Datafolha é multado por esconder dados de pesquisa no Paraná

O que o Datafolha tem a esconder?!, pergunta o advogado Luiz Fernando Delazari, ao comentar multa de R$ 10.641,00 contra o instituto de pesquisa contratado pela RPC TV (Globo) para levantar a intenção de votos para o governo do Paraná; DatafAlha descumpriu determinação do magistrado que o obrigava abrir planilhas com os questionários, como prevê a Lei Eleitoral, ao senador Roberto Requião, candidato ao governo.

O que o Datafolha tem a esconder?!, pergunta o advogado Luiz Fernando Delazari, ao comentar multa de R$ 10.641,00 contra o instituto de pesquisa contratado pela RPC TV (Globo) para levantar a intenção de votos para o governo do Paraná; DatafAlha descumpriu determinação do magistrado que o obrigava abrir planilhas com os questionários, como prevê a Lei Eleitoral, ao senador Roberto Requião, candidato ao governo.

O desembargador Guido José Dà¶beli, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), nesta segunda-feira (22), aplicou multa de R$ 10.641,00 contra o instituto Datafolha, que no estado ganhou a corruptela DatafAlha, por sonegar informações relativas à  sondagem sobre a disputa pelo Palácio Iguaçu.

O DatafAlha descumpriu determinação do magistrado que o obrigava abrir planilhas com os questionários, como prevê a Lei Eleitoral, ao senador Roberto Requião, candidato ao governo.

Esta é a segunda derrota do DatafAlha na Justiça do Paraná. A primeira, anotada hoje pela manhã no Blog do Esmael, tem a ver com falhas do instituto na pesquisa. A empresa registrou no site do TSE que divulgará levantamento no “dia 24”, mas realizará as entrevistas nos dias “25 e 26” (clique aqui).

A seguir, leia a íntegra da decisão que multou o DatafAlha:
http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/09/Datafolha_multa.pdf

Comentários encerrados.