Justiça condena à  prisão outro coordenador de campanha de Richa

Prefeito de Terra Rica, Mi Molina, coordenador da campanha reeleitoral na região da Amunpar (Associação dos Municípios do Noroeste Paranaense), no entorno de Paranavaí, foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), esta semana, a dois anos de prisão em regime aberto; é o segundo prefeito a ter problemas com a Justiça em apenas uma semana; na quarta (6), o prefeito Adir dos Santos Leite (PSDB), de São Jerônimo da Serra, região Norte do estado, foi preso por Gaeco durante investigação de corrupção e fraude em licitação.

Prefeito de Terra Rica, Mi Molina, coordenador da campanha reeleitoral na região da Amunpar (Associação dos Municípios do Noroeste Paranaense), no entorno de Paranavaí, foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), esta semana, a dois anos de prisão em regime aberto; é o segundo prefeito a ter problemas com a Justiça em apenas uma semana; na quarta (6), o prefeito Adir dos Santos Leite (PSDB), de São Jerônimo da Serra, região Norte do estado, foi preso por Gaeco durante investigação de corrupção e fraude em licitação.

O governador Beto Richa (PSDB) sofreu mais uma importante baixa na coordenação de sua campanha à  reeleição. O Blog do Esmael teve acesso nesta sexta-feira (8) ao acórdão do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) que condena a dois anos de prisão o prefeito de Terra Rica, Devalmir Molina Gonçalves, o Mi Molina, por fraude em licitações que beneficiou uma emissora de rádio.

Integrantes da Segunda Câmara Criminal do TJPR, por unanimidade, seguiram o relatório do desembargador Laertes Ferreira Gomes. No entanto, o coordenador da campanha de Richa poderá cumprir a pena de dois anos em regime aberto. A pena não restringe o exercício do mandato e os direitos políticos.

Mi Molina é coordenador da campanha do candidato do PSDB na região da Amunpar (Associação dos Municípios do Noroeste Paranaense), no entorno de Paranavaí. O condenado é filiado no PSL, partido que compõe oficialmente a coligação do governador tucano.

Na quarta-feira (6), o prefeito Adir dos Santos Leite (PSDB), de São Jerônimo da Serra, região Norte do estado, também coordenador da campanha de Richa, foi preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Ele é investigado por peculato, corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro, fraude a licitação e organização criminosa.

Abaixo, leia a íntegra do acórdão do TJPR:

14 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Olha, o Prefeito de Terra Rica Mimolina, teve 16 processos onde foi condenado a somente um e ainda cabe recurso, agora o PROMOTOR que entrou com todos esses processos, inclusive inimigo politico dele que se aliou com a oposição ja levou 90 dias de suspensão, advertencia, censura, afastado do eleitoral, e neste momento mais uma suspensão de 120 dias sem receber o salario de R$ 25mil mensais. Isso tudo e muito mais esta sendo investigado pelo CNMP conselho nacional do ministerio publico. Agora quem é bandido ? O INVESTIGADO OU O INVESTIGADOR ? Temos que ver a historia inteira antes de mencionar um fato, existe muita coisa atras dessa historia.

    • cabe recurso eduardo? para onde, o stj? vc conhece sobre direito mesmo colega? sabe o que o stj julga quando a decisão é unânime? Sabe o que foi isso: falta de organização, pessoal despreparado, pouca instrução e não foi por falta de aviso não….várias e várias vezes foi avisado mas fez vista grossa….agora ta ae, não é mais réu primário e mais uma condenação a gaeco vem buscar ele na porta da prefeitura, perdendo os direitos políticos…e tem mais, já é ficha suja, não entra mais na política nunca mais, vai ter que voltar a ser radialista.
      sobre o promotor, se não fosse o Lucas, iria ser outro, e se não fosse outro, iria ser o outro….obrigação do promotor por lei é combater essa palhaçada ae, vc foi pouco instruído pelo que vejo ao falar como se fosse inimigo político, mas esquece da lei….agora entendo o porque que o prefeito de terra rica foi condenado, pessoas assim como você estragam ele…trágico

  2. Aqui em Foz foi o coordenador da Gleisi que foi condenado, informei ontem, mas o Esmael me censurou.

  3. O Richa vai acabar sozinho.

  4. Pelo andar da carruagem o comitê principal dos tucanos vai ser no Presídio de Piraquara, e os outros comitês da apoio a campanha do Richa nas demais penitenciárias estaduais. Depois desta, já deu para saber porque o estado está quebrado.

  5. Quem foi condenado a pagar mais de 100.000 de multa?

    O GAIESKE me falou que foi o dono dos cavalos!

  6. …,QUEM TEM JUIZO SABE…,DENTRO DO JUDICIÁRIO(?),DESTE PAÍS NÃO EXISTE MACHO PARA COLOCAR NA CADEIA Á BANDIDÁDA DO PSDB/DEM/PPS…,NA CADEIA…,QUE INVEJA DO JUDICIÁRIO DA FRANÇA…,ACORDA BRASIL,REFORMA DO JUDICIÁRIO,JÁ!!!

  7. Chama o GAECO que deve ter mais coisas*

  8. FUTURAMENTE O BETO VAI SER CONDENADO À PRISÃO POR CAUSA DA DISSIPAÇÃO DO DINHEIRO PÚBLICO.

  9. Pelo jeito não tá tudo azul pro piá de prédio!

    Vai azular é a PCE de Piraquara!

  10. pelo andar da carruagem a campanha poderá ser coordenada do PEP II em piraquara.

  11. Não vai ter candidatos do pmdb ,que são deputados para votar.estão todos
    com colera no pescoço.So se salva o Requião mesmo.O pt junto com Requião seria melhor.e dar um chutinho na canela dos deputados do pmdb parananenses.