Ainda no radar de Dilma, senador Requião cancela viagem ao Vietnã

requiao_comunicacao.jpgO senador Roberto Requião (PMDB-PR) cancelou viagem que faria a partir deste sábado (22) para Hanói, no Vietnã, para acompanhar de perto o anúncio do ministério de Dilma Rousseff (PT).

Para consumo externo, o peemedebista afirma que desistiu da viagem por causa do preço caro da passagem: R$ 32 mil. O valor seria custeado pelo Senado devido à  natureza diplomática do evento no país asiático.

à€ revelia da velha mídia — leia-se, Globo, Veja, Estadão, Folha — Requião fora sondado na semana que passou para o ministério da Fazenda (clique aqui). Disse que aceitaria desde que fosse de “porteira fechada” para indicar a equipe econômica. Nada feito. Prevaleceu a tese e os nomes do ex-presidente Lula.

O senador paranaense desistiu da viagem ao Vietnã. Só por causa do preço da passagem? Há quem diga que o velho peemedebista de guerra esteja na espreita à  espera de uma convocação de Dilma.

Para onde iria Requião? Fala-se agora que pode assumir o Ministério das Comunicações, o mesmo ocupado hoje pelo arquirrival Paulo Bernardo, para executar uma missão espinhosa: regular a mídia no país.

Comentários encerrados.