Militares frustram radicais de direita: ‘O Brasil é uma democracia’

do Brasil 247
miltares_dilmaDepois das manifestações de grupos radicais no último dia 15, que chegaram a pedir a volta da intervenção militar no Brasil, em protestos que atraíram até ex-guerrilheiros, como o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), a jornalista Monica Bergamo decidiu ouvir os chefes das Forças Armadas. Os três, o general Enzo Peri, o brigadeiro Juniti Saito e o almirante Julio Soares de Moura Neto, falaram num ambiente de absoluta normalidade institucional.

“Os militares estão totalmente inseridos na democracia e não vão voltar. Isso eu garanto”, disse o almirante Julio Soares de Moura Neto, comandante da Marinha. “Os militares só voltam em seu papel institucional, que é o que têm hoje”, afirmou.

Saito, por sua vez, criticou os radicais. “São opiniões de extremistas”, afirma, antes de sentenciar. “à‰ algo impossível de acontecer. Só quem poderia tentar fazer isso é o pessoal da ativa. E, como nós não queremos nada nesse sentido, não há a menor chance de essas ideias evoluírem.”

Peri também rechaça a pregação golpista. “Nós vivemos há muitos anos em um ambiente de absoluta normalidade.”

Na última manifestação, até mesmo alguns de seus “líderes”, como o cantor Lobão, desistiram de participar, quando se deram conta de que um dos objetivos era a volta de uma ditadura no País.

25 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. votaram em mim aguenta o que queria,monte de passa fome…

  2. Quando leio comentários iguais a do Genildo, fico pensando, SERÁ QUE ELE NÃO É UMA DAS VIÚVAS DA DITADURA, POIS É ASSIM QUE ESTÃO CHAMANDO OS CARAS QUE APOIO O GOLPE MILITAR. Mas como ele é daqueles que nem sabe o porque está nas ruas. É melhor deixar ele na sua ignorância.

  3. Os chefes militares estão certos. Excelentes profissionais. Respeito ao Brasil, à Democracia e à Cidadania. Belo exemplo.

  4. Tadinho do Genildo, sabe de nada…

  5. Infelizmente, houve muita corrupção também no governo militar, inclusive na Petrobras, Itaipu e outras grandes obras. O cartel das empreiteiras já era liderado pela Camargo Correa, Andrade Gutierrez, Mendes Junior e outras grandes. Mas a imprensa e o judiciário, numa ditadura, nada falam…

  6. CAI A CARA DE QUEM QUERIA A SAÍDA DA DILMA.A NOSSA PRESIDENTa É DILMAISSSSS.BEIJOS LINDONAAAA.
    EU QUERIA SER COMO VOCÊ PODEROSAAAAAA…

  7. Provavelmente alguns “comentaristas” deste blog são daquele grupo “o sul é o meu país” só pode ser, pois pelos seus comentários é de gente que não sabe o quanto estão perturbando o ambiente político brasileiro. Como disse o vizinhense, “È só colocar na gaiola meia duzia de tucanos que a coisa se acalma.”.

  8. Quanto a corrupcao eu concordo, e um cancer pro Pais,nos trabalhadores,empresarios somos devastados pela carga tributaria pagamos muitos impostos e nao recebemos beneficios nenhum em troca, tanto na saude educacao e na seguranca,porque a maioria desses politicos ladroes desviam tudo, enriquece de forma ilicita,queria ver se fosse no Japao na China o mque aconteceriam com eles.

  9. As Forças Armadas são o esteio da democracia e da competência no trato com a coisa pública. A Nação brasileira escolheu seu rumo, sedimentados pelas instituições construídas durante os governos militares. O que lhes cabia foi feito e muito bem feito. Jamais se verificou qualquer problema relacionado às obras construídas durante os competentes governos militares. Ponte Rio – Niterói, Itaipu e tantos outros gigantes da engenharia construídos através da competente administração militar. O bom exemplo foi dado. Bastava seguir em frente absorvendo as boas práticas realizadas naquele tempo.
    Hoje, o povo escolheu o seu caminho. O que não dá aos eleitos a oportunidade de fazerem o que quiserem com o nosso sagrado dinheiro. Vamos a luta sim, mas ordeiramente e dentro do respeito à democracia e às instituições hoje maculadas pela lama da corrupção.
    Obviamente sob os olhos atentos de nossas competentes Forças Armadas, garantidoras da democracia e sempre, eternamente a favor do povo brasileiro.

