Gleisi se destaca em debate na UEL; Richa, mesmo ausente, leva vaia

Beto Richa (PSDB), Roberto Requião (PMDB) e Geonísio Marinho (PRTB) não compareceram ao debate promovido hoje pela Universidade Estadual de Londrina (UEL); sobrou espaço para Gleisi Hoffmann (PT) que

Beto Richa (PSDB), Roberto Requião (PMDB) e Geonísio Marinho (PRTB) não compareceram ao debate promovido hoje pela Universidade Estadual de Londrina (UEL); sobrou espaço para Gleisi Hoffmann (PT) que “nadou de braçada”, além dos demais candidatos ditos “nanicos”. Mesmo ausente, Beto Richa tomou vaia de cerca de mil pessoas.

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) promoveu nesta quarta-feira (3) pela manhã um debate com os candidatos ao governo do Estado. Com a ausência de Beto Richa (PSDB), Roberto Requião (PMDB) e Geonísio Marinho (PRTB), sobrou muito espaço para a senadora Gleisi Hoffmann (PT) que foi o destaque de evento.

Requião alegou questão de saúde. Marinho não justificou a ausência. Já o governador Beto Richa alegou! compromisso assumido anteriormente. Mas com o anúncio de que Richa não viria, a plenária soltou uma sonora vaia, que talvez tenha sido o real motivo de não ter ido ao debate.

Com espaço de sobra, Gleisi reafirmou compromisso com o fortalecimento do ensino superior no Paraná e com a valorização dos professores. Ela também garantiu o papel fundamental para as universidades no desenvolvimento do Estado, auxiliando na capacitação, elaboração de projetos e na discussão dos problemas da comunidade.! ! 

O debate reuniu cerca de mil pessoas entre professores, estudantes e servidores da Universidade.

A ausência dos candidatos também foi criticada pelo mediador do debate, o jornalista e professor da UEL Fábio Silveira. “Se eles não vêm ao interior sequer para pedirem votos, imagina na hora de governar.”

O debate na UEL foi promovido pela ASSUEL (Sindicato dos Servidores Públicos Técnico-Administrativos da Universidade Estadual de Londrina), Sindicato dos Professores do Ensino Superior Público Estadual de Londrina e região (Sindiprol/Aduel), Sindicato dos Professores no Estado do Paraná (Sinpropar), Sindicatos dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar), Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Superior do Oeste do Paraná (Sinteoeste), Sindicatos dos Trabalhadores do Ensino Superior da Unicentro (Sintesu) e Sindicato Professores e Técnicos da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Sintespo).

Comentários encerrados.