Estudantes de todo o Estado protestam contra Alvaro Dias

A Semana de Luta e Luto pela educação teve ontem (28) manifestações de estudantes de quase trinta cidades paranaenses. As atividades relembram o fatídico dia 30 de agosto de 1988, quando o então governador Alvaro Dias, mandou a cavalaria da Polícia Militar avançar sobre os professores que realizavam uma grande manifestação em frente ao Palácio Iguaçu. As atividades continuam hoje no Centro Cívico em Curitiba, organizadas pela APP !“ Sindicato, com o apoio e a participação dos estudantes.

Estudantes de 28 cidades paranaenses foram à s ruas nessa quinta-feira, 28 de agosto, numa mobilização pela Semana de Luta e Luto pela Educação, lembrando o dia 30 de agosto de 1988, quando o então governador do Estado, Alvaro Dias, mandou a Polícia Militar confrontar os professores no Centro Cívico com bombas, cassetetes e cavalaria. As atividades continuam hoje (29) com uma grande manifestação de professores e estudantes em Curitiba.

Simpatizantes da campanha de Ricardo Gomyde da Coligação Paraná Olhando Pra Frente, ao Senado, os estudantes exibiram cartazes com o dizer #aposentaalvaro lembrando que o candidato à  reeleição está a mais de duas décadas no Senado.

A presidente da UPES !“ União Paranaense dos Estudantes Secundaristas, Camilla Lanes, lembra que desde 1988, em todos os anos, professores e estudantes vão à s ruas para relembrar o dia em que o então governador do estado, Alvaro Dias lançou a cavalaria sobre os professores que protestavam pacificamente por melhores condições de trabalho. Para que nunca se esqueça e para que nunca mais aconteça”, destacou.

Elio RIbeiro Junior, presidente da ACES !“ Associação Cascavelense dos Estudantes Secundaristas disse porque quer a aposentadoria de Alvaro Dias Um cara que joga os cavalos em cima dos professores não merece o nosso voto”.

Lucas Rafael, presidente da UMES !“ União Mourãoense dos Estudantes Secundaristas destacou que os estudantes têm a responsabilidade de ir à s ruas e mostrar para as pessoas o que aconteceu há mais de 20 anos. Precisamos levar essa responsabilidade para as urnas, é nelas que vamos aposentar o Alvaro Dias”.

Reinald Mendes, presidente da UMESP !“ União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Ponta Grossa disse que precisamos de um governo do estado que respeite mais os professores, que invista mais em educação. Não temos nem papel higiênico em nossas escolas! Não podemos reeleger quem já teve a oportunidade de fazer mais por nós e falhou na missão”.

A presidenta da UMESUV !“ União Municipal dos Estudantes Secundaristas de União da Vitória, Ignes Cecília acha que por respeito aos professores do Paraná, que tanto sofrem para nos ensinar e receber um salário digno, não podemos eleger mais uma vez Alvaro Dias”.

O presidente da UMES !“ União Maringaense dos Estudantes Secundaristas lembrou que quando nasceu o Alvaro já era senador da república há um bom tempo. Nós precisamos aposentar o Alvaro Dias e eleger alguém que tenha identificação com os estudantes, que se preocupe com a educação!.

Comentários encerrados.