Dilma vai à s lágrimas ao receber relatório final da Comissão da Verdade

do Brasil 247
dilma_CVA presidente Dilma Rousseff se emocionou nesta manhã ao discursar durante a cerimônia de entrega do relatório dos trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, que aponta a responsabilidade de mais de 300 militares por crimes cometidos no período da ditadura. Dilma defendeu que o Brasil tem direito a saber a verdade sobre esse período, e que “a verdade não significa a busca de revanche. A verdade não precisa ser motivo para ódio ou acerto de contas”.

“A verdade produz consciência, aprendizado, conhecimento e respeito. A verdade significa a oportunidade de apaziguar cada indivíduo consigo mesmo e um povo com a sua história. A verdade é uma homenagem a um Brasil que já trilha três décadas de um caminho democrático. Tornar público este relatório nesta data é um tributo a todas as mulheres e homens do mundo que lutaram pela liberdade pela democracia e, com essa luta, ajudaram a construir marcos civilizatórios e tornaram a humanidade melhor”, afirmou, em referência ao Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Dilma chorou e fez uma pausa no discurso ao dizer que os parentes das vítimas da ditadura “continuam sofrendo como se eles morressem de novo, e sempre, a cada dia”. Nesse momento, foi aplaudida de pé pelos presentes.

O trabalho da comissão, prosseguiu a presidente, “fez crescer a possibilidade de o Brasil ter um futuro plenamente democrático e livre de ameaças autoritárias”. O discurso é feito em um momento em que manifestações contra Dilma, convocadas inclusive por líderes da oposição, pedem o retorno do regime militar. Ela condenou a volta de “fantasmas do passado”.

Abaixo, reportagem da Agência Brasil:

Dilma chora ao receber relatório da Comissão da Verdade: país merece a verdade

Luana Lourenço !“ A presidenta Dilma Rousseff recebeu hoje (10) o relatório final da Comissão Nacional da Verdade (CNV) e disse que o trabalho do grupo vai ajudar a afastar “fantasmas de um passado doloroso” e permitir que os brasileiros conheçam a história das violações aos direitos humanos durante a ditadura militar para que elas não se repitam.

“Nós, que acreditamos na verdade, esperamos que esse relatório contribua para que fantasmas de um passado doloroso e triste não possam mais se proteger nas sombras do silêncio e da omissão”.

Muito emocionada, Dilma chorou ao dizer que o Brasil merecia a verdade sobre a ditadura militar, e ao lembrar dos parentes das vítimas e desaparecidos. “Sobretudo merecem a verdade aqueles que perderam familiares e parentes e que continuam sofrendo como se eles morressem de novo e sempre a cada dia”, disse, com a voz embargada, após interromper o discurso por causa do choro.

O relatório final da CNV faz um relato das atividades desenvolvidas pelo colegiado durante os dois anos e sete meses de investigações, além de fatos apurados, conclusões e recomendações. De acordo com o coordenador do colegiado, Pedro Dallari, uma das conclusões mais importantes do relatório final é a confirmação de que as graves violações aos direitos humanos, durante o período da ditadura militar, foram praticadas de maneira sistemática.

Dilma agradeceu e elogiou o trabalho dos integrantes do grupo e disse que a conclusão das atividades da comissão não representa um ponto final nas investigações das violações de direitos humanos na ditadura. Segundo Dilma, o Estado brasileiro vai se “debruçar” sobre o relatório, “olhar as recomendações e propostas e tirar as consequências necessárias”. A presidenta citou os trabalhos de comissões da verdade estaduais e setoriais como complementares ao trabalho do colegiado.

Dilma também fez um agradecimento aos órgãos que colaboraram com as investigações da comissão e aos “homens e mulheres livres que relataram a verdade para a comissão”, principalmente aos parentes de vítimas e sobreviventes do período militar.

