Coluna do Requião Filho: Batman (Fernando Francischini) vai acabar com a “pirotecnia” na Segurança?

requiao_francischiniRequião Filho*

Quando penso na Segurança Pública do nosso Paraná me assusto cada dia mais com o que infelizmente eu vejo, ouço e sinto.

Vejo no passado recente a enganação do marketing “sem vergonha”, que mente, maquia, ilude; vejo a polícia imobilizada pelo poder politiqueiro sem escrúpulos; a polícia para os ricos, manejada e manipulada como moeda de troca de favores no poder.

Mas agora temos um novo secretário de Segurança. Espero mudanças e desejo que seja diferente do que tem sido. Vamos ver o caminho do discurso à  prática.

A Segurança Pública não pode ter decisões de alcova, arquitetadas no ar condicionado dos gabinetes, por quem não dialoga e sequer conhece de relance o que é a miséria ou a fome.

Vejo a falácia governamental do policial imobilizado. A gestão que entrega à  comunidade um contêiner com um policial, mas não entrega policiamento e segurança. E também não entrega emprego, moradia, asfalto, saúde e educação.

Terá fim a gestão de segurança que tira fotos e vende imagens, mas afasta o policial do cidadão?

Está na hora de dar um basta em quartéis e delegacias sem telefone. Chega de policiais ameaçados de despejo do imóvel locado.

Espero ver mais do que o caderno de propaganda de governo encartado nos “jornalões” e grandes revistas, em seu papel brilhante, sedoso e caro.

Quero ver mais que belos vídeos de marketing. Rezo pelo fim do abuso que é uso do dinheiro público na publicidade oficial que dá cor e falso movimento à  imobilidade cinzenta deste governo.

Vejo hoje a fantasia em que vivem os atuais detentores do poder no meu Paraná, preocupados com suas roupas caras, seus carros lustrosos, suas aeronaves locadas, seus convescotes da elite.

Vejo um Estado na mão de pessoas que mantêm os olhos ao presente e à  realidade das massas, somente pensando no futuro, seu e de seus asseclas. Nunca do povo.

Espero que agora eu veja a polícia perto do povo e trabalhando para o povo, a exemplo do bairro Zumbi dos Palmares, em Colombo, patrulhando no asfalto, batendo à  porta da casa do cidadão.

Gostaria de ver a Segurança Pública nos trilhos da cidadania e democracia.

A segurança pública da inclusão social e do respeito indistinto, com policiais motivados e orgulhosos da instituição que representam, trazendo novamente nosso Estado para os caminhos do equilíbrio e do pacto pela paz.

Por fim, eu gostaria de ver uma SESP que não tivesse rumores de que no apagar das luzes está a fazer manobras para fechar um rombo de R$ 12 milhões. Seria bom, não?

*Requião Filho é advogado, deputado estadual eleito pelo PMDB, especialista em políticas públicas. Escreve à s quintas no Blog do Esmael.

39 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Esse Requião Filho, hein! Precisamos de mais deputados como ele: Age com seriedade e justiça, é inteligente (ao contrário da maioria dos políticos, que mal sabem português) e sabe o que diz e o que faz. Sem contar que, assim como o pai, ele entende de política.
    Só não sei de onde veio tanta beleza… Jesus Cristinho…é de dar arrepio… rsrsrs

  2. Só para entender… citaram acima que ele vai ganhar pelo cargo e por ser deputado.. isso confere? E sendo deputado e ganhando cargo vai votar sempre a favor dos interesses do governo… é isso? Tão comico quanto terem se “borrado” de medo no camburão… alias… isso aconteceu de fato?

  3. Parabéns, Requião filho, pela postura, pela hombridade e pelo belicismo discurso na assembleia no meio das raposas, vc e o nosso futuro governador não tenho dúvidas sobre isso.
    Abraços que Haschem ABENÇOE muito vc.

  4. Muito bom seu texto Requião filho, na verdade em quesito segurança pública, me perdoe a franqueza, nunca tivemos um governo que realmente queira investir e resolver os problemas que tanto afligem as famílias. Há muito que estamos vivendo em carceres privados em nossas casas em contra partida os bandidos estão soltos pelas ruas, o efetivo da polícia é muito pequeno, você sabe disto, contudo dirão que não há receita, ora, compare os números de países de primeiro mundo, compare as políticas de segurança pública, e compare as receitas que eles têm. Tenho certeza que terás um resultado assombroso, eles arrecadam muito menos, têm muito menos caixa e conseguem investir e dar à população um serviço público de qualidade. Porque sera? Tu que eres um jovem político, e muito promissor, diga-se de passagem, deveria pensar e analisar isto. Boa sorte em seu mandato, torço por você.

