8 de novembro de 2014
por Esmael Morais
4 Comentários

Gorbachev diz que mundo está à  beira de nova Guerra Fria

da Reuters
MikhailGorbachev_muro.jpgO ex-líder soviético Mikhail Gorbachev advertiu em um discurso em Berlim neste sábado que as tensões Leste-Oeste com a crise Ucrânia estão ameaçando levar o mundo rumo a uma nova Guerra Fria, 25 anos após a queda do Muro de Berlim.

Gorbachev, que é creditado por forjar a aproximação com o Ocidente que levou ao fim dos regimes comunistas na Europa Oriental, acusou o Ocidente, e os Estados Unidos em particular, de não cumprirem suas promessas depois de 1989.

“O mundo está à  beira de uma nova Guerra Fria. Alguns dizem que isso já começou”, disse Gorbachev, que é festejado na Alemanha por seu papel crucial em ajudar a criar as condições para a abertura pacífica do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989, anunciando o fim da Guerra Fria. Leia mais

8 de novembro de 2014
por Esmael Morais
12 Comentários

Candidato de Globo e Veja, Cunha promete “engavetar” regulação da mídia se eleito presidente da Câmara

cunha_midia.jpgO deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) é da tropa de choque da velha mídia. No início deste ano, no exercício da liderança peemedebista na Câmara, orientava a bancada para votar contra o marco civil da internet. Ele fazia lobby para as teles e empresas de radiodifusão como a TV Globo (clique aqui). ... 

Leia mais

8 de novembro de 2014
por Esmael Morais
37 Comentários

Dilma está só ou Veja é que não foi convidada para a festa?

do Brasil 247
dilma_vejaO pior cego, diz o provérbio, é aquele que não quer ver. Este parece ser o caso da revista Veja, carro-chefe da Editora Abril, empresa que, no dia das eleições presidenciais, viveu o maior vexame da história da imprensa brasileira, ao ser condenada a publicar um direito de resposta em favor de uma candidatura (a da presidente Dilma Rousseff) por tentar golpear a democracia brasileira com sua tentativa de manipular as intenções de voto na notória capa “eles sabiam de tudo”.

Isolada em seu fanatismo anti-Dilma, anti-PT e, muitas vezes, até anti-Brasil, Veja dedica sua capa desta semana à  suposta “solidão da vitória” da presidente reeleita. De acordo com a revista, Dilma venceu, mas sem saber exatamente “por que” e “para quê”. Leia mais