Requião pede urgência na votação do fim de financiamento privado em campanhas; assista ao vídeo

requiao_senado.jpgO senador Roberto Requião (PMDB-PR) comunicou ao plenário do Senado, nesta quinta-feira, 20, que fez requerimento à  mesa da Casa para que coloque o mais rápido possível em votação projeto de lei que proíbe definitivamente o financiamento empresarial à s campanhas eleitorais.

De acordo com levantamento do PT nacional, PSDB, DEM e PSB receberam R$ 160 milhões de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato da Polícia Federal (clique aqui). As doações contribuíram para eleger candidatos tucanos como os governadores Geraldo Alckmin (SP) e Beto Richa (PR) e os senadores José Serra (SP), àlvaro Dias (PR), Antônio Anastasia (MG).

Requião lembrou à  mesa do Senado que o projeto foi incluído na ordem do dia em 14 de maio e nunca votado.

Citando o Regimento Interno da Casa, o peemedebista alertou que nenhum projetivo poderá ficar sobre a mesa mais de um mês, sem figurar na ordem do dia, a não ser por decisão do plenário.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.