3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
26 Comentários

Marina recusa gravar para Richa, que fica sem palanque forte no PR

Presidenciável Marina Silva rejeitou gravar programa eleitoral para Beto Richa, mas liberou o xará desconhecido Beto Albuquerque, vice em sua chapa, que apareceu na telinha hoje à  noite; governador do Paraná se diz "surpreso" com o avanço da candidata do PSB nas pesquisas de intenções de voto; queda de Aécio nas sondagens tem potencial para puxar tucano para o buraco; a conferir.

Presidenciável Marina Silva rejeitou gravar programa eleitoral para Beto Richa, mas liberou o xará desconhecido Beto Albuquerque, vice em sua chapa, que apareceu na telinha hoje à  noite; governador do Paraná se diz “surpreso” com o avanço da candidata do PSB nas pesquisas de intenções de voto; queda de Aécio nas sondagens tem potencial para puxar tucano para o buraco; a conferir.

A presidenciável Marina Silva (PSB) cumpriu sua promessa (clique aqui) ao não gravar para o horário eleitoral do governador Beto Richa (PSDB). Na noite desta quarta-feira (3), o tucano mostrou no programa de televisão o desconhecido deputado Beto Albuquerque (PSB-RS), que concorre na vice da herdeira de Eduardo Campos. ... 

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
24 Comentários

Datafolha também vê crescimento de Dilma (35%) e teto para Marina (34%)

do Brasil 247

Menos de duas horas após divulgação do Ibope, pesquisa Datafolha confirma acirramento da disputa presidencial; após empate em 34% no último levantamento, agora presidente Dilma marca 35%, com Marina Silva permanecendo no índice anterior; diferença em eventual segundo se estreita, caindo de 10 pontos antes (50% para Marina contra 40% para Dilma) para sete pontos agora (48% a 41%); coleta de dados aconteceu entre a segunda-feira 1 e esta quarta-feira 3; Aécio Neves fica com 14%; eleição em ritmo frenético.

Menos de duas horas após divulgação do Ibope, pesquisa Datafolha confirma acirramento da disputa presidencial; após empate em 34% no último levantamento, agora presidente Dilma marca 35%, com Marina Silva permanecendo no índice anterior; diferença em eventual segundo se estreita, caindo de 10 pontos antes (50% para Marina contra 40% para Dilma) para sete pontos agora (48% a 41%); coleta de dados aconteceu entre a segunda-feira 1 e esta quarta-feira 3; Aécio Neves fica com 14%; eleição em ritmo frenético.

Com levantamento de campo realizado entre a segunda-feira 1 e esta quarta-feira 3, com 10.050 eleitores em todo o País, pesquisa Datafolha confirma pesquisa Ibope divulgada duas horas antes.  ... 

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
27 Comentários

Ibope: Dilma 37%, Marina 33%

do Brasil 247
Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira 3 aponta crescimento de três pontos da presidente Dilma Rousseff, de 34% para 37%, e de quatro pontos de Marina Silva, que avançou de 29% para 33%. A comparação é feita com a última pesquisa Ibope, divulgada no dia 26.

O candidato do PSDB, Aécio Neves, registrou 15% das intenções de voto, uma queda de quatro pontos em comparação à  mostra anterior. Com a pontuação, o tucano confirma isolamento na terceira posição.

Em uma simulação de segundo turno entre Marina e Dilma, a pessebista venceria a presidente com sete pontos de vantagem, por 46% a 39%. Entre Dilma e Aécio, a vitória seria da petista, por 47% a 34%. Na pesquisa anterior, Marina também seria eleita, mas com nove pontos de vantagem: 45% contra 36% de Dilma.

O levantamento, encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela Rede Globo, foi feito entre domingo 31 e terça-feira 2.

Avaliação do governo sobe de 34% para 36%

O percentual de pessoas que consideram o governo Dilma ótimo ou bom passou de 34% para 36% em uma semana, apontou também a pesquisa Ibope. Houve queda de um ponto percentual, de 27% para 26%, em relação aos que consideram a gestão da petista ruim ou péssima. A avaliação regular subiu de 36% para 37%.

