Derrota em campo acirra disputa eleitoral no Coritiba

eleicao_coxa.jpgSe correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Eis a situação do presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, que terá de enfrentar as urnas no próximo dia 13 de dezembro. Será a última grande disputa eleitoral de 2014 no estado do Paraná que, a exemplo do segundo turno presidencial, acontecerá sob o signo da mudança.

Para complicar o quadro político da “situação”, o Coxa perdeu ontem do Flamengo no Maracanã pelo placar de 3 a 2. O time do Alto da Glória corre o risco de voltar à  zona de rebaixamento, se perder na próxima rodada para o Vitória.

Fora das quatro linhas do gramado, os 9 mil sócios-torcedores do clube, que têm direito a voto, querem mudança independente de o Coritiba ser defenestrado ou continuar na elite do futebol brasileiro.

A nação coxa-branca quer mudança porque, segundo apurou o Blog do Esmael, porque seu principal adversário, o Atlético, tem melhor desempenho em campo com metade da folha de pagamento. Essa opinião é compartilhada pelo empresário André Macias, vice na chapa oposicionista “Coxa Maior”, que altruisticamente abriu mão de disputar a presidência do clube em favor do cartorário Rogério Bacellar.

Mesmo com as críticas de incompetência administrativa, Vilson Andrade tentará a reeleição com a chapa Coritiba, Nós Construímos!. O dirigente não cogita desistir da luta por mais um mandato.

A chapa de oposição comandada por Bacellar e Macias tem novidade que podem desequilibrar a situação. A mulher do craque Alex, Daiane Mauad, está entre os 160 sócios da chapa “Coxa Maior”. Entretanto, o camisa 10 do Coritiba jura que não vai se meter nessa disputa eleitoral. Será?

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I’m newbie to blogs and absolutely savored you’re blog. Probably I’m want to bookmark your blog post . You really have remarkable articles and reviews. Thank you for revealing your webpage.

  2. Engraçado o coração de torcedor é uma droga mesmo, pensem a longo prazo é muito bom deixar claro oq tem sido feito pelo clube extra campo.

    Marca Coritiba valoriza 120% na Gestão de Vilson

    Em pesquisa divulgada em junho de 2014 pela BDO RCS – Auditores Independentes, a quinta maior empresa de auditoria do Brasil, sobre o ranking de avaliação das marcas dos trinta clubes mais importantes do mercado de futebol, o Coritiba está entre os que mais cresceram. Nos últimos cinco anos, a marca coxa-branca, que era avaliada em R$ 53,4 milhões, passou a valer na atualidade R$ 118,5 milhões, um incremento de 120%, o quarto maior crescimento entre o conjunto dos clubes.

    Na análise da BDO, as marcas que mais valorizaram foram Cruzeiro, Bahia, Atlético Mineiro e Coritiba, alcançando médias bem acima do conjunto dos 30 clubes. No último ano, por exemplo, a marca Coritiba subiu 28% contra 19% de crescimento da soma média de todos os clubes do ranking TOP30, no mesmo período. A destacar ainda, no caso do Coritiba, o número é mais expressivo porque reforça o seguinte fato: a marca CFC lidera o ranking do grupo fora do eixo São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre e consolida a liderança regional.

    Patrocínios

    O gradativo crescimento do valor da marca coritibana se deu paralelamente ao crescimento no valor arrecadado com os patrocínios do clube. De 2011 a 2014, com a alteração dos patrocinadores masters do clube para empresas como a Nike, a Coca-Cola, a Pro Tork, a Caixa Econômica Federal e a Dufrio, representou um aumento de 140% nos valores recebidos pelo clube.

    A parceria com a Nike, líder mundial em vendas de material esportivo, começou em fevereiro de 2012. De lá para cá foram nove modelos diferenciados de camisas lançadas, além dos uniformes de treino e passeio. Já com a Caixa Econômica, o contrato foi firmado em 2013, com uma valorização nas propriedades do clube e o Coxa se tornou o primeiro clube de futebol do Brasil a se tornar correspondente CAIXA Aqui, disponibilizando uma série de produtos e serviços, como arrecadação de contas, depósitos, pagamentos e saques. O contrato com a Spaipa, empresa do ramo de bebidas, foi firmado em 2010 e a parceria vem se fortalecendo cada vez mais com ações especiais para a torcida alviverde. Com a Dufrio, empresa especializada em refrigeração, o Coxa assinou o patrocínio ainda em 2014.

    Em relação à Pro Tork, maior fábrica de motopeças da América Latina, o Coritiba firmou a parceria no início de 2013 com a aplicação da logomarca da empresa na manga da camisa coxa-branca. No entanto, o sucesso deste contrato tomou proporções ainda maiores. A Pro Tork se tornou a maior parceira do Coritiba, com a construção do novo setor no Couto Pereira, além de promover inúmeras ações em conjunto com o clube.

    Além destes grandes patrocínios, o Coritiba tem, como parte de sua receita anual, mais de R$3,2 milhões com acordos de permuta com empresas, em diferentes serviços, como a rede de hotéis Bourbon, a Nutrilatina, a Panvel, o Hospital Costantini, entre outros parceiros do clube.

  3. A foto da oposição parece um velória, mas que isso não engane ninguém, com um time morto igual ao deles, só poderia ser um VELÓRIA PELA VOLTA A SEGUNDA DIVISÃO PELA SEXTA VEZ.

  4. FICA VIRSÃO, FICA VIRSÃO PARA MAIS UMA TEMPORADA DE ALEGRIA A TORCIDA ADVERSÁRIA.

  5. sÓ UM HOMEM ESTÁ TENTANDO SALVAR O cORITIBA…JOEL.

  6. Somente um homem de coragem pode salvar o Coritiba. Ernesto Pedroso.

  7. Parece um velório, tem flor, crucifixo, gente séria, etc.

  8. Deve ser muito bom ser presidente de time de futebol. O cidadão não é remunerado, normalmente só tem dor de cabeça, mas não larga o osso. Será que os agrados da CBF são tão bons assim? Benzadeus…