pois é caros amigos, a nossa greve foi considerada ilegal conforme o TJ-PR, o Desembargador Luiz Mateus de Lima autoriza o uso de força policial se necessário. Nós estamos pedindo que não nos tire os direitos já conquistados, que não tirem proveito da nossa previdência que é descontada todo mês. Que o governa faça a sua parte depositando a sua parte também. Nós não temos um auxílio moradia de 4.300 reais. Vergonha do Poder Judiciário,vergonha do governo do Paraná.

  12. essa liminar do beta richa na tem poder para parar greve, apenas o ministério do trabalho tem esse poder.
    o beto richa nao pronunciou sobre os 8 bilhoes da previdencia

  13. Acho que deveríamos deixar o Beto terminar o seu DESmandato. Talvez assim os paranaenses deixem de ser idiotas, burros, reacionários, e imbecis úteis e aprendam a votar.

  14. Acho que deveríamos deixar o Beto terminar o seu DESmandato. Talvez assim os paranaenses deixem de ser idiotas, burros, reacionários, e imbecis úteis e aprendam a votar.

  15. 04/03/2015 — 00h00
    Estado fecha 2014 com deficit de R$ 4,652 bilhões
    Montante é 80% superior aos R$ 2,57 bilhões deixados por Roberto Requião, antecessor de Beto Richa no Executivo estadual

    Curitiba – O governo do Paraná fechou 2014, último ano do primeiro mandato do governador Beto Richa (PSDB), com um “deficit” de R$ 4,65 bilhões em suas contas, R$ 2,06 bilhões a mais do que o deixado pelo antecessor do tucano, Roberto Requião (PMDB). O valor corresponde ao volume de dívidas de anos anteriores que não foram pagas pela administração.

    Desde 2011, as receitas estaduais cresceram 42,49%, de R$ 25,09 bilhões para R$ 35,76 bilhões. O acréscimo, porém, não fez frente à velocidade do aumento das despesas, que em quatro anos subiram 47,02%, de R$ 25,30 bilhões para R$ 37,2 bilhões. Os dados são do Portal da Transparência do Governo do Paraná.

    De acordo com o o vice-presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon-PR), Eduardo Moreira Garcia, o governo não considerou a desaceleração da economia nacional e seguiu aumentando os gastos com pessoal. Hoje, 46,76% da receita corrente líquida (RCL) são utilizados para pagar o funcionalismo, índice superior ao limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), de 46,55%. “Foi falta de planejamento e má gestão”, resumiu. Ele lembrou que, em 2013, os técnicos da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) já tinham apresentado um relatório mostrando que a situação financeira do Paraná estava ruim.

    Conforme o economista Alexandre Alves Porsse, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), algumas despesas discricionárias também cresceram muito na primeira gestão de Beto. “Em 2014, por exemplo, houve um aporte financeiro de R$ 517 milhões para o aumento de capital de empresas públicas. Esse tipo de despesa poderia ser postergado”, avaliou. O item aparece no relatório financeiro com a rubrica “inversões financeiras”.

    Assim como Garcia, o professor disse que a crise nacional prejudicou o Estado. No entanto, falou que não considera “100% justo” culpar a União pelos problemas de caixa. “O Paraná foi o Estado que mais teve crescimento de receitas nos últimos anos. Grande parte disso estava associada ao fluxo do setor automotivo, muito ligado à política nacional de apoio ao crédito. Como essa cadeia de bens duráveis é importante, as demandas estavam aceleradas e o Estado então gerou muitos gastos permanentes, pensando que a receita cresceria para sempre.”

    Porsse comentou ainda que a administração tucana optou por adotar medidas estruturais, isto é, permanentes, de contenção de gastos, sendo que o problema é “conjuntural”. Segundo ele, com o aumento de impostos previsto nos “pacotaços” fiscais, a economia perde competitividade. O melhor, avaliou, seria frear os gastos com pessoal, negociar dívidas e postergar investimentos.

