Servidores da Universidade Estadual de Londrina decidem por greve a partir de terça-feira

via O Diário

uel.jpgOs servidores técnico-administrativo da Universidade Estadual de Londrina (UEL) definiram em assembleia, realizada na manhã desta sexta-feira (6), por iniciar uma greve geral por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (10). à€ tarde a Assuel Sindicato realiza uma nova assembleia, desta vez com os servidores do Hospital Universitário (HU), para definir pelos rumos da paralisação.

O presidente da Assuel Sindicato, Marcelo Seabra, disse que o encaminhamento pela greve foi tomada por unanimidade pelos servidores diante dos cortes anunciados recentemente pelo governador Beto Richa (PSDB), que vão afetar diretamente o funcionalismo público estadual.

“Vamos unificar com outras universidades e outras categorias, iniciando uma greve geral em todo o Paraná”, afirmou à  reportagem de odiario.com.

Antes de iniciar a greve por tempo indeterminado, os servidores realizarão um protesto a partir das 8h desta segunda-feira (9) no campus universitário, indo em seguida para o Hospital Universitário.

Seabra disse que o funcionalismo estadual está preocupado com o que considera “calote” por parte do governo do Estado no pagamento do terço de férias, que está atrasado, além do pacote anunciado por Richa, prevendo cortes nas gratificações de servidores e mudanças na previdência estadual.

No Estado, a paralisação está sendo articulado pelo Fórum dos Servidores, buscando paralisar todos os setores do governo, não apenas o educacional. Os sindicatos estão se mobilizando e preparando uma greve geral!, destacou.

Na Universidade Estadual de Maringá (UEM), os servidores técnico-administrativos também, durante assembleia, aprovaram por unanimidade uma paralisação na terça-feira. E que na quarta-feira (11), uma nova assembleia da categoria seria realizada para deflagrar a greve.

Os professores da rede estadual de Educação também estão se mobilizando por uma paralisação no Estado. Na terça-feira (28) houve manifestações em todo o Paraná e, neste sábado (7), haverá uma assembleia que deve definir se a categoria adere ou não a uma paralisação estadual.

Entre as medidas que prejudicam diretamente a categoria, na avaliação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná, estão o cancelamento do processo de eleição dos diretores e diretoras das escolas, demissão e atraso de pagamento de professores temporários, o não pagamento de 1/3 das férias e a promessa de corte de 30% dos trabalhadores.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. requiao e homem nao muleque mimado

  2. Acredito que nao e o momento de discutir, quem votou e quem deixou de votar. O que esta feito, esta feito. E hora de unirmos forcas para lutar de modo que as coisas nao piorem. Afinal quem nunca errou? Mas se arrependimento matasse.O PSDB iria porder uma boa parte de seus admiradores. Que saudade do Requiao, bruto, estupido, mas sempre respeitou os paranaenses, principalmente os professores.

  3. Este governador de me… quer acabar com o Paraná!

  4. O Povo do Paraná esta muito insatisfeito com este Governo que esta Greve deveria ser total e marcante para ficar na história como o Dia Em Que o Paraná Parou pela incompetência de seu governador.

    • Povo Paranaense, vamos lutar juntos para “salvar” o nosso Estado que tanto amamos e temos orgulho, nesse momento o Paraná está totalmente falido por conta da má administração desse homem BETO RICHA o qual deveria sentir vergonha do que está fazendo, principalmente na área da educação, será que ele está hoje onde está por passe de mágica, quem sabe ele que nunca frequentou a escola, se auto alfabetizou. Beto Richa você quem é graças a todos os seus professores, nunca esqueça disso. Beto Richa você está sendo ODIADO, pelo sofrimento, pela angústia e dor que todos nós professores e familiares estamos sentindo. POR FAVOR REFLITA SOBRE O MAL QUE ESTÁ NOS CAUSANDO, O SUE PAI FICOU NA HISTÓRIA DO ESTADO COMO EXCELENTE GOVERNADOR NA ÁREA DA EDUCAÇÃO, ELE DEVE ESTAR SENTINDO VERGONHA DO POLÍTICO QUE VOCÊ SE TORNOU, CRUEL…

  5. Vamos parar Paraná…e tirar o governador pelos cabelos de dentro do palácio…vamos tomar o que é nosso