Requião inova ao criar seu próprio horário eleitoral no Paraná

Após o horário político, a partir das 21h20, Requião continua discutindo ao vivo com eleitores através de seu próprio canal na internet (www.requiaopmdb.com.br); candidato do PMDB usa as redes sociais para compensar a falta de tempo no rádio e na televisão; estratégia de peemedebista consiste em continuar o horário político depois do tempo reservado aos partidos pelo TSE; candidato do PMDB dedica meia hora da agenda para discutir propostas e responder ataques de adversários.
Após o horário político, a partir das 21h20, Requião continua discutindo ao vivo com eleitores através de seu próprio canal na internet (www.requiaopmdb.com.br); candidato do PMDB usa as redes sociais para compensar a falta de tempo no rádio e na televisão; estratégia de peemedebista consiste em continuar o horário político depois do tempo reservado aos partidos pelo TSE; candidato do PMDB dedica meia hora da agenda para discutir propostas e responder ataques de adversários.
O senador Roberto Requião (PMDB), aos 73 anos, utiliza como ninguém o poder das redes sociais na busca do quarto mandato ao governo do Paraná. Com exíguos 2 minutos e 56 segundos de tempo no rádio e na televisão, o peemedebista tem puxado o horário eleitoral para a internet, ao vivo, além do estipulado pela Justiça Eleitoral.

A título de comparação, o governador Beto Richa (PSDB) tem 8 minutos e 42 segundos em cada bloco. Já a senadora Gleisi Hoffmann (PT) tem 4 minutos.

A estratégia de Requião consiste em continuar o horário político depois do tempo reservado aos partidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Após a propaganda oficial, nas segundas, quartas e sextas-feiras, o candidato do PMDB dedica meia hora da agenda para discutir propostas e responder ataques de adversários.

Os programas, produzidos pelos partidos e coligações, vão ao ar das 13h à s 13h50min e das 20h30 à s 21h20min.

Na prática, Requião criou um horário eleitoral particular na página oficial da sua campanha (www.requiaopmdb.com.br). Ali, como ele mesmo define, o pau come. Na quarta (20), por exemplo, o candidato chegou a oferecer uma barra de ouro! para quem soubesse informar um programa de sucesso do governador do PSDB.

Até agora ninguém ganhou porque não existe, é igual cabeça de bacalhau!, espinafra o senador.

Segundo levantamentos de empresas especializadas, as redes sociais são um território dominado por Requião. Análise de 76 mil comentários em sites, blogs e perfis no Twitter e Facebook, durante o mês de julho, aponta que o peemedebista foi mencionado positivamente por 55,45%, Richa teve 26,73% de menções positivas e a Gleisi foi citada positivamente 17,82% (clique aqui).

Comments are closed.