Empresa ligada a primo “líder de quadrilha” doou R$ 100 mil para Beto Richa, diz Gazeta do Povo

richa_gazeta_abi.jpgO jornal Gazeta do Povo, edição desta segunda-feira (23), traz reportagem de Euclides Lucas Garcia que estabelece elo entre o governador Beto Richa (PSDB) e seu primo preso há uma semana, Luiz Abi Antoun, acusado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de liderar uma quadrilha dentro do governo do estado.

A reportagem mostra que a empresa ligada ao primo doou R$ 100 mil ao tucano na campanha pela reeleição em 2014.

Segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o dinheiro teria saído da Alumpar Alumínios — sediada em Londrina. A empresa, conforme registro na Junta Comercial do Paraná, pertence à GV Alumínios e à KLM Brasil. Esta última, com sede em Cambé, tem como sócios os dois filhos de Luiz Abi: Kouthar e Nemer Abi Antoun. De acordo com a certidão da KLM, Nemer é representado na sociedade pela mãe, Eloiza Fernandes Pinheiro Abi Antoun.

De acordo com a Gazeta, os documentos da Junta Comercial apontam ainda que o próprio Luiz Abi constava como sócio da empresa quando ela foi criada, em setembro de 1990. O empresário, porém, deixou a sociedade em maio de 2012.

Na eleição de 2008, à Prefeitura de Curitiba, Luiz Abi já havia doado R$ 2 mil ao primo Beto Richa. Portanto, a relação é bem mais antiga do que faz crer o governador do PSDB.

Luiz Abi Antoun é parente tão “distante” do governador tucano, que segundo os anais da Assembleia Legislativa do Paraná, foi nomeado para o gabinete de Richa em 1.º de fevereiro de 2001 – época em que Richa já era vice-prefeito de Cassio Taniguchi (DEM).

Abaixo, leia o organograma do esquema:

organograma_abi_richa

21 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to tell you that I am just beginner to blogging and site-building and actually enjoyed you’re page. Probably I’m going to bookmark your blog post . You certainly come with great posts. Kudos for sharing your web page.

  2. I just want to say I’m newbie to blogging and truly savored you’re web-site. More than likely I’m want to bookmark your website . You surely have wonderful stories. Thanks for revealing your website page.

  3. Pingback: CPIs para investigar endividamento e corrupção no governo Richa poderão ter 19 assinaturas, diz Nereu Moura | Esmael Morais

  4. cade o rossoni o pai da verdade sumiu

  5. CP . Urgente ! Humm tem porque não ter dinheiro para nada só malandro roubando o Paraná ! Quem tiver envolvido vai aparecer

  6. Se levar a fundo as investigações vai voar pena de Tucano gordo para todos os lados, mas cadê o paladino da moral e dos bons costumes o Senador Alvaro Dias não vai falar nada?

  7. Do jeito que a situação vai com certeza chega no avião, vamos aguardar, avião mesmo.

  8. Eu pensava que quem dava o dinheiro para o PSDB fazer campanhas era o Papa Francisco, os monges franciscanos e os monges tibetanos!

  9. E aí primo, como é que fica, vai falar a verdade ou vamos ter que fazer um campanha FORA BETO. Aliás quero ver a turma da Praça da Espanha nesta também.

  10. Ele continua negando a proximidade com o primo.
    Os jornais que “exaltam” Beto Richa já publicaram notícias sobre esse relacionamento.
    ” CAMPANHA INICIA COM
    ESPECULAÇÕES FUTURAS
    A campanha propriamente dita nem começou mas as especulações já tomam conta de determinados ambientes, com apostas que no particular já alimentam o ego de uns e outros cotados a integrar um futuro governo no Paraná.
    Por conta deste tipo de situação que acontece normalmente nos comitês e nas ruas, vários nomes já são tidos como certos para integrar o futuro governo de fulano ou sicrano, por conta de acertos para participação em campanha.

    Secretaria de Infraestrutura
    – Pepe Richa – ***
    – Douglas Fabricio – *
    – Luiz Eduardo Sebastiani – **
    Secretarias das Finanças
    – Fernando Guignone – ***
    – Luiz Carlos Hauli – *
    – Luiz Abi – **

    Notícia publicada 8 meses atrás.
    Disponível em: “

  11. Esse primo de 7º grau, que nem parente é do Governador vai continuar preso no Quartel dos Bombeiros? O MP não vai tomar nenhuma medida, para não parecer conivência com a quebra de isonomia com os demais presos?
    A mulher de Cesar também deve manter as aparências!!

  12. É primo, ou não é primo? É primo, ou é “brimo”?
    Alguém sabe da árvore genealógica ou
    “ginecológica” de cada um deles?
    Afinal, apesar de parecerem filhos de chocadeira,
    eles não o são, então não deve ser muito difícil
    pesquisar e esclarecer isso.
    Se bem que para o Beto consanguinidade não faz
    diferença, pois o seu “modelo” de ética É o do seu
    pai “político-adotivo” Jaime Lerner, e NÃO o do
    bom José Richa, seu pai biológico.

