Ratinho Júnior prefere presidir a Assembleia a matar cachorro a grito! no governo Beto Richa

Publicado em 28 outubro, 2014

alep_ratinho.jpgO deputado estadual eleito Ratinho Júnior (PSC) poderá declinar de convite para reassumir a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU). A amigos e correligionários, o parlamentar confidenciou que aceitaria voltar ao cargo se o senador Aécio Neves (PSDB) tivesse sido eleito no domingo (26).

A recusa de Ratinho teria relação com o “inverno” que possivelmente castigará o governador Beto Richa (PSDB) pelos próximos 4 anos devido à  falta de recursos. Com a eleição do tucano, suspira o deputado do PSC, dinheiro viria mais fácil aos cofres do estado e a pasta poderia ser transformada num canhão visando 2018.

Ainda de acordo com interlocutores, o corte de 30% no custeio para realizar a folha e o 13!º salário do funcionalismo público seria a prova concreta de que o parlamentar “está certo” na análise.

Por essas e outras, Ratinho Júnior, individualmente dono da maior bancada com 12 deputados, estaria mais disposto lutar pela presidência da Assembleia Legislativa do Paraná do que “matar cachorro a grito” ao lado de Richa.

Mas, ainda falta o líder do PSC combinar com os russos, isto é, com os veteranos Ademar Traiano (PSDB), Alexandre Curi (PMDB) e Plauto Miró (DEM).

A eleição para a mesa executiva da Assembleia só ocorrerá em fevereiro de 2015, mas já movimenta os bastidores da política paranaense.

Comments are closed.