Coluna do Marcelo Araújo: Gustavo Fruet pode até ser bom moço, mas como prefeito a história é outra…

Creio que as colunas traduziram perfeitamente a impressão que todos temos. Como pessoa excelente, coração de ouro, boníssima (do sobrenome talvez), mas como prefeito...!, afirma em sua coluna nesta segunda-feira Marcelo Araújo; para o colunista especialista em multas, o bom-mocismo de Fruet não o exime de bem administrar a cidade de Curitiba; leia o texto e compartilhe.

Creio que as colunas traduziram perfeitamente a impressão que todos temos. Como pessoa excelente, coração de ouro, boníssima (do sobrenome talvez), mas como prefeito…!, afirma em sua coluna nesta segunda-feira Marcelo Araújo; para o colunista especialista em multas, o bom-mocismo de Fruet não o exime de bem administrar a cidade de Curitiba; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo*

Fazendo uma compilação de três colunas da Gazeta do Povo, do respeitadíssimo! Celso Nascimento, encontramos algumas pérolas cedidas pelo prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet.

Em 29/12/13 o colunista desanca a popularidade do prefeito no primeiro ano de governo, a queda vertiginosa nas expectativas entre outros deméritos obtidos em pesquisa.

Em sua coluna de 12/06/14 destaca as críticas de Jaime Lerner à  via calma e ao projeto do metrô.

Mas, no domingo dia 27/07/14, fez uma aparente tração escrotal no prefeito Gustavo Fruet, destacando primeiro seu pai quando prefeito, que num gesto de compaixão deu do próprio bolso dinheiro para a ração de cães flagelados por enchente, e agora o filho e prefeito Maurício Fruet, numa noite fria, distribuiu cobertores aos cobradores das estações tubo, no mais absoluto anonimato e ainda devolveu ingressos da Copa que não usaria.

Creio que as colunas traduziram perfeitamente a impressão que todos temos. Como pessoa excelente, coração de ouro, boníssima (do sobrenome talvez), mas como prefeito…

De fato não sei se interessa para a população saber o que o político faz nas horas de folga com seu dinheiro, se dá pérolas aos porcos, cobertores aos cães ou ração aos cobradores.

No caso dos cobertores, mesmo sendo um gesto humanitário questiona-se se curar as feridas é papel do soldado enquanto o do comandante seria evitar os ferimentos. Ele fez papel de soldado sendo comandante! Quanto aos ingressos, tanto como pessoa quanto político, já falei, sua honestidade não me parece algo a ser questionado.

Se Lerner ficou nervoso com a via calma, outros ficam nervosos antes que outras vias também fiquem calmas. à‰ o que está sendo movimentado pelo presidente da ABICAM (Assoc. Moradores/Empresários do Bigorrilho e C.do Siqueira), Paulo Bueno Neto, por meio de abaixo-assinado contra a implantação na Rua Padre Anchieta.

A iniciativa da ABICAM se deu após ser desafiada pelo presidente do IPPUC, Sérgio Póvoa, que isso aconteceria independente de sua vontade. Paulo que é movido por desafios arregaçou as mangas. Apenas pondera que se um dos caminhos seria uma paralisação da referida via em protesto, mas se a via calma for implantada não precisaria organizar uma paralisação. Eis o dilema.

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas segundas-feiras para o Blog do Esmael.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Zago, calma, é só uma vez por semana, dá pra descansar até a próxima. Pentelho e chato até concordo, mas repetitivo não! É que são tantas trapalhadas que se não prestar atenção parece que é a mesma. Vou dar um exemplo: 60 mil multas ilegais que precisaram ser canceladas foi problema de notificação fora de prazo; 15 mil multas aplicadas em 15 dias na Linha Verde, multando guincheiro que têm a prerrogativa de circular no trecho e que estão sendo obrigados a recorrer, mesmo orientados que os recursos serão deferidos é outro assunto. Ainda na Linha Verde, o cancelamento das multas de velocidade foi indevida, as multas eram legitimas porque existe convênio com o DNIT. Outro exemplo são as propagandas da Vó Gertrudes, cada peça publicitária teve seus próprios erros de informação e continuidade. Viu, como os erros são insistentes na área de trânsito parece que estou repetindo, mas são assuntos, denúncias e trapalhadas distintas.

  2. Fernando, não entendi o que uma coisa tem a ver com outra, acho que você precisa de uma consulta, e no oftalmologista. Não entendi o que uma coisa tem a ver com outra, pois o que escrevi está ‘linkado’ com as fontes citadas. Tenho direito de ter opinião e tenho espaço para expor. Quanto a qualquer dúvida sobre meu trabalho na JARI, SETRAN ou na vida pessoal como condutor acho que tem que mandar investigar. Eu é que acho que isso é mania de perseguição, psicose.

  3. O que é mais chato das colunas deste senhor, são os ataques frenéticos ao prefeito. O Fruet é ruim? Com toda a crtza que sim, mas todos já sabem. Esse Marcelo Araujo é pentelho, chato, repetitivo…deu ne?!

