Coluna do Enio Verri: O Paraná está fervilhando em protestos contra o governador Beto Richa!

enio.jpgEnio Verri*

O Estado vive dias de greve geral. Professores da rede pública estão parados e quase 1 milhão de alunos começaram 2015 sem aulas. Além dos educadores, estão em greve os agentes penitenciários, servidores da saúde, trabalhadores do Detran, bombeiros e funcionários das universidades estaduais. Beto Richa (PSDB) quebrou o Paraná, a quinta economia do País.

Recentemente, a Secretaria da Fazenda anunciou o corte de 100% da verba de custeio das universidades estaduais para 2015. O dinheiro é utilizado para manutenção, limpeza, vigilância, água, luz, internet e compra de insumos básicos das instituições.

Em Londrina, a UEL deixará de receber R$ 34 milhões. A reitora Berenice Jordão reagiu: a possibilidade de fechamento da instituição é real. Em Maringá, a UEM deixará de receber R$ 23 milhões.

A situação se repete em Guarapuava, na Unicentro. Sem este recurso a universidade não tem condições de funcionar. Com o corte do custeio das universidades em 100%, há o risco das universidades terem que fechar as portas!, disse o reitor Aldo Bona.

O Paraná é um dos poucos estados, junto com São Paulo e Rio de Janeiro, a contar com uma ampla rede estadual de universidades. A qualidade do ensino e relevância das pesquisas realizadas nas universidades são razões de orgulho para todos os paranaenses. As instituições também cumprem papel essencial no desenvolvimento regional.

Juntas, as sete universidades estaduais possuem mais de 75 mil estudantes, 7 mil docentes e mais de 8 mil agentes universitários.

A interrupção nos repasses de custeio pelo governo do PSDB representa um golpe fatal ao funcionamento das universidades. Não existe sobrevivência sem a manutenção dos repasses.

A comunidade acadêmica já começou a se mobilizar mobilizar contra a decisão que pode provocar a morte das universidades. Uma petição online está segundo promovida pelo site Avaaz. Clique aqui para assinar.

*Enio Verri é deputado federal, presidente do PT do Paraná e professor licenciado do departamento de Economia da Universidade Estadual do Paraná. Escreve nas terças sobre poder e socialismo.

Comentários encerrados.