Coluna do Requião Filho: ‘Programa Paraná Seguro’ é uma lenda criada pelo marketing tucano

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, parabeniza os 160 anos da Polícia Militar e faz um Raio-X do Programa Paraná Seguro lançado pelo governador Beto Richa (PSDB) em agosto de 2011 não passa de uma lenda criada pelo marketing tucano!; colunista, que é especialista em políticas públicas, vê desmotivação de policiais que deixam a corporação precocemente devido a desvalorização e calotes sucessivos que levam do governo do Paraná; segundo Requião Filho, a prorrogação de concursos para ingresso nas carreiras policiais, como forma de propaganda, beira o estelionato eleitoral!; Parabéns, Polícia Militar! Parabéns integrantes das Polícias Militar, Civil e Científica, pelo incansável trabalho para nos proteger, mesmo que nem sempre apoiados e valorizados como merecem!!; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho, em sua coluna desta quinta, parabeniza os 160 anos da Polícia Militar e faz um Raio-X do Programa Paraná Seguro lançado pelo governador Beto Richa (PSDB) em agosto de 2011 não passa de uma lenda criada pelo marketing tucano!; colunista, que é especialista em políticas públicas, vê desmotivação de policiais que deixam a corporação precocemente devido a desvalorização e calotes sucessivos que levam do governo do Paraná; segundo Requião Filho, a prorrogação de concursos para ingresso nas carreiras policiais, como forma de propaganda, beira o estelionato eleitoral!; Parabéns, Polícia Militar! Parabéns integrantes das Polícias Militar, Civil e Científica, pelo incansável trabalho para nos proteger, mesmo que nem sempre apoiados e valorizados como merecem!!; leia o texto e compartilhe.

Requião Filho*

Quase nada liga a minha história à  história do atual Governador, a não ser pelo fato de sermos filhos de homens que já estiveram à  frente do executivo de nosso Estado, e por termos convivido, quando crianças e adolescentes, com outros grandes homens e mulheres que têm como sacerdócio pertencer à  polícia deste nosso Paraná. Felizmente, para mim, as coincidências terminam aí.

Por ter sido criado ao lado desses profissionais, eu os conheço, entendo suas instituições e nutro por eles grande apreço e sincera consideração pessoal. E pelo respeito que devo aos integrantes da segurança pública e ao povo paranaense, vejo que é hora de enfrentar a mitomania que acomete essa gestão, também em tão sensível área.

Desde o primeiro dia de governo, propala-se nos caros meios de propaganda oficial, na mídia e no discurso disfarçado, a lenda do Programa Paraná Seguro, o tal choque de gestão e a folclórica contratação de novos 10.000 policiais, entre outras fábulas de marketing.

Me sinto obrigado a, republicanamente, contestar e trazer os fatos à  luz da verdade. Temos que concordar em uma coisa: a gestão desse governo efetivamente foi um choque, deveras dolorido, para todos os cidadãos paranaenses! Mas não um choque de gestão na melhor concepção da expressão. O que vimos foi um choque de falta de comando, de administração e de responsabilidade com a coisa e a causa pública. A realidade é que, para o governo em caso, segurança pública não é e nunca foi sinônimo de prioridade.

Emblemático, como símbolo do descaso com a segurança pública, é que em pouco mais de três anos o Paraná teve três secretários na pasta. Trocas conturbadas, irrefletidas, inexplicáveis, à s vésperas de eventos importantes como a Copa do Mundo. Continuidade e integração responsável para quê?

Não foram contratados e não o serão, nessa gestão, os tão prometidos 10.000 policiais. Na Polícia Militar, este número não chega a seis mil e nas polícias civil e científica os números de contratados são irrisórios. Simples assim! Não há motivo para insistir nesta inverdade, uma vez que já chega ao fim este governo.

A par disto, no lançamento do tal Programa Paraná Seguro, houve a promessa também não cumprida pelo Governador de, além da contratação dos 10.000 novos policiais, promover a reposição de todo o efetivo que deixasse as forças policiais estaduais.

Por fim, as contratações ocorridas não supriram as necessidades, não havendo o recompletamento daqueles policiais que deixaram o serviço público, por aposentadoria ou exoneração. E, infelizmente, os números recentes da evasão dos profissionais de segurança pública são assustadores. Só entre 2012 e 2013, quase 2.000 militares deixaram a PM, muitos precocemente. E o motivo da evasão está claro para todos os contribuintes paranaenses: a desmotivação provocada pela notória falta de gestão e planejamento.

