Coluna do Ricardo Mac Donald: “2014 !“ o ano que não acabou”

traiano_mac_donald.jpgRicardo Mac Donald*

Passadas as eleições gerais e anunciados os vencedores, percebemos que, desta vez, as coisas não seguiram seu curso normal. Isto é, reconhecer e respeitar os resultados, aguardar a composição do novo governo e esperar os resultados de suas primeiras ações, para daí então tomar partido e emitir opiniões.

Esse período de expectativa e crédito inicial foi rapidamente queimado na crise que se anuncia para este ano, com cortes orçamentários e alta generalizada dos preços administrados e dos impostos.

Reflexo desse quadro, é que a oposição começou pisando fundo no acelerador e a base política do Governo foi se desmilinguindo. Basta ver as eleições da mesa da Câmara dos Deputados e do Senado, em que o governo central foi derrotado e a partir de agora viverá sob pressão constante.

Em Curitiba e no Paraná, ao menos neste início, a situação política difere do cenário nacional.

Na Câmara de Vereadores, tivemos um dia digno de página policial quando uma minoria, saudosa dos métodos do ex vereador Derosso, tentou tomar a mesa, usando o que aprenderam no passado. Esqueceram que Curitiba mudou e não aceita a volta de um quadro de descalabro. Colheram o que plantaram sendo alijados de todos os cargos da mesa.

Na Assembléia Legislativa, ficou demonstrado que o Governador tem confortável maioria, lamentável apenas que a escolha do Presidente tenha recaído no Deputado que teve rejeitadas suas contas pelo Tribunal Regional Eleitoral, como transcrevemos:

ACà“RDàƒO N.!º 49218

Prestação de Contas n.!º 2514-82.2014.6.16.0000
Ademar Luiz Traiano (PSDB)

EMENTA: ELEIà‡à•ES 2014 !“ PRESTAà‡àƒO DE CONTAS !“ DEPUTADO ESTADUAL !“ LEI N.!º 9.504/1997 E RESOLUà‡àƒO TSE N.!º 23.406 !“ REALIZAà‡àƒO DE DESPESAS COM RECURSOS QUE NàƒO TRANSITARAM PELA CONTA BANCàRIA ESPECàFICA DE CAMPANHA !“ REALIZAà‡àƒO DE DESPESAS COM APRESENTAà‡àƒO DE RECIBOS DE DOAà‡àƒO ESTIMàVEIS EM DINHEIRO PELO PRà“PRIO CANDIDATO !“ AUSàŠNCIA DE CONSTITUIà‡àƒO DE FUNDO DE CAIXA !“ CONTABILIZAà‡àƒO, A DESTEMPO, DE MOVIMENTAà‡à•ES REALIZADAS ANTES DA APRESENTAà‡àƒO DAS PARCIAIS DE CONTAS. CONTAS QUE NàƒO CORRESPONDEM A REALIZAà‡àƒO EFETIVA DE GASTOS !“ VIOLAà‡àƒO DA FIDEDIGNIDADE DAS CONTAS !“ CONJUNTO DE IRREGULARIDADES QUE AFASTAM A APLICAà‡àƒO DO PRINCàPIO DA INSIGNIFICà‚NCIA !“ CONTAS DESAPROVADAS.

Não duvido que um de seus primeiros atos seja estabelecer a aposentadoria para deputados.

*Ricardo Mac Donald Ghisi é advogado, secretário Municipal de Governo de Curitiba. Escreve à s sextas no Blog do Esmael.

Comentários encerrados.