  4. o fruit quando era deputado so falava mal do governo e criar cpis mais nada um inutil.

  5. Marcelo Araújo era juiz de recursos por infrações de trânsito numa JARI e depois foi secretário de Trânsito de Curitiba. Nesse tempo acumulava 180 pontos na carteira de habilitação sem nunca, antes, ter feito um curso de reciclagem nem devolvido a carteira. O jornalista da Gazeta denunciou e ele caiu vergonhosamente da Setran. Araújo não perdoa. Sempre que pode (vejo aqui na sua coluna) pega no pé do jornalista. É um caso de psicanálise.

  6. SIDNEI, o prefeito criticou seu antecessor, rotulando-o de omisso. Vê-se hoje que além de omisso ele é complascente com tentativas de fraudes em multas (estelionato público) com o desrespeito de seus escolhidos com a população, mandando mudar de cidade e agoRa desafiando, ou seja o prefeito esta desmoralizado.

  7. Marcelo, estou esperando a sua coluna falando do gastos com viaduto Estaiado e Linha Verde, obras feitas pelos governantes passados e que eles fazem parte do mesmo grupo político que o seu! E hoje podemos ter alguns problemas na cidade, mas está melhor administrada do que era no tempo do Ducci! Um cara que era médico mas não conseguia cuidar da saúde da cidade, problemas e mais problemas em nossos postos de saúde!

  8. O estado democrático nos dá amplo e irrestrito direitos!!!Porém, a MORAL para criticar são poucos que a possuem!!!

  9. Ficou muito evidente a posição protetora do jornalista Celso Nascimento em relação ao seu pupilo, chega a ser ridícula, vexatória. E manter o anonimato? O prefeito deve ter falado ao jornalista o que fez e ressaltou: olha, não conta pra ninguém…só pras beatas da igreja da missa de domingo. Jogo combinadíssimo! Quanto aos ingressos da Copa ia fazer o que, vender? Se queria fazer uma boa ação com eles era melhor escolher pessoas simples, de carreira da prefeitura para valorizar as pratas da casa, coisa que ele não sabe fazer. Ao devolver para a organização, eles devem ter sido comercializados a peso de ouro e alguém ganhou com isso. Além de tudo é ingênuo. De fato é ótima pessoa, foi um bom parlamentar, municipal, estadual e federal. Não tem pulso firme, é frouxo.

  10. De fato, Fruet não tem perfil para gestor, deveria ter ficado no Legislativo. Mas antes de fazer meus comentários sobre a matéria, quero tirar uma dúvida. Era verdade ou mentira, sobre as multas que o Sr. Marcelo Araújo tinha quando foi indicado para a Secretaria Municipal de Trânsito? Dizem que tinha 180 pontos na carteira de habilitação, é isso? E, atualmente, faz parte da Jari (Detran), nomeado por Beto Richa, é isso? A gente precisa esclarecer isso tudo para poder perceber o contexto em que as críticas são feitas. Obrigado.

  11. Essa via calma foi a única “obra” do Fruet desde que assumiu (de resto só inaugurou obras do antecessor). Uma obra tiro no pé porque teve desaprovação de 100% da população…esse prefeito está perdido

    • Desaprovação de 100% dos motoristas obtusos, porque 100% dos ciclistas e pedestres aprovaram… Saia de trás do volante e veja as coisas sob outra perspectiva!

  12. Este tal de Jaime Lerner, não é uma múmia do museu de Curitiba??

  13. Celso Nascimento como porta-voz de Fruet é vergonhoso e a coluna sobre o “anônimo” prefeito distribuindo cobertores é de vomitar…

  14. Prezado Marcelo,
    concordo com sua coluna, moro perto do mercado municipal, e desde que começou a gestão do senhor Gustavo Fruet, a parte de baixo do viaduto do colorado virou algo muito sujo.
    Onde era o restaurante popular, virou morada e ponto de venda e consumo de drogas, o cheiro de urina esta insuportável !!!!
    Já liguei para a FAS, para a GM, 156 e nada….

  15. O CAOS COM A LINHA EXCLUSIVA TOMOU CONTA ENTRE O ALTO DA RUA XV E A RUA JOÃO NEGRÃO.
    ONIBUS EM ALTA VELOCIDADE DESCENDO A LADEIRA.

    RESULTADO: CONGESTIONAMENTO NA PRAÇA SANTOS ANDRADE E UM HOMEM MORTO ATROPELADO NA ULTIMA TERÇA FEIRA EM FRENTE AO TEATRO GUAIRA.

  16. Fruet é bom Parlamentar, mas para executar ..é Péssimo e devagar !!

  17. estamos mal de prefeito um prefeito que dá cobertores ao invés de intimar a urbs a e as empresas é um prefeito fraco curitiba não quer um voluntário(nada contra aos voluntários que fazem um belo trabalho) como prefeito e sim um homem de coragem que não seja submisso principalmente a urbs e empresários do ônibus.

    • como todos os outros que por aqui passaram, ou pouco melhor até agora!!! comissionados do estado “atacar”