Dilma Rousseff terá coragem para regular a mídia no segundo mandato?

do Brasil 247
berzoiniA indicação de Ricardo Berzoini para o ministério das Comunicações, dada como certa em Brasília, é vista como o principal rosto do PT na Esplanada e confirma a importância da democratização da mídia no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, escreve Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília, em seu blog.

“Hoje ministro de Relações Institucionais, Berzoni é um partidário assumido da democratização dos meios de comunicação. Bandeira histórica do Partido, a democratização ganhou corpo nas fileiras do PT e junto a camadas muito mais amplas da sociedade depois da campanha de 2014, quando vários indicadores demonstraram que os principais grupos de mídia atuaram abertamente para favorecer os adversários de Dilma”, diz trecho do artigo do jornalista.

Segundo ele, “entre os dirigentes do PT, onde este assunto é discutido com frequência e no detalhe, a indicação de Berzoini é vista como um sinal da importância que Dilma Rousseff irá atribuir a essa questão durante o segundo mandato, numa mudança em relação ao que se passou entre 2011-2015, quando o assunto ficou na geladeira política dos temas que não eram falados nem discutidos”.

Há certeza, diz Paulo Moreira Leite, de que qualquer avanço irá envolver disputas duríssimas, a começar pela oposição dos principais grupos de comunicação à  maioria das mudanças. O colunista lembra que “as principais empresas de comunicação possuem uma numerosa bancada de apoio no Congresso” e também contam com dezenas de parlamentares que possuem concessões de rádio e TV que “funcionam como currais eleitorais !” e não têm a menor disposição de fazer qualquer concessão em posição de confortável monopólio”.

PML ressalta que “não se faz ideia, hoje, de qual será a linha do governo Dilma no debate sobre a democratização dos meios de comunicação”, que deve ser aberto em 2015, como adiantou a presidente. Mas ele tem uma previsão:

A postura geral do governo Dilma em questões de natureza semelhante sugere que o debate pode vir a ser encaminhado a partir de uma estratégia parecida com aquela que se seguiu na ‘reforma política’. Após os protestos de junho de 2013, Dilma jogou o assunto para o debate entre o conjunto da população brasileira, permitindo uma discussão no conjunto sociedade. à‰ dali, particularmente, que o Planalto espera apoio.

Leia a íntegra em O papel de Berzoini no governo.

18 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. A democratização da midia só será possível c um plebiscito, c a sociedade participando d debate.

  2. Me parece que ele é afeto a criticas e às comunicações da grande mídia, é um grande teste, veremos a envergadura dele, pessoalmente acredito que é capaz, esta é uma área que não dá para arriscar, o Bernardo Cabral se provou insuficiente e errático, se a Dilma estiver jogando com a procrastinação, logo saberemos e também saberemos se o Zé Cardoso esta a favor da democratização dos meios de mídia, ou se apenas quer ser ministro de STF. Acredito piamente que eles colocarão os destinos da Democracia acima de suas carreiras, na minha opinião são pessoas probas e já deram prova disto e espero que continuem assim.

  3. Regulamentação da midia e cumprimento da Constituição que vinga.
    Quase todos os Politicos são donos de midia, e blog é midia.

  4. A regulação da mídia é uma questão de sobrevivência dos partidos autênticos como PT, PSOL, PSB, etc. Sem a regulação da MÍDIA as eleições serão FRAUDADAS pela mídia golpista, como ocorreu em TODO O PROCESSO ELEITORAL e mais acirradamente nos 1º e 2º turnos. Portanto, a Lei dos Meios de Comunicações terá que vir SIM, sob pena de risco para a nossa DEMOCRACIA. É preciso discutir a PROIBIÇÃO da PROPRIEDADE CRUZADA dos meios de comunicação (o detentor da concessão de TV, não pode ter RÁDIO ou JORNAL, e assim por diante. O que vemos no Brasil é o MONOPÓLIO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÕES, por MEIA DÚZIA de FAMÍLIAS, QUE CADA UMA DELAS TEM CENTENAS DE CONCESSÕES do PODER PÚBLICO. Vivemos no reino do MONOPÓLIO MIDIÁTICO da MENTIRA e da FRAUDE. O “jornalismo” manipulador e mentirosa vigora, sem oposição nenhuma. A Globo, a Folha, o Estado de São Paulo, a veja, etc fabricam e pautam o noticiário manipulado e fraudado.

  5. Se ela teve coragem de anunciar esses novos Ministros ela terá cara de pau de fazer qualquer coisa.

  6. Se tiverem culhões, eu apoio. O que não dá é do jeito que está, e piorando.

  7. Não. Afinal vivemos num país democrático e regulação da mídia é censura! e ditadura ninguém aguenta mais…

  8. Com essa turminha que ela arrumou?

  9. Fiz um comentário sobre as sementes trnsgênicas e dos ILLUMINATS e MAÇONS e o Esmael tirou a pagina do blog. Será que êle é ILLUMINAT ou MAÇON também? Se for é farinha do mesmo saco dos donos do mundo. Toma jeito Esmael! Não quero que vc vá para o inferno junto com êles, inferno existe sim! Ouvi dizer que comentários sobre trransgênicos e sobre ILLUMINATS e MAÇONS eles tem poder para tiralos do ar, será verdade? ja estou quase acreditando. Esses porcos (ILLUMINATS e MAÇONS) que governam o mundo da manera deles tem poder pra tudo, assim os entendidos dizem

  10. Ta ate privatizando a caixa econômica federal, depois vem criticar o neoliberalismo. É o PT estudando na escola do PSDB, porem sem perder a que toque de autoritarismo, próprio dos regimes totalitários e ditatoriais…fora regulação da mídia…..isso é censura.

  11. Lei de direito de resposta junto a imprensa!!! já!!!https://www.youtube.com/watch?v=ZQlSl1eJYGY
    FORA REVISTA VEJA!!

  12. NÃO! Dilma demonstra, em suas reações, insegurança, ou até mesmo medo da mídia atormentadora contra sua imagem e a do PT. A posição passiva da presidenta transmite desconfiança aos militantes. Dilma ganhou a eleição, mas esta perdendo o controle do governo. Ellen Gracie, na Petrobrás, é o começo do fim.

  13. Duvido porque o PT é um partido de cagões.

  14. Pois é, Esmael: você aciona uma bateria de fogos
    toda a vez que um veículo da “velha mídia” tem
    dificuldades financeira, fecha, ou deixa de compor
    a sua edição impressa.
    Isso atesta que essa “velha mídia” está decadente,
    abalada financeiramente, e sem apoio respaldo
    popular.
    Mas, para acabar com o que resta dela, a alegação
    é de que se tratam de “poderosos” conglomerados
    que tem que ser “pulverizados” para “democratizar”
    a informação.
    Isso é uma contradição.
    Se houver qualquer “regulação”, que comece então
    pelos Blogs, que também são mídia, e cuja regulação
    já ficou a “meio pau” com o Marco Civil da
    INTERNET.

  15. Os meios de comunicação, existem pra informar e, não para agir como se fossem partido político e, nem pra publicar fofocas como estamos acostumados a ver alguns considerados principais nossa mídia. Temos que fazer um ajuste nesse seguimento sem falta! J.P.DO VOZ.