“A nossa greve continua”, informa presidente da APP-Sindicato

hermes_app.jpgO presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão, nesta noite, anunciou depois de seis horas de reunião com o governo Beto Richa (PSDB) que a greve na educação continua no Paraná.

“A nossa greve continua porque há impasses importantes. A nossa pauta é de resistência e não perda de direitos”, disse Leão, ao informar que uma nova rodada de negociações com o Palácio Iguaçu acontecerá na segunda-feira, dia 23.

Na prática, houve pouco avanço do encontro entre grevistas e palacianos. Mas vale ressaltar que o governo sinalizou com a efetivação de mil pedagogos que ficaram de fora do decreto de nomeação e novo porte de escola com base nos critérios de dezembro de 2014.

Segundo a APP, o impasse continua diante do quadro de desmonte da educação no Paraná. “O secretário Fernando Xavier é estranho à  educação pública”, percebeu Marlei Fernandes, diretora da entidade.

Neste sábado, dia 21, a APP-Sindicato realiza reunião do Conselho Estadual para analisar o movimento paredista. A tendência é que a greve avance para o mês de março, pois, de acordo com os educadores, as escolas não têm condições mínimas de serem abertas!.

“O governo pretende reapresentar o projeto de Previdência no próximo dia 2 de março”, revelou Rodrigo Tomazini, do comando de greve. “O governo não desistiu do pacotaço”, apontou. Ou seja, Richa ainda quer confiscar os R$ 8 bilhões da poupança previdenciária dos servidores.

As posições consensualizadas ontem foram reafirmadas na rodada de hoje. A comissão governista garantiu que as rescisões dos PSSs serão pagas no próximo dia 24 de fevereiro; parcelar o terço de férias em duas parcelas.

Não houve avanço em relação ao pagamento de quatro parcelas em atraso do Fundo Rotativo para o funcionamento das escolas.

APP divulga pontos que criam impasse

Na próxima segunda-feira(23), uma nova rodada de negociações acontece para avançar nos seguintes itens:

Licença Especial !“ Exigimos a revogação da normativa que suspendeu as licenças para 2015.

PDE !“ Garantia de realização do PDE como já programado, para após agosto de 2015. Ontem, o secretário anunciou a suspensão do PDE para todo o ano.

Nomeação de 463 concursados !“ Este é o número de concursados que ficou fora do anuncio realizado pelo governador no início do ano. Solicitamos um novo decreto que contemple estes(as) profissionais.

Ordem de serviço !“ Solicitamos a liberação de ordens de serviço, principalmente aos novos concursados.

Licença para mestrado e doutorado !“ Solicitamos a liberação destas licenças que também estão suspensas temporariamente.

Distribuição de aulas para o PSS !“ Hoje há um descumprimento da instrução que regula a distribuição de aulas a professores(as) temporáris que estão sendo obrigados(as) a pegar 26 aulas para efetivação do contrato. Exigimos que a estes(as) professores(as) possam atribuir menos aulas.

Nova distribuição de aulas !“ Para a reorganização da escola com novos concursados, mais PSS contratados e reabertura de turmas, será necessária uma nova distribuição de aulas.

Liberação programas ainda pendentes !“ Ficam pendentes programas como Mais Educação e Hora Treinamento e solicitamos também a reabertura destes programas.

Pagamento de atrasados !“ A comissão realizou um amplo debate sobre o pagamento de benefícios em atraso como progressões e promoções em atraso. O governo alega a falta de dinheiro para efetivar estes pagamentos imediatamente e se negou a estabelecer qualquer prazo para pagamento.

Impasses para avançar, segundo a APP

Suspensão da Licença Prêmio e do Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE) 2015

Nomeação de concursados- secretário se comprometeu a nomear todos os que foram excluídos do decreto de nomeação do concurso

Agentes II – mantido mesmo número de 2014

Agentes I – recontratação de 9800 pessoas já confirmada ontem

Reabertura de turmas – Seed enviará circular orientando direções sobre procedimentos para reabertura de turmas que não haviam sido autorizadas

Porte de escolas – Seed afirmou que já rodou novo porte na última quinta considerando o porte de dezembro de 2014 e serão consideradas as mesmas regras.

Programas e projetos – reabertura das salas de apoio, Sareh foi autorizado suprimentos ontem,

Fundo Rotativo – Seed informou que será aberto cota adicional para repasse dos valores que não foram realizados no final do ano passado

Atrasados – PSS será depositado o valor referente à  rescisão na próxima terça. 1/3 de férias APP solicitou pagamento em parcela única e o pagamento de progressões e promoções em atraso. Secretário Sciarra argumentou que não há caixa para este pagamento em parcela única.

Comentários encerrados.