Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

22 de novembro de 2014
por esmael
16 Comentários

Veja golpeia e Planalto reage: “Mais uma vez, irá fracassar”

vai Brasil 247

veja

Já ficou manjado, de tão repetitivo. A cada semana, a revista Veja, da Editora Abril, tentará um novo golpe contra a presidente Dilma Rousseff.

Depois de passar pela maior humilhação da história do jornalismo brasileiro, ao ser condenada a publicar um direito de resposta em pleno dia de votação, por tentar, segundo a Justiça, manipular a opinião pública, Veja atacou novamente, neste fim de semana.

A “bomba” é um email de Paulo Roberto Costa para a então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, em que o ex-diretor da Petrobras trata de restrições do Tribunal de Contas da União à s obras da Refinaria Abreu e Lima. Na mensagem, Costa propõe que o tema passe pelo Congresso. Segundo Veja, naquele momento, Dilma poderia ter feito parar o chamado “petrolão”.

Em nota, o Palácio do Planalto reagiu. “Depois de tentar interferir no resultado das eleições presidenciais, numa operação condenada pela Justiça eleitoral, Veja tenta enganar seus leitores ao insinuar que, em 2009, já se sabia dos desvios praticados pelo senhor Paulo Roberto Costa, diretor da Petrobras demitido em março de 2012 pelo governo da presidenta Dilma”, diz o texto. “As práticas ilegais do senhor Paulo Roberto Costa só vieram a público em 2014, graças à s investigações conduzidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público.”

22 de novembro de 2014
por esmael
22 Comentários

Ainda no radar de Dilma, senador Requião cancela viagem ao Vietnã

requiao_comunicacao.jpgO senador Roberto Requião (PMDB-PR) cancelou viagem que faria a partir deste sábado (22) para Hanói, no Vietnã, para acompanhar de perto o anúncio do ministério de Dilma Rousseff (PT). Leia mais

22 de novembro de 2014
por esmael
3 Comentários

Ex-primeiro ministro português José Sócrates é detido em Lisboa

Da Agência Lusa, via Agência Brasil
socratesO ex-primeiro ministro português José Sócrates foi detido nesta sexta-feira (22) no âmbito de um processo no qual foram investigados crimes de fraude fiscal, informou, em nota, a Procuradoria-Geral da República (PGR) de Portugal. à‰ a primeira vez na história da democracia portuguesa que um ex-primeiro ministro é detido para interrogatório judicial.

Segundo fontes policiais, a detenção foi feita quando Sócrates chegava ao aeroporto de Lisboa. Além dele, outras três pessoas já tinham sido detidas em diligências feitas nos últimos dias, relatou a PGR.

O inquérito, que está sendo feito no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), incide sobre suspeitas de crimes de fraude fiscal, lavagem de dinheiro e corrupção.

22 de novembro de 2014
por esmael
6 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: Salve o Almirante Negro!

almirante_gomyde.jpgRicardo Gomyde*

No dia 22 de novembro de 1910 iniciou-se o levante conhecido como “Revolta da Chibata”. Diversos marinheiros brasileiros assumiram o comando das mais importantes embarcações do país: o cruzador Bahia e os encouraçados Minas Gerais, São Paulo e Deodoro e posicionaram-se na Bahia da Guanabara, Rio de Janeiro, apontando seus canhões para a cidade. Pouco tempo antes, em 1888 a escravidão foi abolida, mas ainda persistiam seus reflexos. Na marinha, persistam as punições por açoite de chibatas, o que não era mais aceito pelos marinheiros que cobravam da recente república e do presidente Hermes da Fonseca o seu fim. Leia mais

22 de novembro de 2014
por esmael
19 Comentários

Homem de US$ 100 milhões rouba a Petrobras desde o início da era FHC

do Brasil 247
barusco_fhcDepois de ter causado espanto ao declarar que devolveria uma fortuna de US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 252 milhões), obtidos irregularmente, aos cofres públicos, o ex-gerente da diretoria de Serviços da Petrobras Pedro Barusco admitiu que recebe propina há 18 anos, desde o início da era FHC, por meio de contratos da estatal. Esse é o motivo, segundo ele, para ter conseguido acumular tamanha fortuna.

Na semana passada, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse sentir “vergonha” do que está acontecendo na Petrobras. “Tenho vergonha como brasileiro, tenho vergonha de dizer o que está acontecendo na Petrobrás”, afirmou.

Barusco admitiu, em delação premiada, que desvia verbas por meio de contratos na estatal do petróleo desde 1996, segundo ano do governo do ex-presidente tucano. Ele também confirmou ter recebido US$ 22 milhões em propina apenas da holandesa SBM Offshore, que trabalha com afretamento de navios-plataforma.