A rejeição à  presidente caiu cinco pontos: de 36%, na semana passada, para 31%. Enquanto isso, o de Marina subiu dois pontos, de 10% para 12%. A rejeição ao candidato do PSDB, Aécio Neves, permaneceu em 18%.

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
12 Comentários

Gleisi se destaca em debate na UEL; Richa, mesmo ausente, leva vaia

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) promoveu nesta quarta-feira (3) pela manhã um debate com os candidatos ao governo do Estado. Com a ausência de Beto Richa (PSDB), Roberto Requião (PMDB) e Geonísio Marinho (PRTB), sobrou muito espaço para a senadora Gleisi Hoffmann (PT) que foi o destaque de evento.

Requião alegou questão de saúde. Marinho não justificou a ausência. Já o governador Beto Richa alegou! compromisso assumido anteriormente. Mas com o anúncio de que Richa não viria, a plenária soltou uma sonora vaia, que talvez tenha sido o real motivo de não ter ido ao debate.

Com espaço de sobra, Gleisi reafirmou compromisso com o fortalecimento do ensino superior no Paraná e com a valorização dos professores. Ela também garantiu o papel fundamental para as universidades no desenvolvimento do Estado, auxiliando na capacitação, elaboração de projetos e na discussão dos problemas da comunidade.! ! 

O debate reuniu cerca de mil pessoas entre professores, estudantes e servidores da Universidade.

A ausência dos candidatos também foi criticada pelo mediador do debate, o jornalista e professor da UEL Fábio Silveira. “Se eles não vêm ao interior sequer para pedirem votos, imagina na hora de governar.”

O debate na UEL foi promovido pela ASSUEL (Sindicato dos Servidores Públicos Técnico-Administrativos da Universidade Estadual de Londrina), Sindicato dos Professores do Ensino Superior Público Estadual de Londrina e região (Sindiprol/Aduel), Sindicato dos Professores no Estado do Paraná (Sinpropar), Sindicatos dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (Sinteemar), Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Superior do Oeste do Paraná (Sinteoeste), Sindicatos dos Trabalhadores do Ensino Superior da Unicentro (Sintesu) e Sindicato Professores e Técnicos da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Sintespo).

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
11 Comentários

Em bate-boca, Dilma a Marina: ‘à‰ política da verdade, não do medo’

Agência Brasil e Reuters, via Brasil 247
A presidente Dilma Rousseff (PT), em evento de campanha à  reeleição nesta quarta-feira, afirmou que a comparação da adversária Marina Silva (PSB) com o ex-presidente Fernando Collor de Mello, feita na propaganda de TV da petista, não representa a política do “medo”, mas a da “verdade”.

“Não, querida, é a política da verdade. O que nós dissemos, não é que as pessoas são iguais, é que se você não tem número suficiente de deputados você não aprova nenhum projeto”, disse ao ser questionada se a comparação de Marina com Collor, hoje aliado de seu governo, seria uma reedição da política do medo que o PT foi alvo em eleições anteriores.

“Acho que na democracia a gente perde e a gente ganha. Inclusive, eu quero dizer que perdi algumas vezes, mas ganhei outras tantas no Congresso Nacional”, disse Dilma a jornalistas em Belo Horizonte.

Na terça-feira, a propaganda de Dilma na TV exibiu trechos em que um locutor questiona a governabilidade de um eventual governo de Marina, citando os ex-presidentes Collor e Jânio Quadros, que não concluíram os mandatos, como momentos em que o país escolheu “salvadores da pátria” e “chefes do partido do eu sozinho”. Jânio renunciou, e Collor sofreu impeachment.

“A necessidade de negociar é inexorável. à‰ importante saber, ao negociar não ceder diante dos interesses do Brasil”, afirmou.

(Reportagem de Ezequiel Fagundes)

A presidente também disse que, não fossem as medidas anunciadas pelo governo, a indústria estaria hoje em uma situação pior. Leia abaixo na reportagem da Agência Brasil:

Mariana Tokarnia* – Repórter da Agência Brasil

Diante de 120 empresários ligados à  indústria, a presidenta Dilma Rousseff defendeu as políticas de incentivo para o setor desenvolvidas pelo governo. Disse, no entanto, que queria que os resultados de crescimento fossem diferentes. “Eu gostaria que o Brasil estivesse crescendo em um ritmo mais acelerado. Mas imagina o que teria acontecido se não tivéssemos tomado essas medidas. Eu acho que protegemos as condições de ter um futuro na nossa indústria”, disse ao se referir a ações como o Programa de Sustentação do Investimento (PSI) e incentivos tributários para compra de veículos.

