Coluna do Marcelo Araújo: Pátio da Setran, quem paga essa conta?