    TRANSFERÊNCIAS

    Os repasses que, conforme a legislação, devem ser feitos aos demais poderes também representam um volume considerável de despesas. Todos os anos, o governo estadual destina 18,6% de sua receita geral, o que exclui operações de crédito, transferências da União e receitas vinculadas, aos seus “vizinhos”. Deste percentual, 3,1% vai para a Assembleia Legislativa (AL), 1,9% para o Tribunal de Contas (TC), 9,5% para o Tribunal de Justiça (TJ) e 4,1% para o Ministério Público (MP). Em números absolutos, trata-se de um valor superior a R$ 4,1 bilhões.

    Em entrevista no último dia 27, o governador afirmou que herdou a situação e que não pensa em alterá-la. Beto lembrou que, quando há sobra de recursos, eles devem retornar ao Tesouro. A AL, por exemplo, devolveu

    R$ 600 milhões ao Executivo em quatro anos. O problema é que, para não perder dinheiro, muitas vezes as instituições criam benefícios “extras”, caso do auxílio-moradia dos magistrados.

    Procurada pela FOLHA, a Sefa informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o secretário Mauro Ricardo Costa só iria se pronunciar sobre a situação financeira do Estado hoje, durante a prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2014, na AL.

    Andréa Bertoldi e Mariana Franco Ramos
    Reportagem Local

    A MENTIRA TEM PERNA CURTA, VEJA A REPORTAGEM REAL DO ESTADÃO.

  16. Beto Lixo impeachment! Näo necessita mais justificar, pois já caiu a máscara, já está escancarado toda sacanagem e a incompetência

  17. Ficou claro que ninguém esta contente com Beto Richa.
    Apoio aqui os professores em sua incansável marcha por mais respeito e melhores salários.

  18. Muita coragem, coragem que não faltou até agora…o governo falido do tucano Richa, vai começar um ataque sem precedentes contra os educadores…não ha justiça que faça o professor dar aulas…os estudantes vão ficar sozinhos na classe …unidos e organizados a força aumenta ainda mais…A GREVE CONTINUA…FORÇA APP…PELOS EDUCADORES…ABAIXO O GOVERNO RICHA.

  19. Confirmado o motivo do governo aprovar 4 mil de auxilio moradia para os desembargadores votarem a favor do governo!

  20. O JUDICIÁRIO PARANAENSE SÓ VOTA FAVOR DO POVO DELES, QUANDO É FAVOR DOS TRABALHADORES O JUDICIÁRIO DEFENDE SEMPRE OS GOVERNOS DE PLANTÃO E ASSIM GARANTEM SUAS BENESSES – UMA VERGONHA

  21. Esse psdb não vale aquilo que o gato enterra, como falou o Paulo Bispo, acabou com agua de SP enterrou o estado de minas e no Paraná não é diferente, primeiro eles compram a imprensa(alguns), depois o judiciário nem todos e o TCE e a ALEP comem na mão deles aí fica fácil. tem certeza da impunidade, o beto .ixa já quebrou o Paraná, no último ano faz um marketing com nosso dinheiro e se elege senador e aí fica lá 60 anos como o alvaro imprestável mas sempre na mídia.

  22. O RICHA SÓ SERVE MESMO PRA ENCHER ESTÁDIO DE FUTEBOL, QUE VÁ VENDER INGRESSO PRA SEGUNDONA E CAIA FORA DA POLÍTICA.

  23. a rpc esconde os 8 bilhoes da previdencia que o beto richa quer colocar as mãos.

  24. vamos falar para a rpc dos 8 bilhões do parana previdencia que o beto richa quer colocar a mão e o beto a rpc querem esconder

  25. Se não levar várias faixas com letras enormes falando dos 8 Bi da previdencia, e não falar nada dos 8 bi da previdencia quando os jornalistas da rpc entrevistarem,o paraná não fica sabendo a verdade que o beto richa quer esconder. O beto richa não quer que mostre e nem comente nada sobre o “assalto” aos 8 bilhoes

  26. Segundo a mídia golpista todos teremos de voltar a trabalhar a partir de amanha. O seu desgovernador aparentemente conseguiu uma liminar! será verdade?