O encontro ocorreu na Olimpíada do Conhecimento, que está na oitava edição e reúne estudantes de cursos técnicos para realizar tarefas semelhantes à s que enfrentariam em situações cotidianas no trabalho. Hoje (3), começam as competições entre os 726 participantes.

Dilma reuniu-se com empresários, presidentes de federações e diretores do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e, após apontar a educação e a inovação como caminhos para o desenvolvimento, reconheceu: “vivemos em uma situação bastante complexa na indústria, mas só me pergunto o que seria se não tivéssemos tomado as medidas que tomamos na área Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
11 Comentários

O show de Requião nas redes sociais

Roberto Requião (PMDB) continua ditando o ritmo nas redes sociais, de acordo com monitoramento de 103 mil comentários durante o mês de agosto; candidato peemedebista foi mencionado positivamente por 52,23%, o governador Beto Richa (PSDB) teve 29,11% de menções positivas e a senadora Gleisi Hoffmann (PT) foi citada positivamente 18,66%; Requião inovou ao utilizar sua

Roberto Requião (PMDB) continua ditando o ritmo nas redes sociais, de acordo com monitoramento de 103 mil comentários durante o mês de agosto; candidato peemedebista foi mencionado positivamente por 52,23%, o governador Beto Richa (PSDB) teve 29,11% de menções positivas e a senadora Gleisi Hoffmann (PT) foi citada positivamente 18,66%; Requião inovou ao utilizar sua “TV caseira” na internet para compensar a falta de tempo no horário eleitoral, à s 21h20, nas segundas, quartas e sextas-feiras; nesta semana, por exemplo, o senador criou o personagem Galo Ezequias!.

O Blog do Esmael vem mostrando há meses o comportamento dos internautas nas redes sociais acerca dos candidatos ao governo do Paraná. O monitoramento de comentários no ambiente virtual — blogs, sites, compartilhamentos no Facebook e Twitter, etc. — não é induzido nem considera a ação de trolls... 

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

Freguês: Beto Richa perde mais uma na Justiça para o Blog do Esmael

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, começou a semana perdendo mais representação contra o Blog do Esmael na Justiça. Por unanimidade, o colegiado do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou multa e censura à  interpretação dos números do Datafolha (Por que o Datafolha não divulgou simulação do 2!º Turno? Por quê?).

Richa recorreu da decisão do juiz Leonardo Castanho Mendes semana passada havia negado provimento à  representação número 2437-73, sobre suposta divulgação de pesquisa para o segundo turno.

O candidato do PSDB já foi multado nesta eleição em mais de meio milhão de reais, dinheiro suficiente para comprar cerca de 30 carros Volkswagen modelo Gol 2014.

A seguir, a íntegra da decisão unânime do TRE favorável ao Blog do Esmael:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/09/2437-73_esmael_richa.pdf

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
24 Comentários

Pesquisa “iBeto” vem aí amanhã

RPC TV (Globo) divulga nesta quinta-feira (4) nova pesquisa do Ibope, que foi colocado sob suspeição pelas campanhas de Gleisi e Requião; instituto tem contrato de quase R$ 5 milhões com o governo Beto Richa (PSDB); procurador Gilberto Giacóia, do Ministério Público, ainda não se pronunciou sobre denúncia de fraude eleitoral; que há por trás dessa relação Ibope/RPC TV, que extrapola até o limite da ética e do bom senso?

RPC TV (Globo) divulga nesta quinta-feira (4) nova pesquisa do Ibope, que foi colocado sob suspeição pelas campanhas de Gleisi e Requião; instituto tem contrato de quase R$ 5 milhões com o governo Beto Richa (PSDB); procurador Gilberto Giacóia, do Ministério Público, ainda não se pronunciou sobre denúncia de fraude eleitoral; que há por trás dessa relação Ibope/RPC TV, que extrapola até o limite da ética e do bom senso?