A segurança pública e sua urgência diária e rotineira não permitem amadorismos e arremedos de administração. A falta de meios dignos de trabalho, incluindo combustível para as viaturas, alimentação para o pessoal e ração para os animais têm sido uma constante. Aluguéis de quartéis e delegacias atrasados e contratos de manutenção de viaturas inadimplidos somam-se aos calotes que prejudicam a sociedade e empurram ao desânimo os policiais. E por falar em compromissos não cumpridos, onde estão os tão prometidos módulos-móveis? E o que falar das UPP, imobilizadas em seus conteineres insalubres?

Desmotivação e desamparo são as palavras que ecoam entre os agentes públicos, ávidos por verem o Paraná novamente nos trilhos da eficiência e da administração responsável. O extremo do desrespeito e do despreparo para governar encontra seu ápice no calote também aplicado ao servidor público. De forma atabalhoada, como tudo, no improviso, esse governo aprovou um subsídio disfarçado para as categorias policiais e (surpresa!) passou a atrasar sistematicamente o pagamento de partes do vencimento, previstas em lei. Em suma, a tônica dessa gestão é contratar, pouco, e depois não pagar, nem aos com mais tempo de serviço.

As progressões de carreira não são implantadas nos subsídios há quase um ano. A remuneração devida aos professores dos cursos de formação e especialização das polícias não é cumprida há mais de dois anos. Indenizações por remoção de servidores não são adimplidas. Promoções não são efetivadas e, quando tardiamente concretizadas, o governo não salda os acréscimos salariais devidos. E não vamos nem nos alongar sobre os policiais civis que hoje estão lotados em delegacias, desempenhando serviços operacionais, sem sequer terem sido submetidos à  formação acadêmica básica, além da absurda redução na carga horária do curso que prepara os Delegados de Polícia contratados. Uma temeridade!

A bancarrota do Estado, que não cumpre com suas obrigações, é notória e a tentativa mitomaníaca de engodo coletivo persiste: a prorrogação de concursos para ingresso nas carreiras policiais, como forma de propaganda, beira o estelionato eleitoral.

Quem quer fazer, faz! Se não fez em seu mandato, criar factoides deixando o passivo para o próximo governador é uma irresponsabilidade. Mais uma irresponsabilidade, entre tantas.

Como disse um dos secretários de Segurança Pública da gestão Beto Richa, Reinaldo de Almeida César, por sinal meu amigo e ex-chefe de gabinete de meu pai: quem dá a missão fornece os meios. Portanto, sr. Governador, neste momento em que a conceituada Polícia Militar completa 160 anos de dedicação irrestrita à  comunidade do nosso Paraná, ofereça aos policiais paranaenses os meios que precisam para cumprir sua importante missão. E, o mais importante, os honre e homenageie, mesmo tardiamente, lhes pagando o que é devido pelo suor e sangue do seu trabalho. Pelo que fazem por merecer e não pelos votos que podem oferecer.

Parabéns, Polícia Militar! Parabéns integrantes das Polícias Militar, Civil e Científica, pelo incansável trabalho para nos proteger, mesmo que nem sempre apoiados e valorizados como merecem!

*Requião Filho é advogado, especialista em políticas públicas, escreve à s quintas no Blog do Esmael.

37 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Não vamos esquecer que esta gestão que ai está principalmente na área de segurança pública no quesito de aplicar ao concurso público nivel superior para o ingresso da pm afim de nivelar, o governo atual em seu medíocre pensamento entendeu que o policial com nivel superior seria insubordinado, um pensamento arcaico e que atrapalha a instituição, meu voto já teve acreditei por ser filho do saudoso richa o qual valorizou e muito a pm,e também lembrar que o projeto de subsidio o nivel superior foi ideia a priori do governo passado podem até falar mau porém fomos valorizados tinhamos o pagamento em dia, recompensa da retirada de armas de circulação, diárias que eram devidamente pagas por isso amigos da pm temos que pensar muito bem em votar neste governo atual que nada trouxe de beneficios e sim retirou o pouco que nós tinhamos.

  2. PARANÁ SEGURO ??? SÓ DE FOR AO REDOR DO BETO E DA ” FAMILIA FELIZ ”

    NÃO ADIANTA TER VOLUME E NÃO TER QUALIDADE….. OU MELHOR, NÃO DEIXAR A POLICIA TRABALHAR !

    VOLTA REQUIÃO !