  27. Este pessoal do psdb.Fernando henrique cardoso o maior entreguista da naçao,Aecio neves o playboy de ipanema,Geraldo Alkimim o picole de chuchu e tambem o H sem agua,mais o pia de apartamento aqui do parana o tal Beto richa deveriam e ser expulsos do Pais pois eles trabalham para os americanos;pois juntos com a Imprensa golpista ;sao todos agentes da Cia disfarçados de Brasileiros,pois tudo oque e do povo eles vendem e entregam a preço de banana aos amerianos.a Imprensa da cobertura e os tucanos de bico grande fazem oque querem e ninguem fala mal. e ainda to chegando a conclusao que tem um juiz da tal operaço lava jato com mais alguns amiguinhos que trabalham ali no santa candida que estao presisando de uma passagem so de ida ,pode ser la para a INDONESIA? OQUE ACHAM?

    • Com uma greve desta dimensão, os tucanos já estão inquietos em seu ninho e logo começa a revoada de tucanos soltando pena p/ todos os lados.

  28. …PSDB,DEM E PPS,SÃO INTOCÁVEIS…OS “CAPOS”DA TOGA(SEMPRE ELES…)ESTÃO HÁ POSTOS PARA “MATAR”NO PEITO…QUEM TEM JUÍZO SABE,O JUDICIÁRIO(?)DO PARANÁ E/OU BRASIL,NÃO VALE,O QUE O GATO ENTERRA,ACORDA PARANÁ,ACORDA BRASIL!!!

  29. O rombo paranaense não se explica pela falta de dinheiro, apesar de o governo estadual reclamar do “descaso” de Brasília. Durante os quatro anos de seu primeiro mandato, Richa viu as receitas correntes crescerem quase 60%, de 24,2 bilhões para 38,6 bilhões de reais. Mesmo com o aumento da arrecadação, o estado passou longe de equilibrar as contas e encerrou o ano passado com um déficit de 4,6 bilhões. Não entendo aumenta a receita e não consegue equilibrar contas.O funcionalismo público em peso está descontente com o gestor paranaense,sujeito dissimulado, deixou de nos apresentar confiança, não sabe trabalhar, administrar. Um estado rico como o Paraná um bom gestor tira de letra.

  30. se é em defesa da petrobrás e da democracia, então também é fora Dilma, não é?

    • Se você morasse aqui em São Paulo e ficasse 11 horas sem água todos os dias, graças a total incompetência do Governador Geraldo Alckmin do PSDB, tenho certeza de que não escreveria o que escreveu. O pior de tudo é que a TV Record, a TV Globo e o UOL pagam R$ 6,00 por 1.000 litros de água consumida, dados bondosamente pela SABESP, empresa gerida pelo Governador Alckmin.

      Venha morar em São Paulo, meu amigo. Em vários bairros da cidade podemos ver casas com a placa de VENDE-SE por causa falta de água. Tá todo o mundo indo para cidades que não tem problema de falta de água. E aqui os paulistas adoram ser estuprados pelo PSDB.

      • Se seu problema for só beber água e tomar um banho banho, venha para o nosso Estado brigar pelo terço de férias que os servidores públicos ainda não receberam e poderá comprar uma casa próximo ao Tietê.

      • Os problemas com a energia elétrica, segundo ouvi a Dilma explicar dia desses, são resultado “da maior seca dos últimos 100 anos”. Já a falta de água em São Paulo, é só culpa do Alckmin…

        • Leo, essa crise hídrica já era prevista desde 1994. Enquanto o governo federal investiu na construção de usinas térmicas e energia eólica, o governo do Estado de São Paulo nada fez para aumentar a capacidade de armazenamento com novos reservatórios, como sugerido pelos especialistas no assunto. Preferiu, é claro, privatizar a Sabesp e enviar o dinheiro que seria investido nessas obras para os americanos da Bolsa de de New York. A propósito você sofreu ou ouviu falar de algum apagão nesse período. Informar-se antes de comentar é sempre indicado.

    • Filho, eu lamento por ti, vivendo com essa sua ideologia cega, embassada pelas opiniões da oposição golpista.
      Você não deve morar no Paraná, São Paulo, e Minas Gerais,pois se sim, conheceria o oposição de verdade, e veria que ao dizer tais palavras, seria uma ofensa à futuro e democracia deste país (desligada TV, deixe de ler a Veja, verás que o PT “corrupto” que tanto odeia, fez mais por este país, do que o Império, FHC, e seus lacaios juntos. , País este que és o único que ainda lhe respeita. (Digo ainda, porque se a oposição assumir, seremos todos vendidos como escravos para grande tio Sam)

      • parabéns pela forma que vc simplificou e traduziu e o caos que eles estão pondo o nosso país.

