Carta fora do baralho da Assembleia, Ratinho Jr agora quer roer mais cargos no governo do Paraná

traiano_alep_rato.jpgAté as capivaras do tradicional Parque Barigui, em Curitiba, sabem que o deputado Ademar Traiano (PSDB), líder do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), será eleito presidente daquela Casa em 2 de fevereiro de 2015.

A Ratinho Júnior (PSC), que pensava disputar, resta o direito ao esperneio, o famoso jus sperniandi, com o objetivo claro de roer mais cargos no governo do estado. Para isso, a título de pressão no Palácio Iguaçu, diz que mantém a natimorta candidatura contra o líder de Beto Richa.

Traiano liquidou a fatura da eleição quando conseguiu fechar o apoio da bancada do PMDB. Costurou com todas as alas do partido, inclusive a requianista, cedendo espaço na mesa executiva e nas comissões da Casa.

Não há espaço para Ratinho Júnior manobrar e promover uma reviravolta na disputa porque tem um troço chamado futuro que o impede. O pequeno roedor tem planos para 2018, quando pretende disputar a sucessão de Richa.

Por que raios o PP de Ricardo Barros, com 4 deputados, iria dar milho para bode? Ou seja, por que fortalecer Ratinho que vai concorrer com sua esposa, a vice Cida Borghetti, ao Palácio Iguaçu? Seria como criar corvos para comer-lhes os olhos mais adiante.

Na corrida por 2018, Traiano é uma “Suíça”. Ambiciosa o imediato, a ALEP, não o estratégico, o governo.

Há na verdade apenas uma “bala de prata” para Ratinho: convencer o governador do PSDB a retirar a candidatura do PSDB para apoiá-lo. Em síntese, Richa teria de descer do muro, entrar na briga da ALEP para defenestrar seu líder dos últimos quase 4 anos. à‰ mais fácil o Saci-Pererê cruzar as pernas que bater a combinação desses resultados.

Em nome do futuro, a tendência é que Traiano amplie a vantagem na corrida pela presidência da ALEP; por causa do futuro, é possível que Ratinho Júnior afrouxe o sutiã! e assegure uma “vitaminada” Secretaria de Estado do Urbanismo (SEDU) e de mais cargos no governo Richa.

Como diz o ditado, essa da ALEP já à‰lvis.

Comentários encerrados.