Mensalão tucano chega a dez anos de impunidade. Até quando, STF?

do Brasil 247
mensalao_tucanoPassada quase uma década, petistas já finalizando o cumprimento de suas penas por conta de acusações semelhantes, e os denunciados pelo chamado mensalão tucano de Minas Gerais sequer foram julgados. O escândalo de compra de apoios à  reeleição do então governador Eduardo Azeredo (PSDB) aconteceu em 1998, mas foi descoberto apenas em julho de 2005. De acordo com denúncia do Ministério Público Federal, o mensalão tucano envolveu desvios de R$ 3,5 milhões de empresas públicas de Minas, usados na campanha eleitoral.

Enquanto isso, a Ação Penal 470, o mensalão do PT, foi julgado com rigor extremo pelo Supremo Tribunal Federal (STF), comandado implacavelmente pelo então ministro Joaquim Barbosa e num ambiente de espetacularização da mídia familiar.

Praticamente todos os acusados receberam penas duríssimas, sumárias e inéditas na história da Corte Suprema. Figuras importante do petismo e da República, a exemplo do ex-tesoureiro Delúbio Soares, o ex-presidente da sigla José Genoíno e do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu cumprem suas estão em pleno cumprimento de suas condenações já no regime semi aberto.

Em relação ao escândalo envolvendo o tucanato, o STF não teve o mesmo rigor. A corte que não admitiu o desmembramento do processo para envio à s instâncias inferiores, teve entendimento diferente nos caso de Azeredo. O processo do então governador mineiro, que desde março de 2014 está pronto para ir a julgamento, deverá ser analisado pela primeira instância da Justiça mineira. A data sequer foi marcada ainda.

Azeredo, numa clara manobra, renunciou ao mandato de deputado federal e perdeu o foro privilegiado. Apesar de a renúncia ter ocorrido em março, somente no dia 4 de dezembro a ação penal chegou à  9!ª Vara Criminal, em BH, onde já tramita outro processo, esse com oito réus.

Essa outra ação tinha dez réus, mas a morosidade da Justiça permitiu que o crime prescrevesse para dois deles, que completaram 70 anos. Os favorecidos foram o ex-ministro Walfrido dos Mares Guia e o tesoureiro da campanha de Azeredo, Cláudio Mourão.

Esse processo ainda se arrasta, e nenhum réu foi nem sequer ouvido. A última audiência do ano não aconteceu porque os advogados dos réus não foram notificados do depoimento com a última testemunha de defesa, justamente do réu José Afonso Bicalho. A audiência foi remarcada para 21 de janeiro.

Há ainda um terceiro processo, que envolve o ex-senador Clésio Andrade (PMDB). Ele também renunciou ao mandato, o que levou o processo para a primeira instância.

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Até aonde pode chegar a canalhice dos exercito de blogueiros petistas????

  2. …COMO DIZ O GRANDE JORNALISTA MÍNO CARTA(REVISTA CARTA CAPITAL)…;PSDB/DEM/PP/PPS E JUDICIÁRIO(?)É TUDO FARINHA DO MESMO SACO…

  3. A soma não é bem essa Esmael, isso foi somente o montante destinado a campanha do Governo do Estado tucano. Tem muito mais dinheiro e que, aliás, de Furnas, saiu uma lista enorme com dezenas de milhões para campanha de mais de 200 “correligionários” dos demo/tucanalhas de todo o país. Lá, diferente dos denunciantes colocados em pedestais pelos juízes, delegados federais e a mídia nativa, os denunciantes foram presos. Furnas, pra quem não sabe, é empresa pública mineira. Também diferente do suposto dinheiro da AP470 que tem sua origem em empresas privadas (VISANET e Bancos privados). É essa forma de discriminação que denigre (nada a ver com cor) o Judiciário Pátrio e coloca todos os Juízes no mesmo saco. São os bandidos de toga citados pela Excelentíssima Doutora Calmon? … Nesse caso, deve ter algum “esselentíssimo” juiz cuidando do caso da tucanalha. Vai ser lento assim lá na pqp.

  4. Esse é pai do mensalão é está solto que merda.

  5. Não esqueçamos da pena prescrita do gatuno Taniguchi!

  6. Mensalão tucano chega a dez anos de impunidade. Até quando, STF?
    Pois é Esmael, depois a imprensa marrom se queixa de perseguiçoes… hahahahaha, é por isso qZÉ DIRCEU virou heroi nacional.
    tucanadas do DEMO FDP!!

  7. O partido PSDB é dos ricos e quem tem dinheiro no vai pra cadeia. kk kk kk kk

    • kkkkkkkk…….não estão no poder…senão os PETRALHAS..com pacto com CAPETA….TIRAVA….lembrem quasi perderam…a PRÓXIMA ELEIÇÃO O PT CAI DO PODER….o povo já está cansadinho dessas BOLSINHAS….

      • Hahahahahahahahahah, o coitado do januario monte de merda!!! 2018 É LULALA ,SEU MANÉ!!!Quem vai tomar no copo!!É o povo do paraná, terao q vender seus carros ,porq ñ poderao pagar IPVA E nem abasteser por conta do ICMS DA gasolina muito caro…SEUS MANÉS OS Q VOTARAM BETO!!!

    • Isso so acontece, por que temos uma imprensa parcial e, um poder judiciario de igual modo, parcial e, arcaico! J.P.DO VOZ.

    • Esqueceu que o PT e toda sua Gangue está no poder ha pelo menos 12 anos, com seus Ministros do STF que libertam ladrões.. e não investigaram e nem abriram investigação. Então foram Incompetentes e pode-se até dizer coniventes. E agora fazem barulho??? Tiveram 12 anos pra por os mensaleiros do PSDB na cadeia e NÂO FIZERAM. Então… Calem a Boca