APP desmente líder do governo Richa: “A greve continua!”

hermes_educadora_romanelli.jpgA direção e o comando de greve da APP-Sindicato, depois da terceira rodada de negociações com o Palácio Iguaçu, pelas redes sociais, desmentiu o líder do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB). Segundo a entidade, “a greve e a luta continuam!”.

Romanelli (PMDB), em discurso de 15 minutos, no início da sessão na Assembleia, havia antecipado acordo! entre Richa e a APP-Sindicato que teria colocado fim à  greve da categoria que já dura há 17 dias (clique aqui).

Segundo o deputado Professor Lemos (PT), a categoria se reunirá ainda hoje para decidir se as propostas do governo são suficientes para encerrar a greve.

A seguir, leia a íntegra da informação no Facebook da APP:

Terceira rodada de negociações terminada. A greve continua!
Mobilização, organização e unidade da categoria fazem a pauta avançar. Vamos debater amplamente e coletivamente as propostas apresentadas.

Há 17 dias, permanecemos firmes na luta e já obrigamos o governo a recuar no seu projeto de destruir nossas carreiras, fizemos com que ele assuma o compromisso de debater amplamente com todos(as) os(as) servidores(as) qualquer possível alteração na previdência.

A greve e a luta continuam!

Comentários encerrados.