3 de fevereiro de 2015
por esmael
14 Comentários

Em Cascavel, secretários são vaiados no lugar de Richa; assista ao vídeo

Fotos: Núcleo Sindical da APP-Sindicato/Cascavel.

Fotos: Núcleo Sindical da APP-Sindicato/Cascavel.

O chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra, e o secretário da Saúde, Michelle Caputo, foram vaiados nesta terça (3) no lugar do governador Beto Richa (PSDB), que na última hora trocou a agenda no Show Rural de Cascavel por um encontro com o senador Aécio Neves (PSDB-MG). ... 

Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
9 Comentários

Câmara começa debater fim da reeleição e do voto obrigatório

da Agência Brasil

Dois dias após ser eleito presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que pretende apressar o debate em torno da reforma política. Ao falar hoje (3), depois de reunião da bancada do partido, Cunha informou que pretende aprovar a admissibilidade do texto da proposta de reforma política (PEC 352/13). Pretendo dar admissibilidade à quela proposta de emenda constitucional para constituir comissão especial que possa discutir o mérito!, disse Cunha.

A proposta teve a votação da admissibilidade suspensa na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), por causa de divergências quanto a seu teor. Durante entrevista, Cunha revelou que uma estratégia seria driblar o debate na comissão e apresentar um requerimento para votar a admissibilidade no plenário.

Entre as mudanças contidas na PEC estão o fim da reeleição do presidente da República, dos governadores e prefeitos e o fim do voto obrigatório. A proposta altera a forma de coligação nas eleições proporcionais e determina coincidência das eleições municipais, estaduais e federal, a partir de 2018.

Contudo, um dos pontos centrais do debate !“ o financiamento de campanha !“ é fruto de divergências. Eduardo Cunha defende a manutenção do financiamento empresarial de campanhas, considerado por movimentos sociais e organizações como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a porteira da corrupção nas eleições brasileiras.

No ano passado, OAB e CNBB integraram um movimento com mais de 100 organizações da sociedade civil para recolher 1,5 milhão de assinaturas e protocolar, no Congresso Nacional, uma proposta de reforma política chamada de Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas.

O tema também foi tratado pela presidenta Dilma Rousseff, após ser reeleita. Em discurso, Dilma defendeu – mesmo o tema sendo de responsabilidade do Congresso Nacional – a importância de mobilizar a sociedade em torno do tema e sugeriu a realização de um plebiscito ou de uma consulta popular sobre a que Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
37 Comentários

Em protesto contra calote de Richa, educadores tomam as ruas de Curitiba; assista ao vídeo

richa_protesto_educadores.jpgCentenas de educadores tomaram as ruas centrais de Curitiba, nesta terça (3), em marcha contra o calote do governo Beto Richa (PSDB) na categoria.  ... 

Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
21 Comentários

Fruet eleva preço da passagem de ônibus em Curitiba para R$ 3,30

tarifa_zero_fruetO prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), alheio aos protestos de rua, vai reajustar o preço do ônibus de R$ 2,85 para R$ 3,30, nesta sexta (6), para os passageiros que pagarem a tarifa em dinheiro vivo. Para quem usa o cartão-transporte o valor saltará para R$ 3,15. ... 

Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
15 Comentários

Richa prepara novo tarifaço da água

richa_sanepar1O governo Beto Richa (PSDB) vai solicitar novo reajuste na tarifa da água e esgoto. Segundo o portal da rádio Banda B, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) solicitou autorização ao Instituto das àguas para subir em 12,5% o serviço a partir de abril. ... 

Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
44 Comentários

Greve geral depois do Carnaval

Segundo a APP-Sindicato, as escolas estão sem merenda, papel higiênico e funcionários. Além disso, ano letivo deverá começar com salas superlotadas devido ao fechamento de turmas. Caos na educação promovido pelo governo Richa, que põe em risco as conquistas do magistério, une grupos rivais na maior entidade sindical do Paraná. Greve geral deverá sair depois do Carnaval e será precedida de uma batalha de comunicação.

Segundo a APP-Sindicato, as escolas estão sem merenda, papel higiênico e funcionários. Além disso, ano letivo deverá começar com salas superlotadas devido ao fechamento de turmas. Caos na educação promovido pelo governo Richa, que põe em risco as conquistas do magistério, une grupos rivais na maior entidade sindical do Paraná. Greve geral deverá sair depois do Carnaval e será precedida de uma batalha de comunicação.

Os educadores deverão puxar o bloco grevista somente depois do Carnaval. ... 

Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
7 Comentários

Graça cai. Meirelles, “amigo” de Requião, cotado. Ação dispara

dilma_graca_petrobrasO ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, desafeto de estimação do senador Roberto Requião (PMDB-PR), é cotado para assumir a presidência da Petrobras. Segundo informações do Brasil 247 e da Folha, Graça Foster caiu. ... 

Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
5 Comentários

Servidores da saúde em greve fazem cerco à  Prefeitura de Curitiba

greve_saude.jpgCentenas de servidores da saúde de Curitiba fazem um cerco ao Palácio 29 de Março, sede do executivo municipal, para pressionar o prefeito Gustavo Fruet (PDT) a negociar com a categoria que está de braços cruzados desde ontem. ... 

Leia mais

3 de fevereiro de 2015
por esmael
50 Comentários

Espectro da greve geral dos servidores públicos ronda o Palácio Iguaçu

greve_richa.jpgDe forma inédita, o governador Beto Richa (PSDB) poderá enfrentar uma greve geral de servidores públicos no Paraná. As categorias profissionais da ativa somam cerca de 200 mil, sendo a educação a área mais numerosa com 70 mil funcionários. ... 

Leia mais