Por Esmael Morais

Associação Comercial do Paraná paga anúncio golpista na Gazeta do Povo

Publicado em 10/03/2015

espolador_acp_gazeta.jpgO empresário Antônio Miguel Espolador Neto, presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), nesta terça-feira (10), assina um anúncio pago no jornal Gazeta do Povo insinuando golpe contra a presidenta Dilma Rousseff (PT).

No informe publicitário, a ACP se diz “apartidária” e pede união de trabalhadores e empresários na busca de “soluções à  luz da Constituição”. (Quais soluções são essas, cara-pálida? Impeachment?).

A ACP empresta apoio à s investigações dos órgãos federais que, segundo a associação paranaense, investiga “o maior esquema de desvio de dinheiro público da nossa história”. Até as capivaras do Parque Barigui, em Curitiba, também o são.

Talvez Espolador Neto nunca tenha ouvido do “Caso Banestado” ou do recente “Caso HSBC” (SwissLeaks-HSBC).

O ex-deputado Neivo Beraldin, que presidiu a CPI do Banestado na Assembleia, se dispõe a falar na ACP sobre a evasão de US$ 84 bilhões via as contas CC5 do extinto Banco do Estado do Paraná.

O anúncio publicitário confuso da ACP, publicado hoje, segue o mesmo padrão de outros anteriores. Em junho de 2012, a mesma entidade pagou na mesma Gazeta um alerta à  sociedade brasileira! quando a economia estava “bombando”.

Em novembro passado, a ACP também foi à  Justiça contra o feriado da “Consciência Negra” alegando prejuízo de R$ 200 milhões ao comércio da capital paranaense. Estima-se que a população afrodescendente curitibana é de 23,4%. Quase um quarto.