Coluna de Requião Filho: Calote de Richa & guinada à  direita de Dilma

requiao_dilma_beto.jpgRequião Filho*

Fim de ano. As casas legislativas estão prestes a entrar de recesso. Novos governos começam a ser desenhados. A presidente Dilma choca todos que votaram nela dando uma guinada à  direita nomeando os banqueiros para cuidar do dinheiro do povo. O governador de nosso Estado não anuncia mudanças pra não desagradar ninguém. Em comum? A falta de coragem.

Nossa presidente “coração valente” parece ter sido afetada pelas ameaças daquele famoso assassino de presidentes, o tal Mercado. O governador não toma posição pois tem gente demais cobrando as promessas dele feitas durante a campanha e agora não quer enfrentar aqueles que vão descobrir que as promessas foram vazias e feitas a várias pessoas que agora buscam ser recompensadas.

O caixa do governo do Paraná não há de fechar. Tampouco terá, pelo jeito, um final feliz o caixa do governo federal. Ano que vem será pauleira! Apertos, contorcionismos fiscais e arroxo tributário para pagar as contas. Mas é final de ano e é hora de ter esperança.

Eu tenho a esperança, quase que lúdica, e acredito. Acredito que, se a PF fez seu trabalho direito e não se perdeu em uma caça à s bruxas eleitoral, se o MP não fizer denúncias que serão desqualificadas mais tarde pelos ministros dos Tribunais Superiores por erros crassos ou técnicos, e que se nosso judiciário julgar baseado em fatos e evidências, bem como se os poderes executivos e legislativos não politizarem demasiadamente, tampouco a mídia se venda para defender interesses escusos, teremos o primeiro passo para combater de verdade a corrupção.

A operação lava-jato pode colocar na cadeia políticos, lobistas, empreiteiros e empresários. Podemos começar a caminhar em direção ao fim do sentimento de impunidade.

Ver corruptos e corruptores atrás das grades juntos é um sonho de todo brasileiro indignado, independente de vertente política. Ver a lei cumprida e ver empreiteiras declaradas inidôneas pode ser o recado que falta aos corruptores. Lobistas presos é um sinal de que esse jeitinho de ganhar licitações e obras não compensa.

Até imagino, na minha esperança de ver as coisas em ordem, que a Dilma anuncie que era pegadinha do malandro anunciar o Levy como ministro e que o coração valente não parou de bater por medo de ameaças do mercado.

Ainda, ungido deste espírito de fim de ano, espero que o governador cumpra suas promessas, espero que o Paraná real chegue perto daquele que existiu em propaganda.

Cético espero… e realista procurarei fazer minha parte. Vamos ao trabalho.

*Requião Filho é advogado, deputado estadual eleito pelo PMDB, especialista em políticas públicas. Escreve à s quintas no Blog do Esmael.

Comentários encerrados.