genoino.jpg

| Comente agora

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso autorizou nesta quinta-feira (7) o ex-deputado federal José Genoino, ex-presidente do Partido dos Trabalhadores a mudar do regime semiaberto para o aberto e cumprir o restante da pena de quatro anos e oito meses de privação de liberdade em prisão domiciliar.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.