  3. Comparativo do efetivo aproximado da PMPR*
    REQUIÃO:
    inicio mandato: 20 mil
    fim do mandato: 16 mil

    RICHA
    inicio mandato: 16 mil
    fim do mandato: 25 mil

    * fonte: Estado do Paraná

    • Pare de mentir Jefferson. Esse éo efetivo previsível. O existente é de 22 mil. E ele não paga, né…. promoções atrasadas, quinquênios atrasados, aulas nem se fala… Grande coisa esse governo… Se o Requiao era ruim, esse beto é muito pior! Péssimo governo! Segundo o meio velho pai, o pior de todos os tempos…

  4. Paulo Nascimento
    Vai aprender a fazer contas e pára de ser mentiroso como seu governador.
    Se você souber ler e iinterpretar textos, perceberá que não há comparações de números. Só o desmascaramento do beto. É uma constatação: Richa mente.
    E se vc é policial – e parece dos puxa comissionados-, sabe que o requiao nunca prometeu contratações que o Estado não podia bancar. O Beto contrata mas não paga! Também não promove, não paga aulas, progressões, não paga os aluguéis, os fornecedores, o combustível…
    Incompetência é o nome desse governo!
    Bancarrota estatal é o resultado!
    Quer mesmo comparar?
    Fico com a grosseria verdadeira ea estabilidade pública do requião!

  5. A segurança pública do desgoverno Beto é uma vergonha…
    Há muitas décadas nenhum governador atrasa salário!
    É só propaganda e mentira…
    E enrolação…
    Não tá pra aguentar mais esse pessoal.
    PT nem pensar…
    Então, só nos resta o Requião de novo…
    Grosso e sem noção, mas sincero e direto…

  6. Sinceramente até hoje tinha uma imagem sua de um playboy…
    Porém, hoje resolvi ler tua coluna e me surpreendi.
    Nunca esperei sinceridade nos políticos…muito menos em vc…
    Belíssimo texto. Falou muitas verdades desse outro, que tenho certeza que é um playboyzinho incompetente.
    Tem que desmascarar esse picareta do Beto…
    Mentiroso canalha…
    Tem certeza de que não foi seu pai que escreveu o texto?
    Se foi mesmo você, a fruta não caiu longe do pé…
    Taca-lhe pau Requião!

  7. e vc é fruto de mkt do senhor Requião !
    quando vc ia fazer um pedido para seu pai, ele falava como falou com os agricultores ?
    “Piá, enfia esse pedido no r….. !”

  8. Na qualidade de policial civil neste Estado, afirmo: O Paraná Seguro não passa de um banner!

    E tá caro pra caramba…

  9. É louvável a tentativa do menino em denegrir a imagem do governo Beto Richa e dizer que tudo na época do seu pai era maravilhoso.

    Tenho que concordar com o menino, pois de fato saem muitos policiais da ativa todos os anos. Isso é verdade. Para sua informação, já que o ex Diretor de Pessoal da PMPR é o fiel escudeiro seu e do seu pai, todos os anos, desde 1990, a média anual de saída dos quadros da PM é de 800 integrantes, quase todos para a justa e merecida aposentadoria.

    Então, se todos os anos se aposentam cerca de 800 PM/BM, só para manter o mesmo efetivo o governo precisa contratar outros 800.

    Vamos aos números, todos registrados no órgão de recrutamento da PMPR. Requião governou o PR por 11 anos. Em todos os seus três mandatos incluiu na PMPR 9700 integrantes e no período saíram 8800. Sobraram apenas 900 a mais em onze anos de governo. Por isso que quando entregou o governo em 2010 o efetivo da PM era menor do que quando assumiu em 2003.

    No governo Beto Richa, até o momento já foram incluídos na PMPR, em 3,5 anos 6000 mil novos policiais (2600 estão terminando última etapa do concurso). Se no período, pela média histórica se aposentaram 2400, então o saldo do seu governo é o de 3600 novos PM de fato. Por isso que em apenas três anos o efetivo da PM cresceu tanto assim.

    Mauricinho, só com base nestes números, dá para ver que o Beto Richa fez mais em três anos do que o seu pai em onze anos de governo. O governo tem todos estes dados, reais, comprovados, para mostrar para a população na hora certa. E olha que seu coronel fiel escudeiro também tem. Essa comparação vai ser de lavada. Venha, estamos prontos para o debate e comparação de apenas três anos de governo contra onze de seu pai.

