100 mil vão hoje à s ruas do Paraná contra ‘pacote de maldades’ de Richa

Irresponsavelmente, o governador Beto Richa pretende empurrar outra vez os deputados governistas !“ da Bancada do Camburão !“ para o cadafalso na próxima segunda-feira, dia 23. O tucano desconsidera a correlação de forças das ruas, a exemplo de hoje, quando mais de 100 mil irão protestar contra o

Irresponsavelmente, o governador Beto Richa pretende empurrar outra vez os deputados governistas !“ da Bancada do Camburão !“ para o cadafalso na próxima segunda-feira, dia 23. O tucano desconsidera a correlação de forças das ruas, a exemplo de hoje, quando mais de 100 mil irão protestar contra o “pacote de maldades” que agora será fatiado na Assembleia. O Blog do Esmael transmite a manifestação de educadores e servidores públicos ao vivo, a partir das 10 horas, direto do Palácio Iguaçu, em Curitiba.

O governador Beto Richa (PSDB) decidiu reenviar à  Assembleia Legislativa do Paraná, na segunda-feira, dia 23, o ‘pacote de maldades’ contra os 200 mil servidores públicos. Trata-se dos mesmos projetos polêmicos retirados de pauta na semana passada, depois que grevistas tomaram o parlamento e quase lincharam os deputados estaduais.

Segundo o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra (PSD), as maldades serão fatiadas, aos pouquinhos, e encaminhadas à s comissões da Assembleia. à‰ uma espécie de chantagem do Palácio Iguaçu que diz mais ou menos isso: “Deixem passar o pacote de maldades que eu pago rescisões, progressões, avanços e mexo devagar nos direitos como quinquênios, etc.”.

O governo tucano brinca com fogo ao fazer vistas grossas à  correlação de forças na sociedade. Além disso, irresponsavelmente, coloca em risco a integridade da “Bancada do Camburão”. O próprio mandato de Richa corre risco de sofrer abalos nas ruas, pois, a título de exemplo, neste sábado, dia 21, haverá protestos simultâneos em vários pontos do estado pelo impeachment.

Nesta quinta, dia 19, os educadores prometem mobilizar 100 mil pessoas em Curitiba e mais 32 municípios contra Beto Richa. O governador do PSDB continua com a ideia-fixa de jogar a quebradeira do estado na contra da educação e do funcionalismo público. A principal meta do tucano é confiscar R$ 8 bilhões do fundo previdenciário dos servidores para cobrir o rombo no caixa.

O Blog do Esmael vai transmitir tudo ao vivo, em parceria com a TV 15, a partir das 10 horas, direto do Palácio Iguaçu. Acompanhe.

Comentários encerrados.