Deputado estuda “Disk Brimo” para estimular criação da CPI da Corrupção no governo Beto Richa

requiao_corrupcao_richa.jpgO deputado estadual Requião Filho (PMDB), autor do requerimento para instalar a CPI da Corrupção na Assembleia, estuda criar um serviço visando receber denúncias sobre o envolvimento do lobista Luiz Abi Antoun em esquemas de desvios de recursos públicos.

A ideia estudada pelo vice-líder peemedebista consiste em estabelecer um número telefônico gratuito — o “Disk Luiz Abi” ou ” Disk Brimo” — para colher subsídios de possíveis vítimas e servidores públicos.

O objetivo também seria levantar novos elementos para sustentar a criação da comissão de investigação.

Luiz Abi está preso pelo Gaeco desde segunda-feira (16) sob a acusação de fraude em licitação de R$ 1,5 milhão. Suspeita-se que ele também tenha relação com desvios de até R$ 500 milhões na Receita Estadual (clique aqui).

O lobista é homem forte, primo e conselheiro político de Beto Richa (PSDB). Ele não tem cargo formal no governo, mas indicou vários correligionários em postos estratégicos da administração pública estadual.

Nesta quarta-feira (18), em Londrina, onde estão presos, o primo do governador e outras 4 pessoas prestaram depoimento ao Gaeco. Segundo informações preliminares, novas prisões deverão ocorrer nas próximas horas.

O Blog do Esmael registrou ontem (17) que os promotores do Gaeco possuem várias horas de gravação de conversas telefônicas de Luiz Abi. Tudo com autorização judicial. Na Assembleia Legislativa, deputados governistas avaliam que “a casa caiu”.

Comentários encerrados.