      • AMOR CEGO
        Caríssimo que assina como “Amor”. Eu diria que vc é um amor cego. Fazer pelo País é obrigação do cargo para o qual foram eleitos. Isto não dá o direito de roubar. Vc e dakeles pai de familia que diz: “eu dou casa, comida, educação etc pra esposa e meus filhos. O que eu faço com o dinheiro que sobra, se gasto na zona, na jogatina, em cachaça ou dou pra amante é problema meu”. Assim é vc, Amor

      • Vamos ver se desta vez o povo não esquece de “o que é o PSDB

    • A Petrobrás sempre foi roubada e vc “grita” fora pra quem teve coragem de investigar. Tenha paciência.

    • José, meu patrão é o Beto Richa e o problema em questçao aqui é ests mesmo senhor! Cada coisa no seu quadrado, por favor…

    • Opinião de cada um… Porém não devemos confundir PT com PSDB. No momento estamos discutindo a situação do PARANÁ. Rsss.DARS..

    • Uma questão nada tem a ver com a outra, a defesa da Petrobrás passa pela manutenção do governo, pois essa oposição que não quer a Dilma, quer entregar a Petrobrás para os Americanos…

    • concordo com você só vão concordar com o governador quando ele disse que APP era palanque politico do PT
      por isso o Brasil está nesta situação espero que o Paraná esteja preparado.

  31. Quinze deputados já se comprometeram com a CPI, só faltam 3!

    • É hora de radicalizar a greve. Nada de recuar. Richa caloteiro e mentiroso mais uma vez quer acabar com a greve com a ajuda de seus amiguinhos da Justiça para quem ele paga auxílio-moradia. 90% dos paranaenses apoiam a greve de vocês professores, pois sabemos que é justa. Injusta está sendo a Justiça. Beto não vê a hora de botar a mão nos 8 bilhões da previdência dos funcionários públicos. Força APP! Força professores!

    • Quanta contradição! Acredita agora no comprometimento de apoio de deputados! Ou é muito ingênuo (o que duvido), ou é maldosamente tendencioso, daqueles que pregam a mídia inventou o mensalão e o petrolao.

      • O beto Richa se perdeu, perdeu o apoio e a confiança da população.Não tem mais condições de continuar.

        • Quando eu disse não tem condições de continuar, eu quis dizer que está muito difícil reverter a situação que ele criou. Mesmo contando com o apoio do lejislativo e do judiciário isso não anula os 80% de desaprovação do povo com relação a sua administração.

          • Nossa, voce ainda acredita naquela pesquisa manipulada do Datafolha de reprovação da Dilma feita com os manifestantes do 15 de Março!!!! hahahahaha é a mesma coisa que ir na torcida da Gaviões da Fiel e pergunta quem de lá gosta do Palmeiras!!!! tolinho!!!!!

        • Igualzinho a Dilma?

          • Igualzinho não a Dilma não mandou bater em ninguém a Dilma ainda tem mais de 50% de apoio e tem uma Moral que pelo menos não conseguiram achar…..

    • GENTE, FALEM COM SEUS DEPUTADOS. NA MINHA REGIÃO, SÓ TEM UM E O NOJENTO É 100% BETO RINCHA.DESDE O EPISÓDIO NA ALEP O BAGRÃO SUMIU, NUNCA FALOU COM NINGUÉM. TALVEZ NO PSC DO RATÃO…

    • é isso aí CPI neles já! Chega de churrascada com carne importada da Argentina para comemorar o auxílio moradia dos desembargadores. Troca de favores pode acabar em CPI.

  32. Se na política a primeira s morrer é a verdade. . Que essa verdade tire esse mentiroso do poder.

    • agora escreveu uma verdade
      quando escreviam que o final da greve era politica
      as pessoas eram mentirosas só comprova que todos estavam certo somente algumas professoras estavam erradas