Eliane Cantanhêde, na Folha: “Marina pode ter sido um sonho de verão”

Publicado em 28 setembro, 2014
Compartilhe agora!

do Brasil 247

Na opinião da colunista, "a campanha sonhática teria de ter trunfos, garra, um pulo do gato"; "De nada adianta o alerta de que a campanha de Dilma faz o diabo, mente, inventa, manipula. O importante é que os fins justificam os meios, lembra?, e o medo vai vencendo a esperança", escreve a jornalista.
Na opinião da colunista, “a campanha sonhática teria de ter trunfos, garra, um pulo do gato”; “De nada adianta o alerta de que a campanha de Dilma faz o diabo, mente, inventa, manipula. O importante é que os fins justificam os meios, lembra?, e o medo vai vencendo a esperança”, escreve a jornalista.
Depois de descrever a virada da presidente Dilma Rousseff nas pesquisas de intenção de voto, e dizer que a petista “acelera para a vitória”, enquanto Marina Silva “vai desmilinguindo”, Eliane Cantanhêde constata: a candidata do PSB “pode ter sido um sonho de verão”.

Segundo ela, “a campanha sonhática teria de ter trunfos, garra, um pulo do gato”. Afinal, diz, “de nada adianta o alerta de que a campanha de Dilma faz o diabo, mente, inventa, manipula. O importante é que os fins justificam os meios, lembra?, e o medo vai vencendo a esperança”.

A jornalista da Folha diz ainda que “a melhor aposta é de Dilma e Marina no segundo turno e mais um mandato para o PT”. Mas que “Dilma vencer no primeiro turno, Marina encorpar no segundo e Aécio surpreender no final são todas hipóteses improváveis, mas nenhuma delas é impossível”. Leia aqui sua coluna deste domingo.

Compartilhe agora!

Comments are closed.