“Presto homenagem e manifesto caloroso agradecimento aos familiares dos mortos e desaparecidos, aqueles que com determinação, coragem, generosidade, aceitaram contar suas histórias e histórias de parentes, amigos, companheiros que viveram tempos de dor, morte e sofrimento”.

A presidenta ressaltou o trabalho histórico da comissão e a importância das investigações do grupo para o reconhecimento do direito à  memória !“ principalmente para as gerações que nasceram após o período militar !“ e para a reconciliação nacional, com valorização dos pactos e acordos que levaram o país à  redemocratização.

“Com a criação dessa comissão, o Brasil demonstrou a importância do conhecimento desse período para não mais deixá-lo se repetir”, disse. “Conhecer a história é condição imprescindível para construí-la melhor. Conhecer a verdade não significa reagir, não deve ser motivo para ódio. A verdade liberta daquilo que permaneceu oculto”, comparou.

Ao receber o documento de 4,4 mil páginas, que também está disponível na internet, Dilma disse que a apresentação simultânea para o governo e para a sociedade mostra que o trabalho da CNV foi isento de interferências e que é resultado de uma decisão do Estado brasileiro, e não apenas de um governo.

Criada pela Lei 12.528/2011 e instalada em maio de 2012 para examinar e esclarecer violações de direitos humanos cometidas entre 1946 e 1988, principalmente no período da ditadura militar (1964-1985), a Comissão Nacional da Verdade terá seus trabalhos encerrados no próximo dia 16. No relatório final, o grupo sugere a criação de um órgão público para dar seguimento e a continuidade à s ações da CNV.

32 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Rosana,respeito o teu pai,mais esses mesmos que você diz ter lutado pelo país,são os mesmos que agora o saqueiam e nos roubam a dignidade com impostos para sustentar as suas farras.
    Bando de corruptos!!!

  2. Só quem tem familiares que sofreram naquele período negro do Brasil sabe o que passou na cabeça desta mulher ao ler o discurso e se solidariza com sua emoção! Ela, assim como tantos, passou pela tortura!
    Meu pai foi preso naquele período porque era sindicalista! Em sua ficha da DOPS o tacharam de comunista sem NUNCA ter feito política partidária na vida! Está com 83 anos e lembra vivamente daqueles momentos. Por isso, sou solidária a essa mulher guerreira! Que teve CORAGEM de pegar em armas para defender seus ideais! E isso com apenas 17 anos! É um absurdo o que o PSDB e a mídia estão fazendo de incentivar a população a pedir o GOLPE MILITAR de novo! Leiam, obtenham conhecimento, para saber porque tudo isso está acontecendo! Sou Dilma sim! Mas não pelo PT, e sim pela coragem que ela teve e tem.Enquanto ela era torturada, Fernando Henrique Cardoso, José Serra e tantos outros foram se esconder nos países vizinhos! Não tiveram a coragem e ombridade para se expor e foram para o ‘EXÍLIO”.

  3. “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertaras” João 8:32

  4. Garanto que são os indecentes do povo e os políticos safados que querem que a corrupção e a roubalheira continue como está. Temos políticos safados enchendo seus bolsos, amparados por um STF dominado pelo demônio da quadrilha do PT e outros partidos. Garanto que as pessoas decentes gostariam de ver o verde oliva tomando conta deste país e enquadrando toda esta gente que está nos roubando e nada acontece. Dá vergonha de ser brasileiro e ver a Petrobrás a cada dia mais desvalorizada.

  5. Atenção pessoal.
    Dia 1º de Janeiro de 2015.
    Posse de Dilma no pulpito do POVO.
    Verifiquem já as caravenas.
    Verifiquem os Hoteis, me parecem que
    já estão cheios, mas há os das Cidades
    satélites, bons Hotéis.
    Há pousadas nas Proximidades.
    E haverá uma grande festa no Venancio após
    a POSSE.
    lugar bom de ficar é Proximo ao Bandeirão..
    Vale a Pena, é uma grande festa.
    Proximo a Torre terá os Cantores de forró.
    Vão lá ver é realmente uma Grande Festa..
    Ao vivo e a cores..sem passar na Rede Globo.