  5. Como faço para mandar uma foto bem “interessante”?

  6. Parabéns ao Requião Filho. Eu era correligionário do Senador da República Roberto Requião até que ele votou contra a família paranaense e brasileira ao dar seu voto ao PL 122 e à redução da maioridade penal. Resultado: O Beto levou a melhor. O Requião pai tinha tudo para ser novamente o Governo do Paraná. Espero que o Requião Filho faça uma legislatura digna de um bom paranaense.

  7. Gostaria de saber do deputado Requião Filho eu fui aposentada no governo Requião,e no governo do Beto eu fui desaposentada, alegando que faltava 5 meses para completar 10 anos de concurso,mas eu ja tinha mais de 30anos de trabalho,atual lei que prevalecequal é não tive direito do quinquenio e nem da licença premio, hoje ainda estou trabalhando para pagar um ano e meio que fiquei aposentada.

  8. Chacina de Guaíra (2008 – Governo Roberto Requião)
    Chacina do Uberada (2009 – Governo Roberto Requião)

    Sujo falar de mal lavado é muito fácil. Difícil é fazer algo pela Segurança Publica, como José Mariano Beltrami, Rudolph Giuliani e poucos outros.

  9. Requião filho, bem como falam, que praga se procria rapidamente!!!!

  10. Sem contar que o ex-deputado Luciano Pizzato,foi exonerado pelo Governador e deixou a compagas,acredito que seja devido sua expressiva votação!!kkkkk

  11. Seu pai o fez deputado,assim como o Francischini o Barros,Anibelli entre outros,só o Pizzato foi uma piada,9000 votos para o filho,isso pode se chamar de incompetência,queimar o garoto dessa forma!!!

  12. Esses panfletos em jornais são de osso, duro de roer, eim. Quem trabalha com artesanato paga tbm, né. Tudo é tarifado na hora de comprar, mas trabaio decente…mesmo com as moedas das tarifas

  13. Kkkkk… Política-piada. O Requiãozinho ajudando na pirotecnia desse bufão…

  14. Teu pai fez um bem pela segurança que vc não tem ideia.
    Ele acabou com a PM e com a CIVIL.
    Se enxerga com a estes comentários burros

  15. O piá de prédio está colocando no fio fó dos Paranaense e muitas bestas adorando. chuuuuupa que é doce babacas. Ainda dizem que o nordestino que não sabe votar. Será?

  16. Típico da família Requião, gostam de falar “bonito” para se aparecer, marketing é o que ele fala…

  17. Parabéns pelo artigo Requião Filho. votei em seu pai para governador. pena não ter vencido esse piá de prédio que aí está. após as eleições mostrou para que veio, só aumentou em 40% o IPVA, realmente ele é um verdadeiro “kinder ovo”. quanto a este secretário francischini, vou esperar para tecer meus comentários ainda. vamos ver no que vai dar.

  18. Só no tempo do governo Requião era uma maravilha, não existia assaltos, furtos de veículos, trafico de drogas era tudo uma maravilha, um paraíso !
    Só o pedágio que subia, não acabava nem abaixava !!!rs.

  19. pe vermeio , se for pra falar besteiras , e melhor ficar calado.

  20. No trânsito de Curitiba um Fiat Uno tem mais agilidade que um Renault Fluence que custa 300% a mais; não adianta carrões de primeiro mundo sem gasolina e com policiais desrespeitados e desmotivados.

    No tempo do Requião os carros eram Parati, mas até na rua em que moro, uma rua secundária de duas quadras a gente via as viaturas passando, hoje a cidade está largada no que tange à segurança.

    • Voce é mais um pucha saco do Requião, pois foi o pior governo que o Pr já teve éra só desmandos, e pro seu governo quem abastecia as viaturas no interior éra as prefeituras.

  21. Como profissional da área de segurança pública creio que tem muito a apresentar e a operacionalizar, mas vamos esperar para que isso ocorra e não se transforme e mais uma promessa de palanque não cumprida, enquanto isso a bandidagem está comemorando o ano novo e nós pessoas de bens, com medo de sair na rua. Pois se der bobeira é como eles dizem “perdeu playboy”.

