STF abre processo por crime eleitoral contra deputado Ratinho Júnior

O Ministério Público Federal (MPF) acusa Ratinho Júnior de "omitir receitas" de R$ 80 mil movimentadas em conta de terceiro nas eleições de 2002, quando foi eleito deputado estadual. O dinheiro teria sido doado pelo pai do então candidato, o apresentador Ratinho.

O Ministério Público Federal (MPF) acusa Ratinho Júnior de “omitir receitas” de R$ 80 mil movimentadas em conta de terceiro nas eleições de 2002, quando foi eleito deputado estadual. O dinheiro teria sido doado pelo pai do então candidato, o apresentador Ratinho.

O Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou denúncia contra o deputado federal Ratinho Júnior (PSC-PR) por suposta omissão de dados na prestação de contas de sua campanha ao cargo de deputado estadual no Paraná, em 2002. A decisão, unânime, se deu no julgamento do Inquérito 3345, de relatoria do ministro Marco Aurélio Mello.

O Ministério Público Federal (MPF) acusa Júnior de “omitir receitas” de R$ 80 mil movimentadas em conta de terceiro. O dinheiro teria sido doado pelo pai do então candidato, o apresentador Ratinho.

Ratinho Júnior alega que as contas da campanha eleitoral de 2002 foram aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná. O MP sustenta que tal fato não seria motivo para isentar o parlamentar da eventual responsabilidade criminal pela omissão das receitas que dela deveriam constar.

Nestas eleições, Ratinho Júnior é candidato à  Assembleia Legislativa do Paraná. Estima-se que ele seja o mais votado em outubro e sua chapa eleja até dez deputados. A Casa tem 54 cadeiras.

Com informações do site do STF.

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk quem naum faz isso !!!!!
    dinheiro tem de sobra ..
    é só seus eleitores ver isso mas como naum vê ele está pouco ligando e sabe que naum vai dar em nada !!!!!!!!!!!

  2. Pelo que entendi era dinheiro do pai, o STF deveria cuidar de assuntos mais importantes,como por exemplo: quando o STF irá tomar a atitude de fazer os politicos devolverem o QUE ROUBAM A SAUDE, A EDUCAÇÃO, DA SEGURANÇA,ETC ? Isto sim poderá ajudar o SFT a mostrar ao povo brasileiro que sabe o que faz, porque faz e para quem faz.

  3. qual é a novidade? existe político honesto? se existir eu gostaria de conhecer…

  4. …,JÁ ÉRA HORA DE “PUXAR” Á FICHA DESSE MALÁCO…,O PAPAI QUEM TEM JUIZO SABE QUEM É…,ACORDA PARANÁ,ACORDA BRASIL!!! REFORMA DO JUDICIÁRIO,JÁ!!!

  5. Hoje o STF não tem mais Moral nenhuma para julgar nada, pois e um poder desecreditado e imoral.

  6. Com a palavra o Chik Jeitoso!!!!!!

  7. Vai dar em nada, como sempre acontece com quem tem dim-dim. Já o “famigerado” descuidista que vai ser julgado em breve pelo plenário do STF por ter furtado (sem violência) um par de chinelos no valor de R$ 16,00, que se cuide.

  8. Isto é uma palhacisse já o ratão resolve isto com uma ligação

  9. 80.000 o deputado federal 10% ganha numa semana! 10% senão não libera a emenda!
    Deputado federal do sudoeste do Paraná!

  10. Assaltam os cofres públicos todos os dias e de todas as maneiras e querem julgar o cara por usar o dinheiro do pai… Brasilllllllll!!!!!!!

    • Falou tudo! O Ratinho é um homem sério trabalhador que ama nosso Estado! Não tem interesse nenhum em tirar vantagem com dinheiro público, pois já é milionário e está na política por ideais e porque gosta!
      Esse país é uma vergonha, persegue as pessoas honestas e trabalhadoras e os bandidos tem passe livre!

    • esse ratinho, deveter um montão de dinheiro na suiça, e poza de honesto. pau nele, justiça.

  11. Ele te duas ações na justiça do paraná,porque não pagou a produtora que fez a turno segundo turno para prefeito

    • Será que ele nao pagou mesmo? As Notas fiscais constam na prestação de contas do TRE! Será que a produtora seria tão “inocente” em fornecer as Notas Fiscais sem que ele tenha efetuado o pagamento?

  12. isso não vai dar em nada o STF é uma piada