  6. Humanos idiotas!

  7. E quando Ela recebeu o relatório da Petrobrás qual foi a atitude?
    Creio que no momento Ela têm mais a explicar do que ficar aí se fazendo de vítima.

    Eu quase vou às lágrimas quando vou a cada dia no mercado,no posto abastecer,quando lembro o que a Petrobras poderia ser e como têm gente que ainda cai no conto desses políticos safados.
    De uma vez por todas acorda PTzada vocês F.. o País e o PSDBosta com Beto,o Paraná e o Fruet que ainda têm tempo,não disse a que veio em Curitiba.

  8. A verdade é que a policia esta investigando e prendendo ao contrario do passado.

  9. na minha opinião o único erro da ditadura militar é que entres o sumidos não está as seguintes pessoa, FHC, Aloisio, Serra , Lula, Dilma, Zé Dirceu, acho que os militares sumiram os bons e Deixaram os ruins

  10. Um dia também saberemos toda a verdade sobre a continuidade pelo PT das falcatruas, da corrupção que tanto se combatia.

  11. Se o objetivo da CNV é revelar a verdade à sociedade brasileira, o conteúdo do relatório é manco porque traz apenas uma parte do que ocorreu no período mais obscuro da história verde-loura.

    Atrocidades foram cometidas de parte a parte, mas não se pode demonizar um lado e incensar outro. É preciso parcimônia e isonomia ao revelar a verdade, que por enquanto está pela metade.

    Em sumam, que todos frequentem a mesma vala.

  12. Queremos isso:
    Volume I, pág. 966 ““ Recomendações ““ Medidas Institucionais (continuando)
    “15. Por consequência, considerando a extrema gravidade dos crimes contra a humanidade, a jurisprudência internacional endossa a total impossibilidade de lei interna afastar a obrigação jurídica do Estado de investigar, processar, punir e reparar tais crimes, ofendendo normas peremptórias de direitos humanos. A proibição da tortura, das execuções, dos desaparecimentos forçados e da ocultação de cadáveres é absoluta e inderrogável. Na qualidade de preceito de jus cogens, não pode sofrer nenhuma exceção, suspensão ou derrogação: nenhuma circunstância excepcional ““ seja estado de guerra ou ameaça de guerra, instabilidade política interna ou qualquer outra emergência pública ““ poderá ser invocada como justificativa para a prática de tortura, desaparecimento forçado ou homicídio. Prevalece o dever jurídico do Estado de prevenir, processar, punir e reparar os crimes contra a humanidade, de modo a assegurar o direito à justiça e à prestação jurisdicional efetiva. A esse dever correspondem os direitos à justiça e à verdade, os quais abrangem o direito a uma investigação rápida, séria, imparcial e efetiva, e a que sejam instaurados processos voltados à responsabilização dos autores das violações, inclusive na esfera criminal, bem como o direito das vítimas e seus familiares à obtenção de reparação.”

  13. SEM LAGRIMAS
    Não vi uma lágrima da presidAnta quando teve acesso ao relatório do LavaJato.
    Fácil fazer demagogia, mas dificil é sustentar o discursinho contra corrupção, quando os deputados do seu partido corruPTto esvazia o quorum da Camara, para proteger o larápio André Vargas.

