Mercadante dá sapecada em FHC: “Precisa sair do palanque”

em>do Brasil 247
mercadante_FHCO ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, rebateu nesta quarta-feira 12 as críticas feitas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de que a presidente Dilma Rousseff estaria “quebrando o País” com a proposta, enviada ao Congresso, de alterar a meta do superávit primário. Mercadante defendeu que o tucano ‘desça do palanque’.

“Eu acho que é preciso, quando acaba a eleição, a gente sair do palanque, discutir as coisas com mais racionalidade, especialmente para quem foi governo e enfrentou dificuldades, lembrando que as crises enfrentadas no passado eram muito menores do que as que tem hoje”, disse o ministro.

Mercadante afirmou ainda entender “esse tipo de intervenção”, pois esteve durante muito tempo na oposição, mas ressaltou que o Brasil tem bases sólidas. Segundo ele, o governo Dilma está “pronto para comparar qualquer indicador”.

Mais cedo, durante uma palestra, FHC afirmou, sobre o projeto que altera o cálculo do superávit, que o governo tenta “driblar” a meta fiscal, e ironizou, afirmando que nem mesmo o Rei Pelé conseguiria tal façanha. “à‰ um drible que não dá certo, vai mostrar a incompetência de bem gerir a economia do Brasil, é um gol contra, não tem sentido”, disse.

Ele rebateu também crítica anterior que recebeu da petista durante a campanha eleitoral, de que havia quebrado o País três vezes. “A Dilma falou que eu quebrei o País três vezes, não sei quando. Agora é ela quem está quebrando (o país)”, afirmou o tucano, que proferiu palestra em um evento de tecnologia hoje, em São Paulo.

Comentários encerrados.