Por Esmael Morais

“Richa ainda não explicou ‘funcionários fantasmas’ ao Paraná”, diz Geonísio

Publicado em 03/10/2014

Maio de 2008 !“ Beto Richa é denunciado por contratar funcionários fantasmas! em seu gabinete pelo advogado Guilherme Gehlen e seu representante, o também advogado Vanderlei Bonatto.

Dezembro de 2008 !“ Ministério Público Estadual de Defesa do Patrimônio Público abre investigações.

Março de 2009 !“ Ministério Público ouve cinco testemunhas e encaminha o processo para o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR).

Dezembro de 2009 !“ O TJPR entende que o processo é de competência federal.

Janeiro de 2010 !“ O processo vai para o Tribunal Regional Federal da 4!ª Região (TRF-4).

Agosto de 2010 – O TRF-4 envia o processo para o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Novembro de 2010 !“ STJ recebe o processo.

Fevereiro de 2011 !“ Os autos seguem do STJ para o Ministério Público Federal (MPF).

Março de 2012 !“ MPF abre processo contra Beto Richa e solicita o apensamento dos autos de inquérito 721 (2011/0013369-3) no STJ.

Veja a intimação do STJ para o depoimento de Beto Richa:
http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/10/STJ_Richa_Fantasmas.pdf