Estudantes da Faculdade Evangélica convocam manifestação contra SEB

seb.jpg

Estudantes da Faculdade Evangélica do Paraná realizarão nesta quarta-feira, dia 03, uma manifestação contra a crise na Sociedade Evangélica Beneficente (SEB), entidade mantenedora da faculdade e do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba.

A SEB enfrenta sérios problemas financeiros há anos, dificultando o funcionamento do Hospital Evangélico e da Faculdade. Além de ser o maior hospital do Paraná, o Evangélico é o hospital-escola de vários cursos da Faculdade.

Os problemas financeiros da SEB são atribuídos à  baixa remuneração paga pelo SUS para os procedimentos realizados no Hospital; mas também há denúncias de desmandos na gestão da instituição ocorridos há alguns anos, dos quais a SEB nunca conseguiu se recuperar.

Na semana passada, o pronto-socorro do Hospital chegou a ser fechado por dois dias, em função da falta de insumos. Após a reabertura, o Hospital anunciou a demissão de 10% dos funcionários. O fechamento de setores do hospital e o atraso no pagamento de funcionários e fornecedores são recorrentes há anos, em uma crise crônica vivida pela SEB.

Os estudantes pedem melhorias na qualidade de ensino e no funcionamento do hospital. A manifestação está marcada para as 11 horas desta quarta, em frente a Faculdade Evangélica, na Rua Padre Anchieta, 2770, em Curitiba, e os manifestantes deverão vestir luto.

Comentários encerrados.