  10. Este piá de bosta já sabe limpar a bunda?

  11. Será que o menino lembra da lenda de um governador que logo que assumiu o seu mandato resolveu que ele mesmo seria o secretário de segurança pública do estado? Diz a lenda que durante vários meses, mas vários meses, ele não foi nem um e nem outro e que achava que ladrão tinha medo de cara feia e de malcriação. O papi dele deve ter contato essa lenda pra ele.

  12. lembrando q a DELTA é do Carlinhos Cachoeira! E os 600 milhões gastos mensalmente com mentiras na TV?

  13. Ta q Requião tenha alimentado os cavalos, mais oq é isso perto do dinheiro q a DELTA levou na construção da linha verde quando o Beto era prefeito???

  14. ENQUANTO OS CÃES LADRAM, A CARAVANA PASSA !!
    VEM REQUIÃO PAI,VEM REQUIÃO FILHO..

  15. ESTA COLUNA COMO AS OUTRAS DO REIZINHO SÃO UMA BXXTA, MAS OS COMENTÁRIOS A RESPEITO, ESTES SIM SÃO MUITO EXCELENTES.

  16. Não vamos permitir que este moleque despreparado e espertinho crie asas. O fruto não cai longe do pé. Tal pai, tal filho.
    O que o Requião fez pelo Paraná no Senado? Não fez nada e ainda fez vistas grossas com a Gleisi em barrar os empréstimos destinado ao nosso Paraná. Quanto aos cachorros que passam fome, é uma grande mentira, pois trabalho na área e sei que não é verdade. Como está o titio com o porto de paranaguá?

  17. Com cavalos ou sem cavalos somos REQUIÃO para Governador do Estado do Paraná!

  18. Alguém lembra do secretário de insegurança pública do Rei Quião, o L.F. Delazari?

    Do Capitão-Coronel Anselmo? EU LEMBRO!

  19. Texto extremamente pobre, sem conteúdo, não contém nenhum dado específico, enfim, é o filho defendendo o pai. Compreende-se.

  20. CAPA DO UOL: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/08/1496887-governo-cuidou-de-cavalos-de-roberto-requiao-no-parana.shtml

    Caramba, então quer dizer que os cavalos do requião estavam a disposição da polícia? Como é bom e generoso esse Requião não é mesmo? De graça ainda..imagina você comprar cavalos de raça para “deixar, doar” à Polícia Militar do estado. Isso sim é trabalho digno. O jovem mancebo pode comentar isso?

  21. Cada governo tem o programa que merece, sempre às custas do contribuinte. No governo Requião havia o PROGRAMA CAVALO PAGO e o PROGRAMA CAVALO EMPRESTADO NÃO SE OLHA OS DENTES. No primeiro, o governo pagava as despesas dos 88 cavalos que o governador Requião mantinha na Granja do Canguiri. Os cavalos eram dele, Requião, mas o governo pagava as contas da manutenção. Assim que saíram as denúncias e investigação do Ministério Público, Requião alegou que os cavalos eram emprestados para a Polícia Militar. Com certeza, faziam parte do PROGRAMA CAVALO EMPRESTADO NÃO SE OLHA OS DENTES… Requião gosta de dizer que Beto Richa quebrou o estado, o que deve ser mesmo verdade. Mas se Requião, quando governador, emprestava cavalos para a Polícia Militar, então o estado já estava quebrado naquela época. O que Beto fez foi quebrar ainda mais.

  22. bom acho q lá nos estados unidos as notícias não chegavam até ele, mas a segurança e o secretario do seu pai, tsc tsc tsc…. que tal propor algumas alternativas ao invés dessa lenga lenga de sempre? wake up!

  23. É tão eficiente o Paraná Seguro que os policiais têm que mijar no matinho, pois não tem estrutura nenhuma, é só um nome sugestivo!

  24. Este moleque não sabe é nada, ele acredita que foi seu pai que deu salario merecedor de policial, que comprou novas viaturas e que contratou mais alguns mil policiais para ajudar a resolver o problema de segurança.

  25. Comissionados, digam que não saíram 2000. As viaturas digam quantas pararam de rodar porque vocês não pagam os consertos. 10.000 contratados coloquem a relação. Querem a estatística da criminalidade no Pr.

  26. vc é uma piada mesmo..

  27. Desviar do assunto é bem melhor né !! Dúvidas ? pergunte a qualquer profissional da área !!

  28. O programa ARMARIO DA FAMÍLIA é bem melhor né!

  29. O programa CAVALO SOLIDARIO é bem melhor né!