  13. Concordo que há corrupção no Governo Dilma/Lula e que as manifestações foram necessárias,porém uma coisa não posso aceitar que é ver os aliados do Beto Richa protestarem contra o PT,pois a roubalheira e incompetência do PSDB-PR é tão igual ao PT,falam que tem roubalheira na Petrobras,BNDES e etc….,mas e as nossas estatais (Copel,Sanepar,Cohapar) como será que estão?

  14. O fato é qu3 a doação de empresas para campanha não dá mais. E, caso não seja proibida, a doação de pessoas físicas deve ser limitada, assim como o gasto de campanha. Aproveitando o espaço, a ALEP não vai abrir o cassção do Lord Justus? Faz rápido porque não tem volta, basta lembrar do caso Derosso. Fora Lord.

  15. o líder da quadrilha deve ser outro com poder sobre a sabugada.

  16. O MP deveria chamar o cunhado do governador para esclarecer porque referiu-se ao Abi como governador de fato.

  17. CONSIDERANDO ÁS RAMIFICAÇÕES E EXTENSÕES DOS FATOS ENVOLVENDO ESTE CASO CABULOSO E RUMOROSO DE CORRUPÇÃO, CUJA REPERCUSSÃO NEGATIVA QUE A CADA DIA AUMENTA DIANTE DA OPINIÃO PÚBLICA, SERIA DE BOM ALVITRE COM BASE NO RESTO DE DIGNIDADE QUE AINDA LHE RESTA QUE BETO RICHA RENUNCIASSE AO CARGO DE GOVERNADOR!

    Esmael e demais vamos começar do básico elementar que todos sabem, ou seja, o Governador é o chefe de estado e de governo do poder executivo em nível estadual. É eleito pelo povo, por meio de eleições diretas, que ocorrem de quatro em quatro anos, sendo que podem ser reeleitos para um único mandato subseqüente. A Constituição Federal (1988) é a principal legislação que decorre sobre o cargo de Governador. O Governador nomeia seus secretários, que lhe dão auxilio para a administração das inúmeras secretarias, tais como: de saúde, de educação, de segurança, de cultura, da Fazenda, agricultura, do abastecimento, da Previdência, do transporte, entre outras. Cabe a ele, também, nomear o Comandante-Geral da Polícia Militar e o Chefe da Policia Civil, sendo que estes respondem a autoridade do Governador. O governador participa ainda do processo legislativo, por meio de decretos expedidos e leis que edita. Em suma, os governadores têm atribuições semelhantes as do Presidente da República, só que na esfera estadual. O Governador, representando os interesses do seu estado, pode ter convênios com a União, com outros estados e municípios e com outros órgãos. Os principais órgãos responsáveis por fiscalizar as ações do Governador, no exercício de seu cargo de chefe do poder executivo estadual são: as assembléias legislativas, o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público.
    ISTO POSTO, ANALISEMOS RESUMIDAMENTE O QUE É A RENÚNCIA DE UM GOVERNANTE:
    Renúncia é a desistência de ser titular de um direito. O direito de queixa não pode ser exercido quando renunciado expressa ou tacitamente. Implica assim extinção da punibilidade. Assim, se o ofendido (qualquer um do povo e suas autoridades) declarar expressamente que não pretende representar, renunciando assim a esse direito, deverá o juiz (ALEP ou TJPR) declarar extinta a punibilidade pela renúncia.
    Renúncia é também o ato de descomprometimento formal de um cargo público. É a desistência do exercício de determinada função, tendo antes que passar pela aceitação da respectiva casa legislativa. No Brasil, os casos mais conhecidos de renúncia foram o de Getúlio Vargas, em 29 de outubro de 1945, quando tropas do Exército cercam o Catete e o obrigaram a renunciar! E o de Jânio Quadros da UDN (União Democrática Nacional), em 25 de agosto de 1961, após ter assumido como Presidente do país, no mesmo ano. É mais comum haver renúncia em cargos Legislativos. Quando ocorre em cargos Executivos, como nos exemplos acima, o processo é mais delicado, ainda mais em países presidencialistas, em que o Presidente ou Governador é tanto chefe de estado como de governo.

  18. Quando trabalhava na Assembléia deveria estar junto no gabinete com a sogra do Ezequias Moreira.

  19. Tudo isso e’ gozacao dessa quadrilha.
    Por isso o governador abandonou e continua ignorando todos que voluntariamente foram para campanha em memoria ao saudoso Jose Richa. Esse discurso de dialogo, gabinete aberto, etc… Tudo conversa fiada. Ninguem passa do balcao do terceiro andar.
    Todos que trabalharam nas campanhas do beto sabem que abi e’ o financeiro e captador de campanha, tinha escritorio e deposito de veiculos as margens da rod celso garcia cid em cambe.