Sem função no Palácio Iguaçu, Arns aproveitado na reforma de Fruet

Compartilhe agora!

richa_arns_fruet.jpgO vice-governador Flávio Arns (PSDB) não deverá ficar na chuva a partir de 1!º de janeiro de 2015, quando perderá o título para a vice eleita Cida Borghetti (PROS). Segundo fontes palacianas, o ex-secretário da Educação possivelmente! será aproveitado pelo prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), na reforma do secretariado em curso.

O pedetista iniciou a reforma com a extinção, por decreto, das secretarias de Habitação e Relações com a Comunidade. Mas as mexidas serão mais profundas porque o cenário agora, pós-eleição, é de guerra pela própria reeleição em 2016 (clique aqui).

Arns sempre teve boas relações com Fruet para quem cedeu!, no ano passado, sua ex-superintendente na Secretaria de Educação (SEED), Meroujy Cavet, para o primeiro escalão da Prefeitura de Curitiba (clique aqui).

A política de boa vizinhança entre Palácio Iguaçu e Palácio 29 de Março tem sido uma constante. No início desde ano, por exemplo, o ex-diretor-presidente da TV Educativa, Paulo Vítola, fora enviado pelo governador Beto Richa (PSDB) para atuar como interventor na Secretaria Municipal da Comunicação de Curitiba (clique aqui).

Não estranhe o caro leitor se Fruet abrigar mais tucanos graúdos na “barrosa” municipal. Recorde-se que o cobertor ficou muito curto com a derrota de Aécio Neves e o governador Beto Richa precisa agasalhar nada mais nada menos que 17 siglas sob suas asas, isto é, se quiser pensar no Senado em 2018.

Compartilhe agora!

Comments are closed.