Vem aí a primeira pesquisa estadual para o governo do Paraná

De acordo com o registro no site do TSE, o Instituto Vérita começou a coleta de dados na terça-feira (5) e encerrará o trabalho em campo neste sábado (9). Ao custo de R$ 93 mil, o Vérita pagará do próprio bolso 2.302 entrevistas para descobrir a preferência do eleitorado paranaense na disputa pelo Palácio Iguaçu, Senado e Presidência da República. O Ibope também promete uma rodada de pesquisa estadual para o próximo dia 14, no dia que haverá debate entre os candidatos na Band TV.

De acordo com o registro no site do TSE, o Instituto Vérita começou a coleta de dados na terça-feira (5) e encerrará o trabalho em campo neste sábado (9). Ao custo de R$ 93 mil, o Vérita pagará do próprio bolso 2.302 entrevistas para descobrir a preferência do eleitorado paranaense na disputa pelo Palácio Iguaçu, Senado e Presidência da República. O Ibope também promete uma rodada de pesquisa estadual para o próximo dia 14, no dia que haverá debate entre os candidatos na Band TV.

O instituto Veritá, de Uberlândia (MG), poderá ser o primeiro a divulgar os números da corrida pelo governo do Paraná. Segundo o diretor da empresa mineira, Adriano Silvoni, a expectativa é que os números venham à  tona neste fim de semana.

Ao custo de R$ 93 mil, o Vérita pagará do próprio bolso 2.302 entrevistas para descobrir a preferência do eleitorado paranaense na disputa pelo Palácio Iguaçu, Senado e Presidência da República.

De acordo com o registro no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Instituto Vérita começou a coleta de dados na terça-feira (5) e encerrará o trabalho em campo neste sábado (9).

Não há pesquisa estadual desde a oficialização das candidaturas pelas convenções partidárias.

O Ibope também promete uma rodada de sondagem estadual para o próximo dia 14, no dia que haverá debate entre os candidatos na Band TV.

Comentários encerrados.