  22. MAURICIO REQUIÃO.
    Estou aqui no litoral do Parana, vendo um montão de coisas que infelizmente não posso falar, pois se trata de politicos e policia, só posso lhe dizer que tem muita gente na reserva mandando mais do que quem esta na ativa, atrapalhando o convivio de uma sociedade que quer trabalhar, divertir e ser feliz, Abraços parabens pelo texto.

  23. Bom mesmo era o Delazari…

    “Um presente de mau gosto provocou um acidente, às 11h de ontem, no gabinete do secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, no Centro Cívico. Ao manusear uma caneta que atira balas calibre 22, o assessor especial Luiz Gabriel Costa Passos, 56 anos, acabou ferindo uma das mãos com o artefato. Socorrido pelo Siate, ele foi conduzido à Clínica de Fraturas Alto da XV e submetido a uma cirurgia. Até a noite de ontem Passos continuava internado no apartamento 111.

    Assessores da Sesp procuraram “abafar” o caso, dizendo que se tratou de um incidente em que Passos se autolesionou, sem mais explicações. No entanto, pelo que foi apurado, há alguns dias o secretário Delazari ganhou do ouvidor das polícias, Luiz Bordenowski, uma caneta que pode ser municiada com projéteis calibre 22, para autodefesa. Ele não avisou que a caneta estava “carregada” e o secretário deixou o presente em cima de sua mesa de trabalho.

    Tiro

    Ontem, por volta das 11h, Passos – que é assessor especial do governo do Estado para assuntos de segurança pública, uma vez que já foi diretor- geral da Sesp há alguns anos – teria apanhado a caneta para assinar um documento. Sem perceber que se tratava de um artefato, ele acabou acionando o gatilho e se feriu.

    http://www.parana-online.com.br/m/editoria/policia/news/55042/

  24. Deputados são eleitos para fiscalizar legislar não para acumular cargos isto esta errado quem paga somos nos cada vez mais sinto que meu voto não vale nada. tão rindo da nossa cara o homem vai ganhar o salario de deputado e o de secretario tudo errado.

  25. Ué, o homi ainda nem assumiu e o pau já tá torando? Olha que a gente se lembra de como foi a Segurança na tri-gestão do Figueira, hein?

  26. tenente coronel cabral grand nome p aproveita

  27. Este garotão nascido em berço de ouro, que tenta esconder a barriga, não sabe o que fala, ele deveria ter conhecido o governo de seu paizão pra saber o que era desmando e anarquia.

    • desmando e anarquia? e o que falar desse richa de merda?

    • Flávo Luiz se o governo REQUIÃO foi ruim, o Governo RICHA se encontra triste e caído pense para falar e realizar criticas. Esse menino REQUIÃO FILHO já mostrou ser competente pois está ao lado do povo lutando de manga de camisa erguida com o POVO PROFESSORES REDE DE SAUDE SEGURANÇA E TODOS OS DEMAIS.
      OTIMO GOVERNO REQUIÃO ESSE FOI GOVERNO DE POBRE AGRADECER OS CÉUS…

      • Pelo menos o governo do Requião tirou os atravessadores dessas empresas tercerializadas que eram de seus (amigos ou parentes de alguns) e fez concurso publkico, principalmente no DETRAN – PR

    • Tenho pena de você, bem desatualizado pra falar uma bobagem dessa.

  28. Acho que o Chapolim Mamoninha Jr preferia que fosse o Moleque Maluquinho , aquele secretário tontinho da época do pai dele , que pensava que arma branca era aquela pintada de branco , vai trabalhar nobre deputado e pare de escrever abobrinhas ….

  29. Só gogó… igual aos outros. E quando dá merda, faz igual ao governador, corre pra batcaverna e fica escondido esperando passar.

  30. Caro deputado concordo com seu texto, é bem coerente.
    Mas vamos deixar o Delegado Francischini trabalhar… Enquanto foi secretário anti drogas na prefeitura de Curitiba, mostrou bons préstimos…
    Só tenho uma reclamação: peçam para os policiais da RONE pararem de ligar a sirene para “furar” preferencial sem estar atendendo ocorrência… porque sou um ciclista prudente e observador e considero tais atitudes um desrespeito à comunidade e às leis de trânsito. Da próxima vez vou anotar a placa, obrigado.

  31. Parabéns ao delegado/deputado Francisquini que sabe fazer. Só falta tirar o atual comandante da PM coronel Cogut que fica ou na estrada indo embora para Londrina ou pescando e colocar de vez o Coronel Nerino no comando.