  14. Parabéns Presidenta Dilma e parabéns aos membros da CNV.
    O Brasil precisa conhecer os nomes dos monstros que prenderam, torturaram e assassinaram cidadãos por pensarem diferente e quererem a Democracia.
    Tive dois parentes sequestrados, torturados e um que foi assassinado.
    Não guardo ódio, apenas sinto o mais repugnante desprezo e nojo por esses monstros que, a cada derrota eleitoral saem às ruas pedindo a “volta da Ditadura”. Meu desprezo a todos os Malafaias, Felicianos, Bolsonaros, Rachel Sheherazade, Jabores, Mainardes, Azevedos, Villas, Caiados, Lobão e aos demais vermes que ainda respiram e vagam por sobre a terra.
    10/12/2014, Ouro Fino-MG

  15. EMOÇÃO VALIDA PELO PASSADO, MAS PODERIA TER ESSE SENTIMENTO TAMBÉM COM OS APOSENTADOS QUE RECEBEM ESSA MISÉRIA DO INSS. O APOSENTADO BRASILEIRO TEM QUE VENDER PICOLÉ PARA COMPLEMENTAR A RENDA, SENÃO PASSA FOME. SE EMOCIONE COM A CAUSA DESSES VELHOTES QUE VIVEM AS MINGUAS.

  16. Que dó! Guerrilheira, assaltante de banco, sequestradora. Belo currículo.

    • Bonito e ter um currículo igual ao politico que você votou. cheirador e traficante.

      • E pena que por muito pouco não ganhou. Continuamos com a corja corrupta.

        • A calunia e a difamaçao é arte de COVARDES!!! Vc alem de covarde, é um boiola puxasaco dE tucanos do DEMO FDP!!! capit sergio??É, vai fazer buzina pra aviao sergio??? vai empilhar coco na decida??? Aspone, boiola do DEMO!!!

        • kkkkkkkkkkkkkkkkk, ñ ganhou por pouco????? O coitado…! O paudagua, foi mais uma vitima do PT de LULA DILMA, Ocheirador de pó esta mais perdido q cego em tiroteio. eté agora ainda ñ sabe oque aconteceu da surra q levou, ñ ganhou nem no seu territorio MINAS GERAIS,HAHAHAHAHAHAHAH, O COITADO! Teve lugar no Nordeste q ele ñ pegou nem pro fumo, levou uma lavada da DILMA!!!KKKKKKKKKKKKK.

    • Pessoas ignorantes escrevem besteira (SR SERGIO ) falar é fácil provar vc prova.

    • QUE DÓ…..PORQUE ELA NEM COMEÇOU O CHORO…DEIXA OS 50 MILHÕES DE VOTANTES CONTRAS…SE REVOLTAREM COM A PÉSSIMA ADMINISTRAÇÃO DE ENORME PAÍS…..AI SIM A DENTUÇA VAI CHORAR….O PRANTO VAI SER BEM DIFERENTE….FALTA A COMISSÃO DA VERDADE, SOBRE A ROBALHEIRAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Por meios discutíveis, ela lutou contra a ditadura, por um ideal em que acreditava.

      E o seu currículo de luta qual é? Ficar escrevendo bobagens em um blog? Ficar xingando os políticos em frente à TV?

    • E a Presidenta mais querida do BRASIL..IL..IL..IL
      Chupa..

    • Mulher covarde. E o pouco brasileiro é povo mais frouxa do mundo.

  17. Presidenta Dilma concordo com V.Excia., tanto que votei e votaria para um terceiro mandato. Entretanto, não se esqueça que V.Excia. é a Presidenta de TODOS os brasileiros! Nem pensar em revogar a ANISTIA que foi votada e aprovada pelo Congresso Nacional da época! Por outro lado, depois de morto o último beneficiário da ANISTIA, então concordo que tudo deva ser esclarecido! Porque o espírito de vingança (visível nos dias de hoje!) foi desativado! É por isso que a HISTÓRIA (uma ciência) é feita (descrita) por cientistas e não por políticos. É por isso que a história certificada como tal é feita DISTANTE, MUITO DISTANTE, dos fatos, por historiadores que tem relação unicamente intelectual com os fatos estudados. Se o objetivo é a História, então vamos esperar morrer o último dos beneficiários da ANISTIA.