A RPC TV (Globo) divulga amanhã à  noite, no Paraná TV 2a Edição, à s 18h55, nova rodada de pesquisa Ibope sobre a corrida pelo Palácio Iguaçu.  ... 

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
20 Comentários

Aécio bate duro em Marina: “País não aguenta nova aventura”

do Brasil 247 Contra qualquer rumor sobre desistência da candidatura, o presidenciável pelo PSDB, Aécio Neves, reforçou nesta quarta-feira 3 sua convicção em chegar ao segundo turno e até mesmo ganhar as eleições presidenciais. Depois da entrada de Marina Silva (PSB) na disputa, o tucano passou para a terceira posição. O último Datafolha apontou a candidata do PSB com 34%, empatada com a presidente Dilma Rousseff, e Aécio com 15%.

Em entrevista à  rádio CBN, ele afirmou que Dilma “fracassou” em seu governo e que “vai perder as eleições”. Segundo ele, “existem duas alternativas aí: uma é a candidatura da Marina, a outra é a nossa”. O candidato fez então uma série de críticas à  candidata do PSB, que carrega, em sua visão, “um conjunto de contradições muito grandes”. Para Aécio, Marina precisa explicar “com clareza” como seria um governo do PSB.

“A candidatura de Marina tem suas virtudes, eu as respeito, mas traz também um conjunto de contradições muito grandes, ela fez toda a sua trajetória política no PT […] O Brasil não aguenta uma incerteza no seu horizonte, uma nova aventura”, declarou o senador. Para ele, “chegou o momento de ela dizer com clareza o que significaria o seu governo, em que direção o Brasil vai”.

Como no discurso feito ontem em entrevista coletiva, ao lado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Aécio reconheceu um novo cenário eleitoral depois da morte de Eduardo Campos, que era o candidato do PSB, substituído por Marina. “A grande verdade é que nós estamos vivendo uma nova eleição. Há 30 dias atrás, era um outro quadro, antes do falecimento do meu amigo, o ex-governador Eduardo Campos. E agora existe um outro quadro”, disse.

Agripino Maia

Nessa semana, a declaração feita pelo coordenador da campanha de Aécio, Agripino Maia (DEM), causou bastante repercussão no meio político. O senador do DEM sinalizou um apoio do PSDB a Marina Silva em um eventual segundo turno. “Tudo contra um mal maior que é o PT” (leia mais). Aécio comentou ontem a fala do aliado:

“Não tem qualquer sentido essa declaração com aquilo que pensam todos os que estão envolvidos na campanha. Talvez uma forma equivocada de se expressar, me ligou para dizer não é nada daquilo, mas não importa. O importante é o que estamos dizendo aqui. A nossa candidatura não é para dar vitória a um partido político, para homenagear quem quer que seja”, afirmou Aécio aos jornalistas.

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
29 Comentários

Sem servidores e sem orçamento, governo do estado sufoca Defensoria Pública do Paraná

A Defensoria Pública do Estado do Paraná (DPPR) foi criada em 1991, mas só foi regulamentada em 2011. Seu funcionamento é bastante precário, contado com 87 defensores, e praticamente nenhuma estrutura administrativa. Cerca de 500 servidores foram aprovados em concurso no ano de 2012, mas a maioria ainda não foi nomeada e o concurso é válido somente até novembro. Além disso, a Defensoria ficará sem orçamento em 2015, pois o governador vetou o montante previsto na lei orçamentária.

A Defensoria Pública do Estado do Paraná (DPPR) foi criada em 1991, mas só! começou a funcionar! em 2011 de maneira bastante precária. Ela conta com somente 87 defensores, e praticamente nenhuma estrutura administrativa. Cerca de 500 servidores foram aprovados em concurso no ano de 2012, mas a maioria ainda não foi nomeada e o concurso perde a validade em novembro. Além disso, a Defensoria ficará sem orçamento em 2015, pois o governador vetou o valor aprovado na lei orçamentária.

O Paraná foi um dos últimos estados do País a instituir uma defensoria pública, órgão fundamental para defender os direitos da população carente que enfrenta demandas judiciais. Ela foi criada em 1991, mas só foi regulamentada através de Lei Orgânica publicada em 19 de maio de 2011. ... 