  10. No Golpe, não havia unanimidade.
    Quem sacou primeiro, levou..
    Mas os que não gostaram, morreram
    torturados pelos Marginais de farda
    Mas não se entregaram e lutaram.
    Foram importantes na nossa retomada.
    Culpados…com a Globo, Folha, e EUA..

  11. HISTORIA FURADA
    Esta historia de golpe é furada. O que o povo tem cobrado é a LEI, apenas a LEI.
    *Se houve uso de recursos ilícitos na campanha, é proibido e por lei, cassa a eleição;
    *Se houve abuso do poder econômico e uso da máquina pública na campanha (correios, por exemplo), tem que ser cassada a eleição;
    *Se houve prevaricação (autorização ou vistas grossas à corrupção), tem que cassar (neste caso cassa apenas a Presidente).
    O resto é chorumelas. Ninguem ker golpe, e exigir a lei não é golpe. Não adianta vir com esta: a presidAnta foi eleita, pois eleição pressupõe regras e a quebra dela implica em não diplomar.
    Se fosse o contrário, eleito Aécio, ou se o Frnando Henrique tivesse feito 10% dos “mal feitos” (nome carinhoso dado por Dilma à corrupção) que fez o Lula e Dilma, a PTzada estaria na rua, cobrando: democracia e cassação. Cambada de safados

  12. JRON VOCÊ TEM RAZÃO. REALMENTE O POVO NÃO AGUENTA MAIS TANTA CORRUPÇÃO. PORÉM, EM GOVERNOS ANTERIORES AO PT, NINGUÉM SABIA SOBRE CORRUPÇÃO E QUANDO EXISTIA NINGUÉM INVESTIGAVA. AGORA, SEGUNDO O MINISTRO CARDOZO, DOA A QUEM DOER VAI TER PUNIÇÃO. BEM AO CONTRÁRIO DO GOVERNO FHC QUE MANDAVA PARA O ENGAVETADOR MOR.

  13. Observamos que os militares pela sua formação, sempre cumpriram o que a lei determina no momento, fizeram parte da administração, que hoje vemos que não seria a praia deles, tanto que se desgastaram, estão corretos em afirmar que a democracia deve preponderar, e cabe a eles a manterem, se a população está descontente, temos outros órgãos para resolver, ou todos no país são corruptos, acho que nesse momento está mais para dor da derrota do que a preocupação do futuro do país, sempre foi aos que perdem nunca estarão satisfeitos.

  14. Essa cambada ainda vai apanhar de chinelo. Bando de vira-latas

  15. È só colocar na gaiola meia duzia de tucanos que a coisa se acalma.

  16. Já não se fazem mais militares como antigamente.

  17. Há unanimidade nas Forças Armadas? Essa é a pergunta! O povo não aguenta mais tanta corrupção nos Três Poderes.

    • Pelo que apresenta a força militar quase que não existe mais, agora quem não aguenta mais a corrupção e enganação no Brasil é o povo de bem.

    • Poruqe Jron? Vão querer dar jm golpe nas forças armadas também? Ou vão querer uma divisão criando o comando das forças armadas do país do sul do Brasil. Chega cara. Encheu o saco!

    • Nunca houve unanimidade em torno de qualquer poder. Mas cabe pelo menos outra pergunta, com base na experiência histórica: a CIA e a igreja católica apoiariam um novo golpe militar?
      Se a resposta for SIM, cadê as Marchas pela Família e congêneres? Se for NÃO, seria por que instituições nacionais e internacionais compreendem que essa neura de corrupção e impunidade absolutas é mais um fantasma da direita? (Convenhamos: corrupção sempre houve e sempre haverá, como a luta contra ela também deve ser constante. Nunca se puniu tanto, nunca se devolveu tanto dinheiro aos cofres públicos como hoje.)

    • esses velhos nem enxergam mais.o exército esta sucateado em tudo até pessoas. velhos gagas ultrapassados.esse é o problema de se manter uma pessoa no cargo por muito tempo.