Para atravessar o Rubicão!, Beto Richa precisará demitir os secretários alienígenas! da Fazenda e Educação

Greve dos funcionários públicos do Paraná, puxada pela educação, é uma reação ao

Greve dos funcionários públicos do Paraná, puxada pela educação, é uma reação ao “pacote de maldades” do governo tucano, que confisca a previdência e retira direitos. Os secretários alienígenas! Mauro Ricardo (Fazenda) e Fernando Xavier (Educação) podem dançar! nas próximas horas, caso Beto Richa queira arrefecer movimento nascente pelo impeachment. Enquanto isso, no Centro Cívico, a batata! do governador vai assando e o pau de selfie faz sucesso com a van do Bloco do Camburão!.

O governador Beto Richa (PSDB) vive a pior crise de sua história política cujo desfecho, ainda em curso, selará o destino do segundo mandado no Palácio Iguaçu. Em apenas uma semana, perdeu musculatura que imaginava nunca lhe faltar !“ mesmo com o pacote de maldades e confisco de R$ 8 bilhões da previdência dos funcionários públicos.

Nas próximas horas, o tucano terá de debelar uma greve puxada por educadores que promete se alastrar ainda mais entre as demais categorias dos serviços públicos. O isolamento do governador, traduzido em marchinhas de carnaval, restou evidente em todo o Paraná.

Se quiser atravessar o Rubicão!, Beto Richa terá de oferecer aos grevistas a cabeça do secretário alienígena! da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, que teria convencido o governador a impor o pacote de maldades! contra servidores públicos. O dito cujo é muitíssimo manjado pelos soteropolitanos e paulistas. Os paranaenses querem expulsá-lo daqui porque o associam a uma espécie de neocolonialismo! econômico.

O próprio líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), em carta, no domingo (15), definiu bem o papel de destaque do secretário da Fazenda no governo Richa:

Com a minha mãe aprendi que no mundo existem três tipos de pessoas: os que pensam por si próprios, os que só pensam pela cabeça dos outros e há ainda uma terceira categoria !“ a pior de todas !“ que nem pensam por si próprios e nem conseguem entender o que é dito pelos que pensam por eles!, desabafou o líder governista.

Também está na marca do pênalti o secretário Fernando Xavier, da Educação, preposto do Grupo Positivo, homem da privataria tucano na gestão Fernando Henrique Cardoso. Foi ele quem operou a liquidação do sistema Telebrás, crime lesa-pátria cometido nos anos 90.

No entanto, a travessia do Rubicão! não será coisa fácil para o governador tucano que literalmente vê sua batata sendo assada em praça pública. Neste sábado, dia 21, simultaneamente, haverá protestos pelo impeachment nas cidades de Curitiba, Paranaguá e Cascavel.

Talvez o governador do PSDB resista em demitir os secretários importados, pois, segundo os bastidores do Centro Cívico, Xavier e principalmente Mauro Ricardo seriam imposição de financiadores de campanha. O compromisso tem que ser cumprido!, diz uma fonte palaciana, que aponta o avanço do banco BTG Pactual em vários negócios paranaenses.

Portanto, Richa, uma dica: tire esses dois daí, já. Mostre o cartão vermelho para os alienígenas! Mauro Ricardo e Fernando Xavier! Isto é, caso queira terminar o mandato…

Comentários encerrados.