Leia mais

3 de setembro de 2014
por Esmael Morais
31 Comentários

PSDB usa máquina pública nas 2,1 mil escolas contra PT e Requião

O presidente do PSDB e da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Valdir Rossoni, disparou nesta segunda-feira (1!º) milhares de mensagens eletrônicas não solicitadas (Spam) para professores e funcionários das 2,1 mil escolas da rede pública estadual que utilizam a conta de e-mail “Expresso”.

Na mensagem enviada ao Colégio Estadual do Campo Padre Victor C. de Almeida, de Pitanga, que o Blog do Esmael teve acesso com exclusividade, o tucano ataca o senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao Palácio Iguaçu, afirmando que “o que aconteceu nos últimos quatro anos no Paraná é prova de que é possível mudar o panorama em pouco tempo, mesmo encontrando o Estado devastado, após oito anos do governo de Roberto Requião”.

Foi o que o Beto Richa fez, com seriedade, com trabalho. Ele colocou a casa em ordem, atraiu empresas, criou empregos, cuidou da segurança e da saúde e agora está pronto para avançar mais nas ações em benefício do nosso povo!, afirmou Rossoni, lembrando, é claro, que é candidato a deputado federal.

Todo servidor público estadual paranaense tem um e-mail corporativo gerado pelo portal Expresso!, onde recebe comunicados oficiais, anúncios de cursos, memorandos, enfim, que usa para desempenhar suas atividades funcionais.

Não é a primeira vez que os tucanos utilizam o e-mail público para fazer propaganda e autopromoção. Em março de 2013, por exemplo, o Blog do Esmael flagrou outro caso de propaganda antecipada do governador Beto Richa, enviada ao grupo da “SEED” — Secretaria de Estado da Educação — a pedido da “SECS” — Secretaria de Estado da Comunicação Social (clique aqui).

O emprego da máquina pública na campanha, materializado pelo uso do e-mail oficial, é proibido pela Lei Eleitoral porque causa desiquilíbrio na disputa.

A seguir, leia a íntegra do Spam enviado por Valdir Rossoni:

ExpressoLivre – ExpressoMail
Remetente: “Rossoni 4545”
Para: “COLà‰GIO ESTADUAL PADRE VàCTOR C. ALMEIDA”
Data: 01/09/2014 23:23
Assunto:[Possível Spam] Rossoni lembra que o Brasil democrático precisa voltar a ter ordem e progresso

Rossoni lembra que o Brasil democrático precisa voltar a ter ordem e progresso

O deputado Valdir Rossoni tem certeza de que o início da semana da Pátria vai servir para que os paranaenses e brasileiros em geral se mirem nos dizeres da Bandeira Nacional para refletir sobre as eleições que se aproximam. Ordem e progresso é o que todos querem no Estado democrático, mas infelizmente não é o que o Brasil está vivendo!, afirmou o presidente da Assembleia e do PSDB no Estado. Para o deputado, a enxurrada de escândalos e a entrada do país em recessão econômica graças aos 12 anos de governos petistas precisam de um basta que só pode acontecer com o voto consciente, que não comporta aventuras desconhecidas. O PSDB tem candidato e foi o partido que estabilizou o Brasil economicamente. Depois, veio a bagunça. à‰ hora de voltarmos a ter ordem e progresso!. Rossoni, que é candidato a deputado federal, disse também que o que aconteceu nos últimos quatro anos no Paraná é prova de que é possível mudar o panorama em pouco tempo, mesmo encontrando o Estado devastado, após oito anos do governo de Roberto Requião. Foi o que o Beto Richa fez, com seriedade, com trabalho. Ele colocou a casa em ordem, atraiu empresas, criou empregos, cuidou da segurança e da saúde e agora está pronto para avançar mais nas ações em benefício do nosso povo!, afirmou.

Este informe foi enviado para xxxxxxxxxx@seed.pr.gov.br
Se deseja se descadastrar e parar de receber nossos e-mails, clique
aqui ou acesse: www.valdirrossoni4545.com.br/mailing/retirar.php?
email=9c56b670084eb8f553aaf835bd10e196

Veja a mensagem enviada ao Colégio Estadual do Campo Padre Victor C. de Almeida, de Pitanga, região Centro do Paraná,a 345 de Curitiba:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/09/Propaganda_Rossoni.pdf

Leia mais