Coluna do Ricardo Mac Donald: Tratamento de resíduos

ricardo_residuos.jpgRicardo Mac Donald*

O volume de resíduos da construção civil gerado diariamente em Curitiba pode passar meio despercebido, mas, se temos 2.500 toneladas/dia de lixo doméstico, também produzimos centenas de toneladas que sobram de construções, reformas e ampliações.

O problema é que, apesar de uma legislação moderna e rigorosa, apenas 20% dos resíduos da construção civil recebem tratamento adequado. O resto serve para aterrar terrenos, entupir bueiros, poluir áreas de preservação ambiental, sujar ruas e calçadas, entulhar terrenos baldios e assorear rios, que depois causam enchentes.

O que nem todos sabem é que esse material tem grande valor econômico, pois, se reciclado, pode ser utilizado em calçadas e meios-fios, sarjetas, base e sub-base de pavimentação, entre outras finalidades na construção civil.

Portanto, estamos perdendo duplamente, pois, além de poluir o meio ambiente desperdiçamos recursos valiosos depositados ao deus-dará na Região Metropolitana de Curitiba.

Na próxima sexta-feira, veremos o que a Prefeitura está fazendo para solucionar esse problema.

Desde já, toda colaboração será bem vinda.

*Ricardo Mac Donald Ghisi é advogado, secretário Municipal de Governo de Curitiba. Escreve à s sextas no Blog do Esmael.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Mais um papo furado destes parasitas.
    Nada fizeram até agora,aliás,só aumentos atrás de aumentos e uma lei criada por um petista que ferrou quem mora em rua de anti-pó,Jhony Stika
    Rua José Ribeiro de Cristo no Pilarzinho têm cerca de 500 metros e estava sendo asfaltada,mais devido a lei que quer que a população colabore mais uma vez,além do IPTU, com valores parou nos cerca de 50 metros alfaltados e o restante da rua continua com aparência de bombardeada por uma guerra.

    Esmael tire uma foto desta rua que é o retrato desta administração horrorosa!!

  2. Sr macdonald, antes de ficar jogando palavras fora, va ate a republica argentina entre pça do japão e terminal do portao que e regiao de assessor conceituado do fruet e vejam a lama e sujeira que as construtoras tão fazendo nas ruas, sua administração de residuos é pra boi dormir, va ver o que ta acontendo com estes caminhoes jogando terra nas vias, cade sua fiscalização doutor? nao e mais agua verde e sim rua suja!!!!não so aqui mas em toda curitiba seus amigos construtores fazem o que quer!!cade voce fruet????