Francischini Filho sobre o PT: “Bando de vagabundo, filhos da puta”; assista

Francischini_versus_PT.jpgPelo WhatsApp, rede social preferida da direita desde as eleições passada, o deputado federal licenciado Fernando Francischini (SD), secretário de Segurança Pública no governo Beto Richa (PSDB), do Paraná, apresenta a demanda do filho, deputado estadual pelo partido que preside: “Felipe Francischini responde à  montagem de vídeo feita pela “vagabundagem do PT” infiltrada na Assembleia. Requião NàƒO tem razão!”, atirou.

Assista vídeo 1 (13/02/2015):

O vídeo que ‘papai’ e ‘filhinho’ Francischini se referem trata-se de uma gravação ocorrida na terça-feira, dia 10, durante a ocupação da Assembleia pelos professores e funcionários públicos em greve.

“Aposta quanto que são petistas filhas da puta?”, ataca o Francischini Filho, que ainda classificou os manifestantes de “um bando de burros”.

Assista vídeo 2 (10/02/2015):

Francischini pai acusa o time do senador Roberto Requião (PMDB) de gravar a conversa do filho no plenário da Assembleia, no exato momento em que houve a ocupação contra a votação do pacote de maldades do governador tucano.

O presidente do PT no Paraná, deputado federal Enio Verri, adiantou que o partido irá tomar todas as medidas judiciais cabíveis contra o deputado estadual Felipe Francischini.

Em entrevista ao Blog do Esmael, neste sábado (14), Francischini, o secretário, reafirmou que chamou os petistas de “vagabundagem” no WhatsApp. “Eu não criei meu filho para afrouxar para petista”, disse. Por que o PT não processa a turma do Petrolão!, devolveu a Enio.

Comments are closed.